Quem decide se um povo vai viver democracia ou ditadura são as Forças Armadas, diz Bolsonaro


Pressionado pelo fracasso de seu governo no enfrentamento da pandemia de Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou ao discurso mais ideológico ao falar com apoiadores na manhã desta segunda-feira (18).

Além de orar, reforçar diferenças entre homens e mulheres e criticar o socialismo, Bolsonaro enalteceu as Forças Armadas e disse que delas depende a democracia ou a ditatura em um país.

“Por que sucatearam as Forças Armadas ao longo de 20 anos? Porque nós, militares, somos o último obstáculo para o socialismo. Quem decide se um povo vai viver na democracia ou na ditadura são as suas Forças Armadas. Não tem ditadura onde as Forças Armadas não apoiam”, disse Bolsonaro no jardim do Palácio da Alvorada.

A conversa com apoiadores foi publicada, em um vídeo cheio de cortes, por um canal bolsonarista na internet.

“No Brasil, temos liberdade ainda. Se nós não reconhecermos o valor destes homens e mulheres que estão lá, tudo pode mudar. Imagine o Haddad no meu lugar. Como estariam as Forças Armadas com o Haddad em meu lugar?”, indagou Bolsonaro referindo-se a seu adversário na eleição de 2018, Fernando Haddad (PT).

Como foco no socialismo, Bolsonaro ironizou o ditador Nicolás Maduro e o envio de cilindros de oxigênio pela Venezuela para Manaus.

“Agora se fala que a Venezuela está fornecendo oxigênio para Manaus. É White Martins, é uma empresa multinacional que está lá também. Agora, se o Maduro quiser fornecer oxigênio para nós, vamos receber, sem problema nenhum. Agora, ele poderia dar auxílio emergencial para o seu povo também. O salário mínimo lá não compra meio quilo de arroz”, disse Bolsonaro, que também falou em tom de ironia sobre o corpo de Maduro.

“Vem uns idiotas, eu vejo aí, elogiando ‘olha o Maduro, que coração grande ele tem’. Realmente, daquele tamanho, 200 kg, 2 metros de altura, o coração dele deve ser muito grande. Nada mais além disso”, afirmou Bolsonaro.

Ainda na pauta do socialismo, o presidente da República aproveitou que um apoiador falou sobre aborto para atacar a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara. Ele não citou nominalmente o candidato, mas o padrinho político de Rossi, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Acho que o Parlamento nosso ainda não aprovaria isso não. A configuração, né… Acho que não vingaria um projeto neste sentido. Poderia vingar com a Mesa sendo de esquerda. Tem uma parte da esquerda com o Rodrigo Maia. Rodrigo Maia tem um grande apoio da esquerda aqui no Brasil. PT, PC do B e PSOL estão com ele. Se crescesse essa quantidade de pessoas na Mesa, poderia entrar em pauta”, afirmou Bolsonaro. Até o momento, o PSOL não declarou apoio a Baleia Rossi

Com esquema especial de segurança, cerca de 180 mil baianos serão imunizados contra o coronavírus nesta primeira fase


Com esquema especial de segurança, cerca de 180 mil baianos serão imunizados contra o coronavírus nesta primeira fase

As primeiras doses da vacina Coronavac devem chegar em solo baiano por volta das 18h desta segunda-feira (18). Foram encaminhadas ao estado 376.600 doses do imunizante, que será utilizado para vacinar cerca de 180 mil pessoas. Nesta fase serão vacinados profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 e em unidades de saúde de urgência e emergência, idosos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas.

Assim que chegarem à Bahia, as doses da vacina serão levadas para a sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia. O local foi escolhido como ponto de guarda do imunizante e onde foi montada, pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), uma sala de refrigeração para abrigar as doses. A depender do horário da chegada, a estimativa é de que as vacinas permaneçam nesta sala por aproximadamente três horas.

Após a chegada na sede do Graer será iniciado o processo de separação e distribuição para os 417 municípios baianos. Segundo a Sesab, cerca de 45 mil doses serão disponibilizadas para a capital baiana e, por motivo de segurança, a quantidade das doses que serão destinadas aos demais municípios não será divulgada.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, é possível que o primeiro cidadão baiano seja vacinado ainda hoje, e deve ser um homem ou mulher que vive em uma instituição de longa permanência.
“Após as primeiras vacinas chegarem a Bahia, nossa expectativa é que num período de 12 horas todas as doses estejam distribuídas para os municípios do estado, e no prazo de 24 horas após possamos iniciar a vacinação”, explicou o secretário.

