Bia Doria diz que é errado doar marmitas para moradores de rua: “a pessoa gosta de ficar ali”


Socialite esposa do governador João Doria (PSDB-SP), Bia Doria postou um vídeo criticando ongs que ofertam marmitas para moradores de rua. Segundo ela, tal ação gera pessoas acomodadas. “As pessoas precisam se conscientizar que precisam sair dali”

Bia Doria
Bia Doria (Foto: Reprodução)

Socialite esposa do governador João Doria (PSDB-SP), Bia Doria postou um vídeo nesta sexta-feira (3) criticando ongs que ofertam marmitas a moradores de rua. Segundo ela, tal ação gera pessoas acomodadas. “As pessoas precisam se conscientizar que precisam sair dali”.

Segundo ela, os vulneráveis estão nesta situação porque “gostam de ficar na rua”.

Ela estava no vídeo acompanhada da socialite Val Marchiori, que recentemente foi condenada a pagar R$ 10 mil reais em indenização a cantora Ludmilla por ofensas racistas.

Realidade 

São Paulo tem 7.000 pessoas vulneráveis ao coronavírus morando nas ruas e expostos ao frio que pode atingir temperaturas negativas no rigoroso inverno. A situação de extrema miséria intensificou-se com a grave crise econômica que o Brasil enfrenta e os postos de trabalho que foram encerrados.

Em 2019, seis moradores de rua morreram com hipotermia.

Veja: