Folclore Político

Opinião

Informativo

Nota de esclarecimento da Embasa


Em relação à recente publicação deste site, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) esclarece que a Projecon não é responsável pela manutenção de redes e ramais em Vitória da Conquista e que esse serviço segue sendo realizado por outra empresa contratada.

É preciso também esclarecer que o único contrato de manutenção de redes e ramais e de serviços comerciais celebrado com a Projecon é executado nos municípios de Poções, Barra do Choça, Planalto, Condeúba e Tanhaçu e que não é correta a informação de que a Embasa não está pagando a Projecon. As faturas estão sendo pagas conforme previsão contratual. O pagamento da fatura do mês de junho, que já passou pelo processo de medição dos serviços realizados, está dentro do prazo previsto em contrato.

A Embasa ressalta que sempre respeitou os contratos com seus fornecedores e prestadoras de serviços e, diante das recomendações de distanciamento social em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, segue atendendo as demandas por canais alternativos, sempre respondendo às correspondências e aos documentos protocolados.

Assessoria de Comunicação da Embasa

Denice: ‘Haddad, que baratino foi aquele de dizer que não posso ser candidata?’


Ex-prefeito de São Paulo justificou fala em entrevista ao programa Roda Viva, sobre ser contra o ingresso de militares da ativa na vida política

Arivaldo Silva
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

“Que baratino foi aquele de dizer que não posso ser candidata?”, foi assim, em bom baianês, que a pré-candidata a Prefeitura de Salvador pelo PT, major Denice Santiago, disparou a primeira pergunta ao ex-ministro da Educação, ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), durante debate sobre educação, por meio das redes sociais, atividade promovida pelo movimento ‘Salvador Mãe de Todos’, criado e coordenado pela pré-candidata para discutir pautas relacionadas à capital baiana e colher propostas da população soteropolitana sobre diversos temas.

Haddad justificou sua fala em entrevista ao programa Roda Viva, na segunda-feira (6), sobre ser contra o ingresso de militares da ativa na vida política, dizendo que quem desempenha uma carreira pública, como um juiz, e é chamado para assumir um cargo de confiança no governo, precisa abrir mão de imediato da carreira de estado. E no caso de um candidato a algum cargo eletivo, que tenha um trabalho no estado, precisa abrir mão totalmente das suas funções, caso seja eleito.

“Temos que fazer uma distinção. Quem é candidato e militar, não sabe se vai ganhar. Tem que esperar ganhar para ir para a reserva. Um militar quer ser ministro? Pode, mas tem que ir para a reserva. Um militar pode ganhar a eleição? Pode, mas, quando ganhar, tem que sair da carreira. Não estamos falando de qualquer carreira. São situações que, de fato, são distintas. Eu espero que você ganhe a eleição para prefeita e aí você vai deixar a carreira. Você vai seguir outra carreira. Espero que você não pare no cargo de prefeita. Pode ser deputada, senadora, governadora e até presidente da República. Por que não podemos ter uma mulher negra presidente da República?”, argumentou o ex-ministro.

Educadores das redes públicas municipal e estadual, alunos, pais de alunos, especialistas da área, militantes da educação e trabalhadores do setor participaram das discussões, que inaugurou um ciclo de encontros temáticos e territoriais que serão realizados no âmbito do movimento ‘Salvador Mãe de Todos’ para discutir a cidade.

Deputado bolsonarista entrega cargo de vice-líder após xingar Alexandre de Moraes


O deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ), que xingou o ministro do STF Alexandre de Moraes, entregou o cargo de vice-líder do governo. “Não quero que minha fala seja reproduzida como sendo do Planalto”, disse, o elemento é investigado pelo STF, quase todo bandido sempre põe a culpa na Polícia

Otoni de Paula
Otoni de Paula (Foto: Maryanna Oliveira – Câmara dos Deputados)

247 – O deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ), que xingou o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes de “lixo”, entregou o cargo de vice-líder do governo nesta quarta-feira (8). “Entreguei meu cargo hoje à tarde porque não quero que minha fala seja reproduzida como sendo do Planalto. Foi minha opinião pessoal e é exclusivamente de minha responsabilidade”, disse o parlamentar. O relato foi publicado na coluna de Guilherme Amado.

O congressista afirmou que não quer saber de pedidos do ministro de Governo, Luiz Eduardo Ramos, responsável pela articulação política.

