Contagem regressiva


Carlos Costa

Quarta-feira, 17/07/2019

É a verdade o que assombra, o descaso o que condena, a estupidez o que destrói.
Renato Russo

O tempo conta a história: são 928 dias da administração mais incompetente que já houve em Conquista. Estamos regredindo à velocidade da luz.

Enquanto o prefeito Herzem conspira para criar um impasse político entre o Governo Federal e o Estado da Bahia, a sua fracassada gestão ruma para o brejo com as vacas, os bodes, os cabritos, os bezerros e todos os puxa-sacos.
Herzem não tem tempo e nem capacidade para resolver os graves problemas que assolam o nosso município. O seu governo, que ruma para o seu ocaso, sequer conseguiu resolver as pendências que estão emperrando a educação municipal. Existem muitas escolas que ainda não começaram o segundo semestre letivo, mesmo porque o primeiro semestre também foi cheio de problemas e muitos dias sem atividades escolares.
A prefeitura ainda não conseguiu realizar uma concorrência para contratar empresas para operar alguns roteiros do transporte escolar, por isso muitos alunos continuam impossibilitados de frequentarem as escolas. Sem falar que falta merenda nas escolas, materiais didáticos e de limpeza, apesar do prefeito mentir ao dizer que a educação está bem melhor do que quando assumiu o cargo. Ele apregoa que Conquista nunca bateu a meta do IDEB, mas omite que na sua gestão o índice não foi alcançado, havendo apenas uma melhoria de alguns décimos.
Apesar das constantes trocas de secretários, a educação está cada vez pior, muitos servidores municipais estão torcendo para que esse período trágico passe logo, pois não estão aguentando os descalabros desse desgoverno.
São muitos desmandos que ocorrem simultaneamente, apesar das incongruências do prefeito que teima em não fazer uma autocrítica e assumir os seus fracassos, para buscar alternativas que sejam capazes de resolver os problemas que se avolumam.
O prefeito precisa parar de lançar factóides, de ficar indo à Brasília e sempre voltar de mãos vazias, afinal de contas, como diz o ditado, formiga quando quer se perder cria asas.

Faltam 5⃣3⃣3⃣ dias para que o voo da tanajura tenha fim!

Esta contagem é dedicada aos funcionários da SMED que estão assustados com a falta de planejamento e conhecimento da pasta dos atuais dirigentes da secretaria.