Folclore Político

Opinião

Informativo

Saiba o que foi a “Noite dos Cristais”, marco do nazismo citada por Weintraub


 O ministro da Educação, Abraham Weintraub, comparou a operação da Polícia Federal realizada nesta quarta-feira (27) contra as milícias virtuais bolsonaristas com um episódio em que a Polícia Nazista (SS) invadiu casas e sinagogas durante a Alemanha Nazi.

“Hoje foi o dia da infâmia, VERGONHA NACIONAL, e será lembrado como a Noite dos Cristais brasileira. Profanaram nossos lares e estão nos sufocando. Sabem o que a grande imprensa oligarca/socialista dirá? SIEG HEIL!”, tuitou o ministro.

Saiba o que foi a “Noite dos Cristais”:

 

Na noite do dia 9 para o dia 10 de novembro de 1938, em toda a Alemanha e na Áustria, ocorre o progrom (palavra russa que significa “causar estragos, destruir violentamente”) que ficou conhecido como a “Noite dos Cristais” (Kristallnacht ou Reichspogromnacht), marcado principalmente pela destruição de símbolos judaicos, em que sinagogas, casas comerciais e residências de judeus foram invadidas e seus pertences destruídos. Também chamada de “Noite dos Vidros Quebrados”, indica os vidros estilhaçados nas vitrines das lojas, sinagogas e moradias de judeus.

Isso marca uma onda de violência contra os judeus em todo o Reich (Alemanha). Os ataques foram planejados para parecerem espontâneos, uma revolta natural da população alemã contra o assassinato de um oficial por um adolescente judeu em Paris. Mas, na realidade, foi um plano de Joseph Goebbels, ministro alemão da propaganda, e de outros líderes nazistas, que organizaram meticulosamente outros pogroms

 

A Noite dos Cristais resultou em mais de 250 sinagogas queimadas, e cerca de 7.000 estabelecimentos comerciais judaicos destruídos. Dezenas de judeus foram mortos, cemitérios, hospitais, escolas e casas judias foram saqueadas. A polícia e os bombeiros foram orientados a não atuar nesse dia.

Na manhã seguinte, 30.000 (trinta mil) judeus alemães do sexo masculino foram presos pelo “crime” de serem judeus. Aqui começa o aprisionamento em campos de concentração onde milhares de pessoas vão encontrar a morte. Algumas mulheres judias foram enviadas para prisões locais. Depois disso, estabelecimentos comerciais de propriedade de judeus não poderiam ser reabertos, sem que passassem a ser gerenciados por não-judeus. Estabeleceu-se toques de recolher e os judeus tiveram seus movimentos e horários controlados, não podendo sair de casa livremente.

Depois da “Noite dos Cristais”, as crianças e os adolescentes judeus, tanto na Alemanha quanto na Áustria, tiveram suas vidas e rotinas absolutamente alteradas. Expulsas de escolas públicas, proibidas de entrar em museus, parques e piscinas. A segregação dos jovens judeus tornou-se uma regra. Há muitos casos de suicídio nesse período, assim como tentativas de emigração.

É conhecida a avaliação do Coronel-general Werner Thomas Ludwig Freiherr von Fritsch que, em carta** a sua amiga, a Baronesa Margotvon Schutzbar-Milchling von Schutzbar, datada de 11 de dezembro de 1938, conclui:

” (…) Logo após a guerra, cheguei à conclusão de que temos de ser vitorioso em três batalhas, se a Alemanha quiser ser poderosa:

(1) a batalha contra a classe trabalhadora. Esta Hitler ganhou;

(2) contra a Igreja Católica, talvez melhor expressa como Ultramontanismo e

(3) contra os judeus.

Estamos em meio a essas batalhas, e um contra os judeus é o mais difícil. Espero que todos percebam os meandros desta campanha.”