Ainda segundo o secretário, caso as vacinas cheguem no horário previsto, à noite, a distribuição será iniciada com o uso de aeronaves para aqueles municípios que possuem pista de pouso com balizamento noturno. Outra parte será enviada em caminhões e caminhonetes com escolta da Polícia Militar.

As cidades previstas para receber aeronaves com doses da vacina ainda na noite desta segunda-feira são: Barreiras, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Vitória da Conquista, com imunizantes que também atenderão ao município de Paulo Afonso, Petrolina (pouso) – com vacinas direcionadas a Juazeiro, Lençóis (pouso) – com vacinas direcionadas a Seabra, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

Metade das vacinas que correspondem à segunda dose, prevista para ocorrer no prazo de um mês, serão armazenadas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CEADI). Ficarão no local mais de 188 mil doses da Coronavac.

Esquema especial de transporte

O esquema especial de logística e transporte da vacina que foi montado sob coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Militar da Bahia, em parceria com a Sesab, prevê a utilização de sete aeronaves e mais de 240 veículos entre caminhões, furgões e caminhonetes.

Segundo o coronel Manoel Xavier, coordenador da logística de transporte das vacinas, toda a corporação está mobilizada e prevê que mil policiais irão atuar diretamente neste trabalho. “Assim que a vacina estiver em Salvador, para os municípios mais próximos a distribuição será feita por via terrestre e os municípios até 300 quilômetros, por helicóptero. Para as demais cidades, a logística estabelece o uso de aviões. Todo o transporte será feito com acompanhamento de viaturas ou batedores. O Governo do Estado empreendeu todos os recursos da Segurança Pública para que as doses da Coronavac cheguem aos municípios o mais rápido possível”.

A previsão é de que os locais de vacinação também contem com reforço policial para garantir a segurança do processo. Toda a operação montada pelas secretarias de Segurança Pública e da Saúde conta com o apoio das Polícias Federal e Rodoviária Federal.

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA

 16.198 casos confirmados, 15.366 já recuperados; 246 mortos


De acordo Boletim epidemiológico deste domingo (17), 43 novos casos da Covid-19 foram diagnosticados no município. Com os novos dados, o número de pessoas que já foram contaminadas pela doença passou para 16.198. Destas, 15.366 estão recuperadas e 586 pacientes estão em recuperação – (56 internados em Vitória da Conquista, 4 em outros municípios e 526 estão em tratamento domiciliar).

Outros 28.195 casos foram notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19 e 4.396 aguardam por classificação final (definição de caso como positivo, descartado ou Síndrome gripal não especificada), sendo que 4.351 esperam pela investigação laboratorial e 45 casos aguardam resultado do exame RT-PCR das amostras que foram encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

Ocupação dos leitos – Hoje, 93 pacientes estão internados em parte dos 153 leitos disponíveis na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus, destes 83 são de enfermaria e 70 de UTI. Além de Vitória da Conquista, seguem internados moradores de outros municípios:

 

Clique aqui para acessar o Boletim epidemiológico completo.

Construção do aeroporto de Bom Jesus da Lapa e outras obras ajudam a manter economia baiana em movimento


