Morre o ex-deputado estadual Sebastião Castro


O médico Sebastião Rodrigues Castro, de 78 anos,sofreu um infarto no final da tarde desta terça (13), foi submetido a um cateterismo e na manhã de hoje sofreu uma parada cardíaca. Após várias tentativas de reanimação pelo corpo clínico do hospital SAMUR, Dr. Tião veio a óbito.

Sebastião Castro, na inauguração do Samur, entre Josué Figueira (de óculos escuros) e o ex-prefeito Nilton Gonçalves (de bigode)
Sebastião Rodrigues Castro nasceu em 20 de janeiro de 1940, em Ribeira do Pombal, e foi trazido pela família para morar em Vitória da Conquista em 1947. Ortopedista e traumatologista, Tião formou-se na Faculdade de Medicina da UFBA, em 1965. Em 1967, ele passou a trabalhar em Vitória da Conquista, na Santa Casa de Misericórdia onde, junto com Jadiel Matos e outros médicos idealizaram a construção do hospital SAMUR Em 1971, o SAMUR foi inaugurado, mesmo aos 78 anos, Tião como era carinhosamente chamado, trabalhava todos os dias.

Sebastião Castro disputou três eleições para prefeito em Conquista, sendo a última em 1988. Entretanto, foi eleito deputado estadual por duas, sendo inclusive líder da bancada de situação do governador NIlo Coelho, em 1990, compôs a chapa como candidato a vice governador com o então Governador Nilo Coelho.
Sebastião Castro era um professor de política, conseguia a proeza de ler três livros ao mesmo tempo, eu por exemplo aprendi muito com os discursos políticos em Praça Pública, mesmo no MDB, era adversário político de José Pedral, obstante a isso, era também seu médico. Isso se chama, boa política. Vá em paz amigo, a mim particularmente Tião tinha grande consideração, com ele nos meus 18 anos, travei uma discussão política que durou uma hora e dez minutos, jamais esquecerei tamanha deferência.