O Coronel-general Werner Fritsch indicou bem como Hitler se empenhou em derrotar a classe trabalhadora. O Nazismo foi, antes de mais nada, um regime pensado para esmagar as organizações operárias, pois o projeto de poder nazista implicava em não perder tempo com os adversários internos. Assim que conquistou o título de Chanceler da Alemanha, em 1933, uma das primeiras medidas de Hitler foi extinguir os sindicatos, os contratos coletivos e o direito à greve.

Após tentativa de fuga de fiscalização, PRF apreende carro recheado de drogas


Policiais encontraram 14 kg de cocaína, 63 kg de maconha e mais 5 kg de substância com características aparentes de MDMA

Foto: PRF
Foto: PRF

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cocaína, maconha e cristais de MDMA em abordagem a um veículo Chevrolet/Onix, em ação que aconteceu por volta das 20h30 de sábado (30), em Vitória da Conquista (BA). Um homem foi preso.

Os agentes federais realizavam atividades da Operação Tamoio, voltadas para o enfrentamento à criminalidade, quando viram um Ônix realizar uma manobra brusca ao avistar a viatura da PRF. O motorista não obedeceu à ordem de parada dada pelos policiais na BR-116 e fugiu em alta velocidade. Ele foi perseguido até ser interceptado e parar o carro.

O condutor de 36 anos demonstrou descontentamento com a ação policial e de forma agressiva proferiu palavras ofensivas contra a equipe. Para uma fiscalização mais segura, os agentes decidiram se deslocar ao posto da PRF e ao proceder uma revista no automóvel encontraram aproximadamente 14 kg de cocaína, 63 kg de maconha e mais 5 kg de substância com características aparentes de MDMA (abreviação de metilenodioximetanfetamina).

Ao ser questionado, o homem informou que trabalha como motorista por aplicativo e foi contratado para levar as encomendas até a cidade de Araci (BA). Disse ainda que não sabia que se tratava de material ilícito. Diante dos fatos, o condutor foi preso em flagrante delito e encaminhado com os materiais apreendidos para a Delegacia de Polícia local e apresentado à autoridade policial de plantão. Inicialmente, ele responderá pelo crime de tráfico de drogas previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006.

(Vídeo) PM de São Paulo dispersa com bombas grupos democráticos e protege manifestantes fascistas


A Polícia Militar reprimiu com violência a manifestação antifascista de várias torcidas organizadas, que acontece neste domingo (31), na Avenida Paulista, em São Paulo. O ato foi convocado por coletivos antifascistas de torcidas organizadas em protestos contra mobilizações pró-golpe estimuladas por Jair Bolsonaro

(Foto: Divulgação – Reprodução)

A Polícia Militar reprimiu com violência a manifestação antifascista de várias torcidas organizadas, que acontece neste domingo (31), na Avenida Paulista, em São Paulo. Participantes do protesto fecharam as ruas, aos gritos de “democracia” e “ô, ô, ô, ditadura acabou”.

O ato foi convocado por coletivos antifascistas da torcida do Corinthians e lideranças da Gaviões da Fiel, mas contou com a presença de outras torcidas organizadas, como do Palmeiras e do Santos.

“Se os partidos não vem pra rua, o Corinthians, o povo, virá”, disse um dos manifestantes no vão do Masp.

Carla Jimenez 🇧🇷🇨🇱

@carlajimenez9

PM avança jogando bombas de gás lacrimogêneo ao longo da av Paulista

Vídeo incorporado

1.185 pessoas estão falando sobre isso

 

Diogo Cabral 🇧🇷🇱🇷@Diogotapuio

Urgente! Protesto antifascista é reprimido violentamente em São Paulo.

