Gugu Liberato é internado após acidente doméstico; estado seria grave


 
Gugu Liberato apresenta novo reality show de casais (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

Gugu Liberato, de 60 anos de idade, sofreu um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos, e foi hospitalizado. O apresentador vai ficar internado por 48 horas por observação. A informação foi confirmada à Quem pela assessoria dele.

 “Informamos que nesta quarta-feira, 20, o apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente em sua casa em Orlando e encontra-se internado em observação por 48 horas. Voltaremos informar assim que um boletim médico for emitido e contamos com todos os amigos da imprensa”, diz a nota oficial.

De acordo com o blog de Amaury Jr., no entanto, o estado de saúde do apresentador é grave. Segundo a publicação, Gugu caiu de uma altura de cerca de 4 metros, batendo a cabeça na quina de um móvel. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo colunista Flavio Ricco.

Gugu viajou para os Estados Unidos na terça-feira (19). Ele é pai de três filhos, João Augusto, 18, e as gêmeas Sofia Marina,15. Os jovens moram com a mãe, Rose Miriam, no país.

Gugu Liberato com a esposa e os filhos (Foto: Reprodução/Instagram)

Como as teorias pedagógicas estão influenciando no mercado da educação


A nova onda tecnológica e a chegada da industrialização 4.0 vêm mudando o mundo e o mercado de trabalho. Segundo dados do Laboratório de Aprendizado de Máquina em Finanças e Organizações da UnB (Universidade de Brasília) até 2026 mais de 30 milhões de vagas de emprego poderão deixar de existir. Esse impacto direto no mercado de trabalho gera uma busca de profissionais cada vez mais qualificados, levando assim à necessidade de capacitar os alunos de uma maneira mais moderna e tecnológica*.

Visando atender essa nova tendência, as escolas de educação básica estão buscando atualizar as suas metodologias para se tornarem mais adequadas à velocidade de mudança do mundo e do mercado de trabalho. As mudanças são e serão sentidas em todos os níveis, seja nas escolas de ensino básico até as de nível superior, uma vez que a tendência é que o conceito de graduação, com o passar do tempo, se renove de forma constante e contínua para acompanhar as novas tecnologias e necessidades do mundo.

Metodologias de ensino e readequação das escolas

Algumas antigas metodologias de ensino já conhecidas mundialmente estão sendo retomadas, com ou sem adaptação, pois atendem de forma mais adequada às necessidades do mundo atual.

O modelo pedagógico Montessoriano, que tem como princípio o aluno no centro do aprendizado e não mais o professor, como nas metodologias tradicionais de ensino, tem se expandido. Em contrapartida, o modelo tradicional onde o professor se posiciona à frente da turma e, de forma unilateral, expõe os conteúdos utilizando-se de um monólogo e de um quadro negro, tornou-se ultrapassado e necessita de mudanças.

Os novos modelos colocam o aluno como protagonista do aprendizado e o professor exerce a função de moderador, por meio do acompanhamento da jornada do aprendizado empírico, através de experimentos e contato com o mundo, estimulando a curiosidade e discussões entre os alunos que enriqueçam seus arcabouços.

Com tantas readequações metodológicas, tornou-se também necessário que os próprios ambientes escolares passem por uma transformação para promover a interação do aluno com espaços mais intuitivos, que estimulem a criatividade da criança para desenvolver o seu aprendizado.

Assim, acompanhando essa revolução do ensino, diversas novas escolas chegaram a São Paulo nos últimos quatro anos, muitas já contando com novos conceitos e métodos de ensino, dentre elas algumas internacionais, como a Avenues, Concept Brazil  e a The International School of São Paulo (GIS).

Cases

A escola GIS SP – The International School of São Paulo, abriu suas portas no segundo semestre de 2019, após quase um ano de investigações do mercado paulista elaboradas pela Urban Systems. No primeiro momento, realizou-se um estudo para identificação das regiões da cidade com maior oportunidade para este mercado, considerando o perfil sociodemográfico da cidade, a demanda existente e futura e o perfil das escolas concorrentes. Após o entendimento dos melhores locais para abertura da nova escola, realizaram-se estudos do potencial de mercado em cada região, estimando o tamanho da demanda potencial para seleção da área mais adequada.

Localizada em Moema, a nova escola de nível internacional baseia-se na metodologia denominada Reggio Emilia. Um pouco diferente do modelo Montessoriano, a pedagogia Reggio Emilia foi criada em 1945 na Itália do pós-guerra, quando as mães viúvas da guerra buscaram novos locais para educação de seus filhos, dada a destruição das antigas escolas da região. Assim surgiu esta nova pedagogia, focada na essência da criança como um sujeito extraordinário, dotado de capacidades e potencial para descobrir o mundo por si só.

