VViviane dispara: “diante de incompetência da prefeitura, Câmara e população vão propor soluções para o transporte”


Na sessão ordinária desta sexta-feira, 12, a vereadora Viviane Sampaio (PT), Líder da Bancada de Oposição, afirmou que o “caos do transporte coletivo” se assemelha a mais um capítulo de novela mexicana, diante do que ela considera como incompetência da prefeitura para tratar o problema.
Ela frisou que se trata de um dos temas mais debatidos na Casa, por meio de sessões, audiências, reuniões, etc. Sampaio lembrou que em 2017, o vereador Professor Cori (PT) promoveu uma audiência, na qual foram apresentadas diversas informações sobre a Viação Vitória, que já saiu do município, e um alerta para a falência do sistema. “Não foi por desconhecimento que o poder público até hoje não tomou nenhuma providência administrativa e de gestão”, declarou.
Viviane frisou que “nós estamos na luta, junto com a população. Mas nós não podemos, enquanto Legislativo, fazer muito pelo transporte público. O que nós podemos fazer é nos unirmos”. A edil parabenizou o presidente da Casa, Luciano Gomes (PR), pela convocação da Cidade Verde, Prefeitura Municipal e bancadas para tentar uma saída para a crise. “Se o Município não tem competência para resolver o problema, nós vereadores e a população de Vitória da Conquista iremos propor resoluções para este problema que não pode mais se arrastar”, advertiu.
A parlamentar argumenta que a liberação irrestrita, sem fiscalização e regulamentação, das vans fragilizou o sistema. Ela lembrou que a gestão anterior deixou duas empresas de ônibus operando. Ela ainda criticou a postura de um dos colegas que acusou a Cidade Verde de ser cabo eleitoral do Partido dos Trabalhadores. Para ela, é surpreendente o comentário por se tratar de um representante de um bairro periférico, no qual as pessoas dependem do transporte público. “Ou é uma piada de muito mau gosto ou porque não tem conhecimento técnico, de números, sobre realmente como é o problema do transporte público de nossa cidade”, falou. Ela afirmou que o município necessita de união para resolver esse problema, sobretudo pela incapacidade da gestão municipal, e não de disputas.
A presença do secretário de Mobilidade Urbana na Casa, para esclarecimentos, foi uma das cobranças da vereadora. “Nunca esteve nessa Câmara para prestar esclarecimentos, quais são as reais medidas, não é desculpa. Porque de desculpa a população está cheia”, afirmou. Ela ainda acrescentou que culpar a gestão passada é uma desculpa que “não cola mais”. “Este governo está no terceiro ano de gestão e o transporte público não se resolveu. Apenas se agrava a cada dia”, disse.
Fibromialgia – Viviane Sampaio ainda comentou a tribuna livre de Maria Margarida de Souza que falou sobre a situação de pessoas com fibromialgia em Vitória da Conquista. Margarida relatou ações do trabalho da Anfibro (Associação Nacional dos Fibromiálgicos e Doenças Correlacionadas). Já a vereadora reforçou o compromisso com a causa e a consolidação de políticas públicas para esse segmento.