Vídeo incorporado

88 pessoas estão falando sobre isso

 

Pedro Ribeiro@draomcqueen

Cerca de 600 manifestantes antifascistas fecham nesse momento a Av. Paulista para se contrapor à manifestação da extrema-direita. Com @paviojor

Vídeo incorporado

UESB- Universidade de fato e de direito


Os 22 anos do credenciamento da Universidade Estadual do Sudoeste (UESB), completados no dia 27 de maio, foram lembrados pelo reitor que assinou protocolo de reconhecimento oficial da instituição, Waldenor Pereira. “Não poderíamos deixar de registrar essa importante vitória da nossa administração, marco fundamental para a expansão da UESB, com a criação de dezenas de cursos de graduação e pós-graduação, além de aumento significativo das atividades de pesquisa e extensão”.
Embora criada em 30 de dezembro de 1980, somente em maio de 1998 a UESB vai se credenciar como universidade, na gestão do hoje deputado federal Waldenor Pereira. “Como seu reitor, à época, sinto-me orgulhoso de ter sido parte da história dessa extraordinária universidade, que nesse ano vai comemorar 40 anos de relevantes serviços prestados ao desenvolvimento regional”.
O credenciamento tardio da universidade que deu início ao polo educacional que Vitória da Conquista acabou se transformando nos tempos mais recentes, só aconteceu depois de muita luta e pressão da comunidade acadêmica, culminando com a assinatura do Ato pelo então governador, César Borges, em solenidade realizada no auditório do Campus conquistense, sede da instituição. O decreto nº 7.344 que concedeu à universidade o seu credenciamento , foi previamente aprovado pelo Conselho Estadual de Educação.

Bolsonaro acusa imprensa de fake news e insinua: ‘Se negociar bilhões, acaba?’- a Imprensa é o CENTRÃO?


Presidente se diz vítima de “dezenas de fake news” produzidas contra ele diariamente

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) utilizou suas redes sociais neste domingo (31) para, mais uma vez, atacar a imprensa.

Depois de se dizer vítima de “dezenas de fake news” produzidas contra ele diariamente, questionou se, caso negociasse “bilhões de reais” em propaganda nos veículos de comunicação, isso acabaria.

Bolsonaro classificou como “o maior dos fake news” o chamado gabinete do ódio que, segundo ele, foi inventado pela imprensa.

O grupo, segundo revelou reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, é formado por assessores do Palácio do Planalto e comandado pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

“Até o momento a Folha, Globo, Estadão… não apontaram uma só Fake News produzida pelo tal ‘gabinete”, escreveu o presidente.

PUBLICIDADE

Vitória da Conquista tem 4,5 mil notificações de pessoas com síndrome gripal; número contrasta com os divulgados nos boletins epidemiológicos do município


A síndrome gripal assim como a síndrome respiratória aguda grave podem ser por COVID-19.

Na última reunião do CMS – Conselho Municipal de Saúde (29) foi citado que no e-SUS – base de dados do Sistema Único de Saúde – que o número de casos de síndrome gripal no município se aproximava de 4,5 mil – dados lançados pela Secretária de Saúde do Município. Hoje os números devem ter ultrapassado esse número.

Na reunião anterior do CMS, realizada no dia 19 de maio, a diretora de Vigilância à Saúde do Município, Ana Maria Ferraz, foi questionada e informou que, naquele dia, existiam no sistema municipal 3.348 notificações de casos de síndrome gripal. Segundo Ana Maria, neste índice havia pacientes com critério para coleta de material para exame laboratorial ou não. O número já era muito superior aos informados nos boletins epidemiológicos. O BConquista alertou para a problema no dia 24 de maio – Números omitidos: Conquista tem quase 4 mil notificações de síndrome gripal.

Os dados ainda destoam dos apresentados diariamente nos boletins epidemiológicos da Secretaria de Saúde do Município. No boletim deste sábado (30), a prefeitura informou que seriam 1,428 mil notificações e 988 casos descartados. São pelo menos três mil notificações a menos do que informado oficialmente aos Governos do Estado e Federal.