A manutenção dos investimentos em infraestrutura tem sido uma das principais estratégias do Governo do Estado para continuar levando desenvolvimento para o interior da Bahia e superar os efeitos da pandemia de Covid-19 na economia. Em 2021, a previsão é que obras importantes sejam concluídas em diversas regiões da Bahia e outras iniciadas. São intervenções na infraestrutura e mobilidade, como a construção de aeródromos, pontes e a recuperação e pavimentação de rodovias, que garantem mais oportunidades de emprego e a sobrevivência das atividades econômicas.
Entre as principais obras que serão entregues em 2021, a construção do novo aeroporto de Bom Jesus da Lapa está prevista para ser concluída no segundo semestre. Na região do Rio São Francisco, a cidade se destaca pelo turismo religioso e chega a receber 600 mil romeiros durante a festa de Bom Jesus, entre os meses de julho e agosto. Além disso, o município também é conhecido pela produção de frutas e o aeroporto deve servir para escoar parte da produção, principalmente aquela voltada à exportação.
Dono de uma pousada na região, Astor Santana, acredita que a obra vai ser muito importante para o desenvolvimento local. “Certamente vai ter um impacto muito interessante em nossa economia, tanto para Bom Jesus da Lapa quanto para toda região. Facilitará a entrada de visitantes, o que a gente precisa muito, e a saída de mercadorias”, afirma.
O novo equipamento aeroportuário terá capacidade de receber aeronaves com até 70 passageiros. Nessa primeira fase será implantada a pista de pouso e decolagem, o taxiway, o pátio de estacionamento de aeronaves e a cerca patrimonial. O investimento é de aproximadamente R$ 20 milhões. A expectativa também é que a obra atraia o interesse de novos investimentos em energia renováveis no município, que já possui oito empreendimentos em operação comercial para geração de energia elétrica a partir da fonte fotovoltaica.
Para o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, as obras ajudam a superar um dos principais problemas que o Brasil enfrenta que é a logística de transporte. “Aumentam a competitividade da Bahia em todos os setores econômicos. Isso possibilita que os produtos que produzimos sejam exportados e comercializados, e que os produtos que precisamos cheguem em todas as cidades. Além disso, são obras fundamentais para o desenvolvimento social, muitas dão acesso a distritos e cidades que nunca tiveram suas estradas asfaltadas. É o resgate da dignidade do cidadão que mora no interior do Estado”, destaca.
Mais entregas
Outras duas intervenções que também serão entregues este ano e terão um grande impacto na economia baiana são a Ponte Barra-Xique-Xique, que irá permitir a ligação entre a região de Irecê com o oeste da Bahia, e o Aeroporto de Senhor do Bonfim, na região do Piemonte Norte do Itapicuru.
A ponte, que está com mais de 50% de conclusão, vai tornar a travessia entre as cidades mais segura. O Consórcio Estrada do Feijão, que está executando a obra, está realizando a etapa de implantação dos pilares e lançamento de vigas, e a previsão é que seja concluída no segundo semestre de 2021. O investimento é de R$ 133 milhões.
Já o Aeroporto de Senhor do Bonfim receberá voos de médio e pequeno porte. Nesta etapa da obra será implantada a pista de pouso e decolagem, o pátio de estacionamento de aeronaves, o taxiway, o estacionamento de veículos e as vias de acesso no local. A previsão de conclusão é junho de 2021. A estrutura permitirá ao aeródromo receber aeronaves como UTIs aéreas e de transporte de medicamentos e também de valores. O equipamento terá uma área de 1,4 milhão de metros quadrados. O investimento é de R$ 20 milhões.
Novos investimentos
Além das obras que serão entregues, diversas outras serão iniciadas em 2021, como a recuperação dos 97,7 quilômetros da BA-131, entre Senhor do Bonfim, Antônio Gonçalves, Pindobaçu, Saúde e Caém, que deve começar ainda no mês de janeiro. Os serviços vão atender mais de 214 mil moradores do centro norte baiano. As atividades econômicas como a agricultura, a apicultura e a extração de minério serão contempladas com o trabalho na rodovia. O investimento é de R$ 35 milhões.

‘Em qualquer circunstância, Wagner será um candidato forte e competitivo’, diz Neto


“Veja, eu não vou aqui de maneira alguma deixar de dizer a você que o mais provável é que eu dispute o governo do estado em 2022”, ressaltou ex-prefeito de Salvador

Fotos: Fernando Frazão/Agência Brasil | Valter Pontes/Secom PMS
Fotos: Fernando Frazão/Agência Brasil | Valter Pontes/Secom PMS

 

O presidente nacional do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que o mais provável é que ele dispute o governo da Bahia na eleição de 2022. Ele disse ainda que seu possível concorrente no pleito, o senador Jaques Wagner (PT) é um “um candidato competitivo”.

“Veja, eu não vou aqui de maneira alguma deixar de dizer a você que o mais provável é que eu dispute o governo do estado em 2022. Agora eu quero transformar isso em algo absolutamente natural. Uma candidatura a governador não pode ser apenas fruto de uma vontade pessoal, de um desejo meu. Ela tem que ser fruto sobretudo de uma vontade dos baianos. Então eu quero transformar isso em algo natural. Esses últimos oito anos, eu tive a minha vida praticamente dedicada a Salvador. Eu, é claro, como uma liderança política, jamais me distanciei do interior, jamais deixei de fazer visitas ao interior, porém o meu foco, a minha atenção, a minha energia estavam concentrados para Salvador pelo meu trabalho como prefeito. Agora a realidade é outra, a prioridade para a minha agenda neste ano de 2021 é o interior. Eu vou dedicar boa parte do meu tempo para viajar pela Bahia”, salientou em entrevista ao jornal A Tarde.