Atualmente o método evoluiu mas continua com a base estabelecida, tendo o espaço como uma ferramenta fundamental no desenvolvimento das relações, comunicações e encontros, fatores definitivos para colocar a criança no centro do aprendizado. As salas de aula das escolas Reggio Emilia são consideradas tão ou mais importantes do que os próprios professores, promovendo estímulos para que o aprendizado vá além.

Outro estudo elaborado pela Urban Systems no setor de educação foi realizado para uma das mais tracionais escolas de São Paulo, o Colégio São Luís. Identificada a necessidade de atualizar sua metodologia de ensino para se adequar às novas tecnologias e demandas do mercado, o Colégio entendeu ser necessário mudar também sua estrutura física. O objetivo do estudo foi entender, sob a ótica da demanda, se seria mais interessante manter-se no endereço atual, com uma grande reforma, ou mudar-se para um novo endereço.

O diagnóstico apresentado resultou na decisão histórica da escola deixar seu tradicionalíssimo endereço na Av. Paulista (R. Haddock Lobo, 400) para construir uma nova sede, mais adequada aos tempos modernos e às mudanças no espaço urbano e da população de São Paulo. O novo local indicado pelo estudo, na Vila Mariana próximo ao Parque do Ibirapuera, permitiu que a instituição redesenhasse sua história e rumasse para um novo ciclo virtuoso, alinhado com o que há de mais moderno no ensino, não apenas no âmbito pedagógico como também de seu espaço.

Urban Systems conta com um grande espectro de serviços de consultoria para o setor de educação, em todos os seus níveis. De estudos de Market Share ou potencial de mercado, do entendimento das oportunidades de expansão ao mapeamento de novos mercados, conte com as soluções da Urban Systems para o planejamento de sua escola de ensino básico, complementar ou superior.

Leandro Begara, Sócio e Diretor de Inteligência de Mercado na Urban Systems.

*Fonte: https://bit.ly/2pBNH3U

Polícia volta a ouvir assessores de Carlos Bolsonaro e de Marielle


A Polícia Civil do Rio de Janeiro voltou a convocar para depor, depois de mais de um ano, pessoas ligadas à vereadora Marielle Franco e ao vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. Os investigadores tentam entender melhor como era a relação entre os dois parlamentares, que eram vizinhos de gabinete na Câmara do Rio e teriam se envolvido em uma discussão no corredor do prédio.

Em 29 de outubro, no dia em que o Jornal Nacional, da TV Globo, revelou o depoimento do porteiro do condomínio Vivendas da Barra, a viúva da vereadora, Monica Benicio, voltou a ser ouvida pela polícia. Segundo pessoas que acompanharam o depoimento, houve insistência em perguntas sobre Carlos.

Um ex-assessor da vereadora, que afirma ter discutido com o filho do presidente, também foi convocado novamente para falar sobre o episódio. Carlos teria tentado agredir um assessor de Marielle, e ela teria ameaçado chamar a segurança da Câmara para intervir. Carlos nega que tenha havido tentativa de agressão, diz que nunca brigou com Marielle e que o episódio com o assessor tratou-se de uma “discussão sem desdobramentos” .

A briga foi abordada em depoimentos de ex-funcionários de Marielle no início das investigações, quando o próprio Carlos foi ouvido pela polícia na condição de testemunha, mas havia sido deixada de lado ao longo de 2019. Carlos não é investigado neste caso nem foi chamado a prestar novo depoimento.

Em nota enviada à reportagem, o gabinete de Carlos disse que não tem nada a declarar sobre as apurações da Polícia Civil. “Ressalto que nunca houve brigas entre os parlamentares, não sei de onde você tirou esta informação. Ela não procede. O relacionamento entre o vereador Carlos Bolsonaro e a ex-vereadora Mariele Franco, sempre foi cordial e amigável.”

Quanto ao episódio envolvendo o assessor, a equipe do vereador alegou que “a vereadora estava em seu gabinete e prontamente interviu com a cordialidade que lhe era peculiar.”

Até o momento, as investigações apontam para o envolvimento dos ex-PMs Élcio de Queiroz e Ronnie Lessa, presos desde março. A Procuradoria-Geral da República apontou o ex-deputado e conselheiro licenciado do Tribunal de Contas do Estado, Domingos Brazão, como provável mandante.