Em todos os boletins, a Prefeitura afirma que as definições operacionais adotadas pela Vigilância Epidemiológica municipal são especificadas pela Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020 (atualizada em 10 de maio de 2020), da Secretaria de Saúde do Estado. Entretanto, a nota técnica orienta que o Covid-19 seja descartado em casos de pacientes com síndrome gripal quando submetidos a exame Laboratorial: Amostra clínica coletada, preferencialmente, até o sétimo dia de início de sintomas, processada em laboratório público ou privado”; por critério clínico-epidemiológico – “Caso suspeito da COVID-19 com histórico de contato próximo ou domiciliar, nos últimos 7 dias antes do aparecimento dos sintomas, com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 e para o qual não foi possível realizar a investigação laboratorial específica, caso suspeito da COVID-19 com exames de imagens compatíveis.”; ou “por teste rápido, imunofluorescência, elisa ou quimioluminescência: Caso suspeito da COVID-19 com teste imunológico (Teste Rápido ou quimioluminescência ou sorologia clássica para detecção de anticorpos) positivo para anticorpos IgM e/ou IgG”.

Considerando que a Secretaria de Saúde do Município apresenta nos boletins epidemiológicos diários um valor inferior ao informado ao e-SUS, os dados tem chamado atenção da imprensa da capital. Com dados ainda defasados, o Bahia notícias publicou a matéria “Vitória da Conquista não atualiza notificações e registra 2.919 casos suspeitos da Covid-19”. Além de não atualizar, a prefeitura omite mais de 3 mil casos, já que as notificações atualizadas no e-Sus devem ter ultrapasso 4,5 mil nesse sábado (30).

(Vídeo) Torcidas organizadas rejeitam golpe e vão à Paulista pedir democracia


Torcidas organizadas estão na Avenida Paulista em protesto contra estímulos a golpe por parte de Jair Bolsonaro, que já manifestou publicamente o seu apreço por ditaduras. “Democracia”, gritam os manifestantes

(Foto: Divulgação – Reprodução)

Torcidas organizadas estão na Avenida Paulista em protesto contra estímulos a manifestações pelo fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal por parte de Jair Bolsonaro. “Democracia”, gritam os manifestantes.

Bolsonaro já compareceu este ano a manifestações que pediam intervenção militar no governo federal.

A última ameaça do clã presidencial partiu do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), após aliados do seu pai serem alvos de uma ação da Polícia Federal contra fake news.

“Quando chegar a um ponto que o presidente não tiver mais saída e for necessário uma medida enérgica, ele que será taxado como ditador”, afirmou em seu twitter.

Jornalistas Livres

@J_LIVRES

AGORA NA AVENIDA PAULISTA.
Ato contra o fascismo e em defesa da Democracia. O ato foi chamado pela Gaviōes da Fiel e vai unir outras torcidas organizada. “Hoje é o primeiro e vai se espalhar pelo Brasil”
Por Lina Marinelli/jornalistas livres

Vídeo incorporado

3.451 pessoas estão falando sobre isso

 

Sâmia Bomfim

@samiabomfim

Protesto das torcidas organizadas anti-fascismo agora na Av. Paulista.

Vídeo incorporado

759 pessoas estão falando sobre isso

 

Ultrajano@ultrajano

Torcida antifascista da Gaviões agora na Paulista enfrentando os fascistas bolsonaristas

3.188 pessoas estão falando sobre isso

Empresário humilha policial, diz que ganha R$ 300 mil por mês, mas termina preso após ameaçar mulher em Alphaville


“Você é um bosta. É um merda de um PM que ganha mil reais por mês, eu ganho 300 mil reais por mês. Quero que você se foda, seu lixo do caralho”, disse o empresário Ivan Storel. Mas não disse, eu ganho tudo isso, eu sou o cara, mas sou covarde, eu bato da minha mulher, minha filha está apavorada, mas mesmo assim, eu acho  que o Brasil precisa mudar.  A polícia não poderia invadir sem ordem judicial, já que o crime não teve flagrante, todavia os insultos aos PMS já configura crime e o valentão foi detido.