Sobre ter Jaques Wagner como seu provável oponente, Neto foi direto: “Então muito cuidado eu tenho que ter quando respondo essa pergunta tão inteligente sua, mas eu preciso ter esse cuidado para deixar isso claro. Segundo, é óbvio que o senador Jaques Wagner, em qualquer circunstância, será um candidato forte e competitivo. Duas vezes governador da Bahia, senador da República, só isso já o credencia a ser um candidato competitivo. Imagine se eu teria o direito de dizer algo diferente, não tenho. Pelo contrário, conhecendo a política como eu conheço, sei que caso o enfrentamento em 2022 se dê entre o senador Jaques Wagner e eu, por exemplo, vai ser uma disputa bastante acirrada. Então em qualquer circunstância o senador Jaques Wagner é um candidato competitivo. Eu aqui não estou elogiando e nem criticando o Jaques Wagner, estou apenas falando objetivamente. Pela posição que ele ocupa hoje, pelo que ele já exerceu como governador duas vezes, é claro que é um nome conhecido, é um nome que tem hoje o conhecimento da Bahia, e, portanto, óbvio, é um nome competitivo”, completou.

Acuado, Bolsonaro reativa o Gabinete do Ódio


O alto custo social e humano de um estado incompetente, ineficiente e temerário


 (Prof. Dirlêi A Bonfim)*

O Estado brasileiro, se coloca como um dos estados mais caros, incompetente, ineficiente, criminoso e temerário para a sociedade brasileira. Quem já não se perguntou… Quanta custa pagar pela burocracia e incompetência das atividades realizadas pelo Estado brasileiro…? Certamente todos nós temos algum exemplo para citar, sobre a temeridade das ações e atos oriundos das atividades desenvolvidas pelo Estado. O caso da falta de oxigênio nos hospitais públicos e privados na cidade de Manaus, para o atendimento, aos pacientes acometidos pelo Coronavírus (Covid -19) mas, para  à comunidade como um todo, é no mínimo uma falta de respeito e dignidade com a vida humana, é um retrato caótico de como a “gestão pública”, é desenvolvida para a sociedade, de quão irresponsável e tomada de atos desumanos, assustadores e criminosos estão no dia a dia de toda a sociedade brasileira, compartilhada por todos os poderes da república, em todas as esferas de poder: municipal, estadual e federal, numa prova inequívoca, da ineficiência, incompetência, desprezo, temeridade e absoluta falta de respeito com a vida humana. A sequência de atos que aconteceram e sucederam em Manaus, não causa mais tanto furor nas pessoas e na sociedade brasileira, porque sabem que já faz parte nesse cotidiano de mediocridades e total irresponsabilidade criminosa dos “representantes do povo”, daqueles detentores de cargos públicos. Como se isso não bastasse é necessário que iniciemos a descrever sobre um crime, como assim está classificado pela atual Carta magna, a Constituição Federal (1988) em vigor, sobre o crime do Nepotismo… Em outras palavras, o vocábulo Nepotismo aparece como sinônimo de filhotismo, compadrio, afilhadismo, proteção familiar… Nepotismo é um termo utilizado para designar o favorecimento de parentes ou amigos próximos em detrimento de pessoas mais qualificadas, geralmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos públicos e políticos. Etimologicamente, este termo se originou a partir do latim nepos, que significa literalmente “neto” ou “descendente”. Originalmente, a palavra era usada exclusivamente no âmbito das relações do papa com seus parentes. Por esse motivo, o dicionário Houaiss identifica um nepote como “sobrinho do sumo pontífice” ou “conselheiro papal”. Atualmente, este termo é utilizado como sinônimo da concessão de privilégios ou cargos a parentes no funcionalismo público. Nepotismo é diferente de favoritismo, pois o favoritismo não implica em relações familiares com o favorecido. Nepotismo ocorre quando um funcionário é promovido por ter relações de parentesco ou vínculos com aquele que o promove, mesmo que hajam pessoas mais qualificadas e mais merecedoras para o cargo. Outro exemplo de nepotismo é quando alguém é acusado de fazer fama às custas de algum parente já famoso, geralmente se for o pai, a mãe, ou algum tio ou avô. Por exemplo: um prefeito, governador, ou presidente, ou ainda de vereador a senador, ou mesmo um magistrado, que escolha para a sua equipe vários familiares, certamente está praticando nepotismo. Existem vários casos claros no Brasil. Em que é terminantemente proibido