CNJ instaura processo contra desembargadores do TJ-BA por venda de sentenças; vergonha para o povo baiano


CNJ instaura processo contra desembargadores do TJ-BA por venda de sentenças

Quatro desembargadores foram afastados: Fotos: Bahia Notícias e TJ-BA

O ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, instaurou vários procedimentos administrativos contra magistrados do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Os desembargadores e juízes são acusados de envolvimento em um esquema de venda de sentenças em uma disputa de terras que envolvem uma área de mais de 300 mil hectares no oeste baiano. Eles foram afastados dos cargos por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A Corregedoria Nacional de Justiça expediu, na tarde dessa terça-feira (19), ofício ao ministro do STJ a fim de que sejam compartilhados provas e documentos decorrentes do inquérito em trâmite no tribunal superior e de outros procedimentos vinculados aos fatos objeto de busca e apreensão criminal. Humberto Martins afirmou que em todos os procedimentos de competência da Corregedoria do CNJ as apurações estão sendo desenvolvidas de forma célere e em total obediência ao Regimento Interno do Conselho Nacional de Justiça e da Lei Orgânica da Magistratura (Loman), especialmente no caso da suposta venda de decisões judiciais, objeto da decisão do ministro do STJ Og Fernandes.

Bolsonaro diz que Weintraub fica, ‘por enquanto’, no MEC; o ministro é um ignorante, na educação é complicado


Declaração veio após publicações do ministro nas redes sociais

Redação
Foto: André Borges/MEC
Foto: André Borges/MEC

 

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (20), que não pretende retirar Abraham Weintraub do Ministério da Educação. Weintraub vem sendo criticado por declarações e ataques promovidos nas redes sociais. “Não, por enquanto, não (sobre troca no MEC). Todos os ministros têm liberdade de expressão, só não pode criticar o governo”, disse Bolsonaro.

No último dia 15, dia da Proclamação da República, Weintraub fez elogios à Monarquia e questionou as comemorações em homenagem à data. No texto, o ministro da Educação escreveu: “Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas…O que diabos estamos comemorando hoje?”, questionou.

Na ocasião, Weintraub também provocou o movimento feminista, convidando-o a uma reflexão: “O Império teve seus dois principais atos assinados por mulheres educadas, inteligentes e honestas! Elas nos governaram bem antes de Dilma (Rousseff)”, escreveu, em referência a Imperatriz Maria Leopoldina e a Princesa Isabel.

Mais de 40 empresários italianos conhecem oportunidades de negócios no Nordeste


​A Itália é um dos países de interesse do Nordeste para ampliação do fluxo de negócios. Os governadores da região participaram de evento com mais de 40 empresários italianos em Roma, nesta quarta-feira (20), quando apresentaram o potencial do Nordeste para investimentos em áreas como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas.

​No evento, organizado pela Confederação Geral da Indústria Italiana (Confindustria), os empresários conversaram com os governadores em busca de informações mais detalhadas sobre os negócios e também para o esclarecimento de dúvidas.

A diretora de Relações Internacionais da Confindustria, Ana Elisa Bison, destacou a importância da união dos estados. “A ideia do consórcio é muito interessante porque consegue fazer, entre outras coisas, compras conjuntas e economizar. Juntos, como um único território, os estados têm mais força para atrair mais investimentos estrangeiros”. A diretora revelou ainda que a Confindustria está planejando uma missão ao Brasil para 2020.

“Temos ao todo, no Nordeste, R$ 27 bilhões em projetos de parcerias público-privadas [PPP] que serão licitadas no ano que vem. Queremos convidar os italianos para participar dessa oportunidade e ampliar a parceria com o Brasil”, convocou o governador da Bahia, Rui Costa.

​A viagem à Europa é uma articulação do Consórcio Nordeste para atração de investimentos, inclusive com a perspectiva de abertura de PPP. Na Europa, os governadores destacam a capacidade de consumo e de desenvolvimento da região, que é a segunda mais populosa do Brasil e a terceira maior em extensão territorial.

​O consórcio busca investimentos europeus para promover melhoria da infraestrutura rodoviária, de transmissão elétrica e para conexão de internet no Nordeste. Os gestores também negociam o emprego de tecnologia de ponta na segurança pública, além do fomento a rotas de turismo e a programas de sustentabilidade.

Financiamento na área social

​Ainda nesta quarta (20), em Roma, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), parceiro do Nordeste em projetos de agricultura familiar, gestão produtiva e promoção da sustentabilidade, recebeu os governadores na sede da instituição. O Fida investe no Nordeste desde 1980, por meio de parcerias com governos estaduais e federal, concentrando esforços na população rural de baixa renda.