(Foto: Alphaville)

Da Ponte Jornalismo – O empresário Ivan Storel, 49 anos, foi detido na tarde desta sexta-feira (29/5), depois de a polícia ter sido acionada para atender um caso de violência contra mulher em Alphaville, bairro rico em Santana do Parnaíba, região metropolitana de São Paulo. Quando a Polícia Militar chegou no local, o homem resistiu à prisão e humilhou os policiais que foram atender a ocorrência.

“Você é um bosta. É um merda de um PM que ganha mil reais por mês, eu ganho 300 mil reais por mês. Quero que você se foda, seu lixo do caralho”, disse o empresário. Em seguida, após supostamente falar no telefone, ele continua: “Você não me conhece. Você pode ser macho na periferia, mas aqui você é um bosta. Aqui é Alphaville, mano”.

Entre insultos e xingamentos, Storel proíbe a aproximação do policial com ameaças. “Não pisa na minha calçada, não pisa na minha rua. Eu vou te chutar na cara, filho da puta”. No vídeo, os PMs não esboçam qualquer reação.

De acordo com informações policiais, a esposa do empresário ligou para a Polícia Militar por causa de uma briga entre eles, com possível agressão ou ameaça. Um policial militar homem e uma mulher foram mandados para atender a ocorrência.

Leia a íntegra na Ponte Jornalismo

Poções segue sem casos de Coronavírus e prefeitura reforça medidas de prevenção


Barreira sanitária da entrada de Poções

Com uma barreira sanitária eficiente, localizada em três entradas da cidade, não houve qualquer caso  de COVID-19 entre os moradores de Poções, quem chega de outras cidades é examinado na barreira, qualquer sinal de contaminação detectado, o paciente é levado ao hospital para o tratamento devido, estivemos no município e fomos examinados e, também tivemos nosso veículo de transporte higienizado.

A  Secretaria Municipal de Saúde de Poções informou que até a noite do último sábado (30Mai30) não havia nenhum caso confirmado de Coronavírus no município.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura Municipal de Poções comunica à população que, conforme divulgado no site da SESAB e pelo Jornal BATV na TV Bahia, sobre um caso a ser validado pelo município, refere-se a um caso residente em outro município (São Paulo), mas ainda portando o Cartão Nacional do SUS (CNS) vinculado ao nosso município.

Dessa forma, não reside nos limites do município, tampouco foi caso notificado e pesquisado em quaisquer uma das unidades de saúde de Poções – Bahia.

Tão logo ocorra atualização de qualquer exame que aguarda resultado, será imediatamente divulgado através dos canais oficiais.

Boletim Epidemiológico: Pacientes de Conquista ocupam somente 12% dos leitos de UTI


Mais 11 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para o Novo Coronavírus neste sábado (30), aumentando para 145 casos confirmados da doença em Vitória da Conquista. 113 pacientes tiveram confirmação por exame laboratorial RT-PCR e 32 apresentaram positivo em Teste Rápido associado ao quadro clínico de Síndrome Gripal.

Boletim epidemiológico atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde, mostra que dos 145 pacientes que se infectaram, 100 já estão curados, 40 seguem em recuperação – seis internados em unidades hospitalares do município e 34 em isolamento domiciliar – e cinco pacientes, que eram residentes do município, foram a óbito.

Hoje (30) a taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 50%, sendo 6% ocupados por pacientes de Vitória da Conquista e 44% de outros municípios da macrorregião. Enquanto que a taxa dos leitos clínicos é de 15,6%, sendo 4,7% de pacientes de Vitória da Conquista e 10,9% de outros municípios.

Já foram notificadas 1428 pessoas com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pela Covid-19 no município. 988 desses casos foram descartados e 295 seguem sob investigação, com 209 pacientes notificados aguardando resultado laboratorial e 86 aguardando coleta de amostra para exame RT-PCR.

Dos casos que ainda estão sendo investigados, nove pessoas estão internadas em unidade hospitalar com quadro de Síndrome Gripal ou Síndrome Gripal Aguda Grave e 286 seguem em isolamento domiciliar.