pela CF/1988, no seu Art. 37, refere-se que as contratações de funcionários para cargos públicos devem cumprir os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. O Supremo Tribunal Federal possui também a 13ª Súmula Vinculante, aprovada em 21 de agosto de 2008, onde o nepotismo é proibido nos Três Poderes da República, no âmbito da União, dos estados e municípios. Esta súmula também prevê e proíbe qualquer tipo ou forma de nepotismo. No entanto, ao efetuar uma leitura dos jornais de hoje, 15 de janeiro 2021, o que percebemos, que é uma prática mais do que atual e já devidamente incorporada à cultura brasileira, que vai do Oiapoque ao Chuí” ou seja, está na prática cotidiana dos governantes em todo o país. A pergunta que se coloca é muito simples… Diante de todas as atrocidades que estamos acompanhando, o que fazer…? Por onde começar…? Quais serão as providências…? Quem as tomará…? O MP Estadual ou Federal…? Como um órgão e ou poder independente, que em tese, deveria defender toda à sociedade pelos abusos e ou pelas irresponsabilidades cometidas pelos agentes públicos ou pela inapetência, intransigência ou incompetência dos poderes do estado…? Pois bem, o MP costuma agir, as vezes, com algum atraso, mas, suas ações, ficam muito restritas aos protocolos formais, sem mais maiores punições ou criminalizações dos culpados. E mais uma vez, a sociedade ficará à mercê, aguardando  por um salvador da pátria, aliás é válido registrar… Triste de uma sociedade, que acredita em “super heróis e ou em salvadores da pátria”. Assim, nos colocamos a analisar, é válido salientar, que não é por falta de Leis, que possam ajustar, equilibrar e punir os corruptos e infratores, na verdade, as questões são mais profundas, estão arraigadas no processo cultural desta sociedade, ainda tocada pelo famoso “jeitinho”, pautada pela antiética, pela falta de vergonha na cara, dignidade e respeito pelo outro, que pode ser o contribuinte e ou simples cidadão, que na verdade, é quem mantém o estado, os políticos e agentes públicos, são empregados do povo, deveriam ser de fato “servidores públicos”, no entanto, na grande maioria, agem como se não tivessem que prestar contas à ninguém pelos atos cometidos contra a sociedade, quando deveriam está a serviço da sociedade… As situações que envolvem o âmbito da Administração Pública brasileira. Onde, muitas vezes tratadas, pelos poderes da república, quanto até mesmo pelos órgãos de controle externo (ao menos de forma implícita), como “todas as irregularidades” formais, que sempre causam danos ao erário e sempre estão associados às mais variadas formas de malversação com os recursos públicos, além da lástima do processo endêmico de corrupção. 

Conquistense apela por ajuda, nosso amigo José Torquato


Depois de passar 31 dias internado, dos quais 14 no I.B.R e 16 no hospital São Vicente, volto pra casa com os mesmos sintomas as mesmas dores. É bom ressaltar que não é, NUNCA foi covid. Fiz todos os exames solicitados, coletei quase todo meu sangue, fiquei sem poder receber visitas e depois de 14 dias internado no I.B.R o médico chega pra mim e diz: Torquato, entre sentir dor aqui e sentir dor em casa, é melhor vc sentir em casa. Com isso, meu deu alta. Com a alta $:600,00 de remédios. Vim para casa, só aguentei ficar um dia, tive que retornar e ficar mais um dia. Novamente fui mandado para casa, fiquei mais uns três dias, Lá vou eu novamente pro hospital, dessa vez, o hospital São Vicente. Por lá fiquei mais 15 dias também sem solução para o meu problema. Diagnóstico tinha todos os dias, de todos os médicos que passavam pelo apartamento, cada um diferente do outro. Fato é que continuo sentindo as mesmas dores, os mesmos sintomas, mas remédio e médico que é bom nada. E olha que sem querer desmerecer os demais, não é SUS, é plano de saúde. Continuo em cima da cama, sentindo muitas dores, sem poder movimentar e médico que é bom, nada.
Fui em um neurocirurgião ESSSA semana e ele me disse que meu problema foi repassado a um grupo de watsap de neurologista, e ninguém sabe o que é.
E olha que moro em Vitória da conquista.
Não estou aquentando mais.
Aproveito essa postagem e peço socorro, se tiver alguém que se disponha a me ajudar, eu agradeço.
Minhas dores começam na virilha, no testículo direito, nas nádegas direita e desce para a perna direita, é como se fosse um formigueiro.
Por favor, me ajudem!