Centro Gemológico ganha nova sede e expande serviços de gemas e joias na Bahia


No dia da Consciência Negra, o Centro Gemológico da Bahia ganhou uma nova sede para expansão das atividades e oferta de novos cursos. Isso foi viabilizado graças à assinatura do Termo de Autorização de Uso, firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), autarquia vinculada à Secretaria de Cultura, nesta quarta-feira (20).

De acordo com o governador em exercício, João Leão, secretário da pasta, além de ganhar mais espaço, mais visibilidade devido a nova localização e possiblidade de implantação de novos cursos, o Centro Gemológico, órgão ligado à SDE, servirá de modelo para implantação de cinco escolas de gemas e joias, em municípios com elevada exploração de pedras preciosas.

“Queremos levar esse instrumento ao interior do estado e beneficiar jovens da comunidade, que poderão ter acesso a cursos e descobrir talentos, usando a matéria prima da própria cidade. A primeira escola piloto deverá ser implantada em Pindobaçu, município forte na produção de esmeraldas”, afirma Leão.

Para João Carlos de Oliveira, diretor do IPAC, o imóvel, que o Centro Gemológico vai ocupar, é um dos maiores sob a guarda do Governo do Estado dentro do Pelourinho, bem em frente à Casa do Olodum e isso vai garantir uma capacidade de visitação e maior espaço para as atividades técnicas que o centro promove. “Estamos felizes porque ele abrigará a expectativa de um equipamento modelo como nosso vice-governador colocou”, diz.

“A principal mudança é o espaço, onde estamos hoje tudo está ocupado e não podemos crescer. Com a mudança, poderemos implantar novos cursos e abrigar mais alunos. Teremos curso de fundição de metais, design de joias com rhinoceros (3D), artesanato mineral, modelagem em cera, gemologia e cravação. Além disso, poderemos ampliar o laboratório de análise de gemas”, explica Mônica Corrêa, coordenadora do CGB.

Centro Gemológico

Atualmente, o CGB, em parceria com o SENAI, promove cursos de formação e aperfeiçoamento profissional em joalheria, visando formar, qualificar, especializar e certificar profissionais para o setor joalheiro. A Bahia é reconhecida como um dos maiores produtores brasileiros de gemas e metais preciosos, com uma grande variedade de pedras coradas em seu subsolo, ocupando o segundo lugar no ranking nacional de exploração de gemas.

OAB Conquista debaterá Prerrogativas e Ética na Advocacia


Nesta sexta-feira (22), a Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Vitória da Conquista promove a I Conferência sobre Prerrogativas e Ética no Exercício da Advocacia.

Na conferência serão abordados temas relacionados às Prerrogativas, Ética e Fiscalização da atividade na visão de diversos segmentos, sendo eles: Policial, Advocacia, Procuradoria de Prerrogativas e Tribunal de Ética e Disciplina.

A ação, realizada por meio das Comissões de Defesa das Prerrogativas e de Ética e Disciplina, pretende capacitar advogados (as) e estudantes de direito sobre importância das temáticas para o exercício e fortalecimento da profissão, que impactará diretamente em benefícios para sociedade.

O evento tem início às 08h, no auditório da OAB Vitória da Conquista (Rua Rotary Club, 103 – Centro). As inscrições gratuitas e podem ser feitas no site www.oabconquista.com.br/eventos.

Evento: I Conferência sobre Prerrogativas e Ética no Exercício da Advocacia;

Data e horário: 22 de novembro de 2019 (sexta-feira), das 08h às 17h;

Local: Auditório da OAB Subseção Vitória da Conquista (Rua Rotary Club, 103 – Centro);

Inscrições gratuitas: www.oabconquista.com.br/eventos

Mais informações: (77) 3424-2158

STF decide por novo afastamento de Mário Negromonte do TCM-BA


STF decide por novo afastamento de Mário Negromonte do TCM-BA

Foto: Divulgação

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal determinou por maioria, nesta terça-feira (20), o imediato afastamento de Mário Negromonte do cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). O julgamento também indeferiu, por unanimidade, o pedido de trancamento da ação penal. 

Negromonte é acusado de, em 2011, ter aceitado R$ 25 milhões em propina do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e ter repassado o valor para campanhas eleitorais dos candidatos do Partido Progressista (PP). Na época ministro das Cidades de Dilma Rousseff, Negromonte se tornou réu no processo com base em em acordo de colaboração premiada celebrado entre a força tarefa da Lava Jato do Ministério Público e o doleiro Alberto Youssef.