Ocupação dos leitos de Covid-19 – A rede hospitalar de Vitória da Conquista disponibiliza 114 leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) destinados exclusivamente, para o tratamento do novo coronavírus, sendo 64 enfermarias e 50 Unidades de Terapia Intensiva. Neste sábado (30), estão internados pacientes de Vitória da Conquista, Jequié, Rio do Antônio, Brumado, Eunápolis, Ipiaú, Itapetinga, Cândido Sales, Itacaré, Itagibá, Belmonte, Guanambi, Caetanos, Ceará, Guajerú e Canápolis.

As definições operacionais adotadas pela Vigilância Epidemiológica municipal são especificadas pela Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020 (atualizada em 10 de maio de 2020), da Secretaria de Saúde do Estado.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem sintomas suspeitos.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911

Governo de Rui Costa é aprovado por 57% na Bahia e 71% em Salvador


Percentual de ótimo e bom cresceu

47% aprovam prefeitos da Bahia

Bolsonaro: 43% de rejeição no Estado

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), durante anúncio de que o Estado pagaria por 3 meses (abril, maio e junho) a conta de luz da população por causa da crise causada pela

Pesquisa DataPoder360 indica que o governador da Bahia, Rui Costa (PT), é bem avaliado por 57% da população do Estado. Os que consideram o desempenho do petista regular são 27%. Outros 11% acham a administração ruim ou péssima.

Na capital, Salvador, o petista é mais bem avaliado: 71% dos soteropolitanos consideram sua gestão boa ou ótima. Outros 17% consideram o trabalho regular, enquanto 8% acham que o trabalho de Rui Costa é ruim ou péssimo.

Quando se leva em conta o Estado da Bahia inteiro, os que mais aprovam a administração Rui Costa são os que não frequentaram a escola (68% de ótimo ou bom). Na região metropolitana de Salvador a taxa vai a 72%.

O levantamento também mediu a percepção dos entrevistados com relação às prefeituras de cada município do Estado. Para 47% os prefeitos baianos fazem governos bons ou ótimos. Outros 30% respondem que as administrações são regulares. E 21% acham que são ruins ou péssimas.

A pesquisa foi realizada de 25 a 27 de maio pelo DataPoder360, divisão de estudos estatísticos do Poder360, em uma parceria editorial do jornal digital Poder360 e o jornal “A Tarde”, de Salvador (BA). O levantamento teve patrocínio da Associação Comercial da Bahia.

Na Bahia, por meio de ligações para celulares e telefones fixos, foram entrevistadas 2.500 pessoas em 209 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A pesquisa fez 800 entrevistas com residentes em Salvador. Para os resultados do estudo na capital, a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais. Conheça mais sobre a metodologia lendo este texto.

DataPoder360 também realizou um levantamento nacional por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 544 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Leia os relatórios completos dos resultados no Brasil (1,6 MB), na Bahia (1,4 MB) e em Salvador (1,1 MB).

AVALIAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL

O presidente Jair Bolsonaro é considerado ruim ou péssimo por 43% dos baianos e ótimo ou bom por 28%. Os números são parecidos com a média nacional.

Já quando se observa apenas a capital, Salvador, 55% rejeitam a administração bolsonarista. Outros 20% acham regular, enquanto também 20% boa ou ótima.

DATAPODER360

Leia mais sobre a pesquisa DataPoder360:

Conheça os números do coronavírus no Brasil e no mundo


Acompanhe os números da covid-19 no Poder360Poder360

Poder360 publica diariamente 1 relatório sobre a trajetória do coronavírus no Brasil e no mundo. Eis os dados do início deste sábado (30.mai.2020).

NÚMEROS NO BRASIL

casos – 465.166 (+26.928 em 1 dia);
mortes – 27.878 (+1.124 em 1 dia);
recuperados – 189.476 (+11.872 em 1 dia).

O 1º caso de covid-19 no país foi registrado em 26 de fevereiro de 2020. A 1ª morte, em 17 de março de 2020.