Enfermeira de São Paulo é a primeira pessoa vacinada contra Covid-19 no Brasil


Após a autorização pela Anvisa do uso emergencial da Coronavac, o governo de São Paulo iniciou o plano de vacinação imunizando a enfermeira Mônica Calazans

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, deverá ser a primeira pessoa do Brasil a ser vacinada com a CoronaVac. Mulher negra, a escolhida representa o grupo que mais tem sido impactado pela pandemia, segundo pesquisa da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), publicada em dezembro.

A informação sobre a escolha da enfermeira é de Mônica Bergamo, jornalista e colunista da Folha de S.Paulo. Mônica Calazans trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, é obesa, hipertensa e diabética.

Apesar de ser parte do grupo de risco, decidiu se inscrever para as vagas de enfermagem abertas no regime de Contrato por Tempo Determinado, em maio, quando a primeira onda da pandemia estava no auge. Mônica trabalha na UTI do Emílio Ribas em dias alternados e com escalas de 12 horas. São 60 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 na unidade referência em doenças infecciosas.

A CoronaVac foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e, no Brasil, é produzida pelo Instituto Butantan. O pedido de uso emergencial do imunizante está em votação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste domingo (17), quando também é analisado o mesmo pedido feito pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) para usar o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca.

Anvisa aprova o uso emergencial das vacinas de Oxford e Coronavac


Anvisa e CoronaVac
Anvisa e CoronaVac (Foto: Divulgação)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial das vacinas contra a Covid-19 da Oxford/AstraZeneca e da chinesa Sinovac (CoronaVac), cujos pedidos foram feitos, respectivamente, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Instituto Butantan.

Dentre os cinco diretores da agência, cinco  votaram a favor do uso emergencial. Os diretores acompanharam o voto de Meiruze Freitas, relatora dos pedidos.

“Pai da cloroquina”, médico francês volta atrás e reconhece que medicamento não tem eficácia contra Covid


O médico francês Didier Raoult afirmou que “a necessidade de oxigenoterapia, transferência para UTI e óbito não diferiu significativamente entre os pacientes que receberam hidroxicloroquina com ou sem azitromicina”

(Foto: Divulgação)

247 – O médico francês Didier Raoult, responsável pelo estudo sobre a utilização da cloroquina no tratamento à Covid-19, voltou atrás de sua conclusão, em artigo publicado no International Journal of Antimicrobial Agents.

Didier informou que reavaliou os dados, diante de seis pacientes que haviam “sumido” dos estudos, e ressaltou que a hidroxicloroquina não funcionou.

“A necessidade de oxigenoterapia, transferência para UTI e óbito não diferiu significativamente entre os pacientes que receberam hidroxicloroquina (HCQ) com ou sem azitromicina (AZ) e nos controles com tratamento padrão apenas”, afirmou.

A substância ainda é defendida pelo governo brasileiros, de Jair Bolsonaro, que estocou uma quantidade absurda do remédio e está buscando empurrá-lo para a população – mesmo que o usuário possa ter problemas cardíacos.

PCdoB quer manter Fabrício Falcão na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa


 

Após a resolução do impasse para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), os deputados começam a articular a composição da Mesa Diretora.

Dentro do PCdoB, partido com 4 membros na Casa, já há consenso de que o grupo vai pleitear a manutenção do deputado Fabrício Falcão na Mesa Diretora. Atualmente Falcão é o 3° vice-presidente do Legislativo baiano.

Futuro presidente da AL-BA, Adolfo Menezes afirmou ao Política Livre que só vai interferir na montagem da mesa em último caso, cabendo o acordo pars sua formatação aos partidos.