Negromonte estava no cargo desde junho do último ano quando o ministro Marco Aurélio Mello suspendeu a medida cautelar que impunha o afastamento do tribunal (veja aqui). 

Autor de obra vandalizada na Câmara diz que vê violência de deputado sem surpresa; se não tivesse iluminação ela mataria alguém


“Resta saber se a Câmara dos Deputados na pessoa de Rodrigo Maia vai se dobrar a mais essa tentativa de censura”, disse o cartunista Carlos Latuff

“Quando esse policial promove essa agressão, ele está confirmando a mensagem da charge”, disse Latuff

São Paulo – “Já estou BEM acostumado a isso. Principalmente quando o assunto é violência policial. Resta saber se a Câmara dos Deputados na pessoa de Rodrigo Maia (presidente da Câmara) vai se dobrar a mais essa tentativa de censura”, declarou o cartunista Carlos Latuff, depois que o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) vandalizou, nesta terça-feira (19), uma obra de sua autoria na exposição na Câmara dos Deputados sobre o Mês da Consciência Negra.

Em vídeo, as deputadas federais Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Benedita da Silva (PT-RJ) e Talíria Petrone (Psol-RJ), além do deputado David Miranda (Psol-RJ), denunciaram o ato de Coronel Tadeu. “Isso é racismo, quebra de decoro e dano ao patrimônio público! Já prestamos queixa e vamos entrar com representação no Conselho de Ética”, afirmou David por meio de redes sociais.

O desenho de Latuff denunciava a violência policial contra a população negra. “Quando esse policial promove essa agressão, ele está confirmando a mensagem da charge. Ele está confirmando não só a violência policial como essa censura de todo tipo de denúncia contra a violência policial. Na verdade ele está passando um atestado. Está confirmando a truculência da polícia brasileira que é sim o grande agente do genocídio da população negra e pobre no Brasil”, afirmou o cartunista ao portal Fórum.

Ele disse que não ficou surpreso com a atitude truculenta do parlamentar. “Eu, que desde 96 venho produzindo charges denunciando a violência policial no Rio e no Brasil, vejo isso com zero surpresa”, declarou. E ainda considerou a atitude de tentar censurar a charge como burra, porque apenas fez com que ela se tornasse viral. “O policial é um sujeito tão forte, armado, preparado, e não suporta uma simples charge, o que leva a gente a confirmar o dito popular de que a caneta é mais forte que a espada.”

Confira o momento em que o deputado Coronel Tadeu vandaliza a obra:

Rosa Neide

@prof_rosaneide

Veja outros Tweets de Rosa Neide

TSE reverte decisão do TRE e cassa prefeito e vice eleitos em 2016


Gestores foram punidos ‘por terem se beneficiado da prática de abuso de poder político e econômico, na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação’

Foto: assessoria/TSE
Foto: assessoria/TSE

 

Por unanimidade, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassaram em, plenário, na noite desta terça-feira (19), os diplomas do prefeito de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, ‘por terem se beneficiado da prática de abuso de poder político e econômico, caracterizada na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação eleitoral’.

Os ministros determinaram o cumprimento da decisão logo após sua publicação e realização de nova eleição para os cargos vagos.

Ao dar provimento a um recurso especial, reformando o acórdão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), o Plenário do TSE julgou procedente a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) movida por Raimundo Nonato Dias Santos contra Manoel Afonso, que foi seu adversário na disputa eleitoral nas eleições de 2016.

No julgamento desta terça, o plenário do TSE acompanhou o voto do relator, ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto. Ele destacou que o prefeito anterior da cidade contratou mais de 500 servidores, sem concurso público, entre junho e agosto de 2016 – período proibido pela legislação eleitoral –, com o intuito de favorecer a candidatura de Manoel Afonso, o que resultou em grave desequilíbrio entre os candidatos na eleição daquele ano.

O TSE acolheu a tese do advogado baiano Tiago Ayres para reverter a decisão. “Fizemos apenas um exercício de paciência, pois a decisão do TRE/BA não se sustentaria no TSE, afinal, a jurisprudência da corte é mais clara do que a luz solar quanto à desnecessidade de se demonstrar participação, anuência ou ciência dos candidatos com relação aos atos abusivos do então prefeitos, bastando que sejam beneficiados. O abuso que hoje conseguimos combater foi a única coisa que garantiu a absurda eleição do atual prefeito e vice de Pilão Arcado. Hoje isso chegou ao fim. Basta”, argumentou Ayres no plenário do tribunal.