“Quem está pedindo meu cargo é o Ramos, porque eu o critiquei em rede social. Eu falei para o presidente (Jair Bolsonaro): ‘Se essa decisão partir de Vossa Excelência, me avisa que coloco meu cargo à disposição na hora. Só não quero ser tirado por alguém que não queria me dar o cargo”, afirmou.

O elemento é investigado no inquérito dos atos pró-golpe, que tramita no STF e tem Moraes como relator.

No mês passado, Otoni de Paula e outros dez parlamentares tiveram o sigilo bancário aberto por ordem de Moraes.

Homem deverá pagar a ex-esposa valor sonegado em partilha


Marido ocultou parte de seus bens durante processo de divórcio

A decisão é do desembargador Corrêa Júnior da 6ª Câmara Cível

Um homem deverá repassar a sua ex-esposa o valor de R$78 mil, correspondente ao que foi sonegado durante o período de divórcio. A decisão é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que manteve a sentença da 2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo.

Inconformado com sentença, o ex-marido entrou com recurso no TJMG, alegando que todos os débitos com a sua ex-esposa haviam sido quitados logo após a formalização do divórcio. Ele afirmou ter repassado a ela o valor de R$122.337, e disse não ter ocultado bens na ocasião da partilha. Nesses termos, pediu a nulidade da decisão de primeira instância.

Já a mulher afirma que, antes do divórcio, o ex-marido transferiu mais R$60 mil a um terceiro, com o único propósito de ocultar o dinheiro, e que também deixou de fora da partilha quantia referente a diversas “cabeças de gado”.

Em seu voto, o relator do processo, desembargador Corrêa Júnior, destacou que o ex-cônjuge não conseguiu comprovar que não havia ocultado tais valores. O magistrado citou em sua argumentação artigo do Código Civil que dispõe sobre o tema. “Ficam sujeitos à sobrepartilha os bens sonegados e quaisquer outros bens da herança de que se tiver ciência após a partilha”, diz a norma.

Assim, o desembargador relator negou provimento ao recurso e manteve a sentença de primeira instância, condenando o homem ao pagamento dos valores devidos à ex-mulher.

A desembargadora Yeda Athias e o desembargador Audebert Delage votaram em conformidade ao relator.

Movimentação e acórdão da apelação cível 1.0000.20.037879-2/001.

Governo dá liderança ao Centrão e irrita deputado bolsonarista


 

O presidente Jair Bolsonaro vai trocar alguns dos deputados que são vice-líderes do governo na Câmara. Um dos que devem sair do posto é Daniel Silveira (PSL-RJ), alvo dos inquéritos das fake news e de incitação a atos pró-ditadura.

Aliados do presidente disseram ao Congresso em Foco que a ideia é que as vice-lideranças passem por um rodízio. Daniel Silveira comentou, por meio do Twitter, a movimentação de troca de vice-líderes e criticou o ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, responsável pela articulação política do governo.

Daniel Silveira escreveu em outra mensagem na rede social que a decisão “não incomoda pelo cargo” e centrou as críticas ao ministro enquanto disse que continua apoiando Bolsonaro.

“Em tempo, deixo claro que a saída não me incomoda pelo cargo, afinal, nada tem nele senão o poder da fala para defender como líder. Quem pensar que estamos brigando pela posição, está enganado. Estamos lutando para blindar o presidente”.

A intenção é que sejam nomeados deputados do Centrão, bloco informal de centro e direita que o presidente tem se aproximado. O bloco já tem alguns representantes como Evair de Melo (PP-ES).

Um deputado do grupo ouvido pelo site disse que também há negociações para a troca do líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo (PSL-GO). As discussões sobre isso acontecem há pelo menos 30 dias, mas não foram concretizadas.

Já foi indicado o nome do deputado Ricardo Barros (PP-PR), vice-líder do governo no Congresso. Ele contava com o aval do presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), mas divergências dentro da sigla acabaram pela retirada de seu nome. O principal insatisfeito foi o líder do PP, deputado Arthur Lira (AL), que é rival de Barros dentro do partido.

Tércio Arnaud Thomaz, assessor de Bolsonaro, é banido pelo Facebook


Tércio Arnaud Thomaz, que é apontado como integrante do gabinete do ódio, é citado pelo Facebook como um dos principais agentes da estrutura de desinformação derrubada em operação anunciada nessa quarta-feira

Tércio Arnaud Thomaz e Jair Bolsonaro
Tércio Arnaud Thomaz e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Facebook)

Revista Fórum – A operação anunciada nesta quarta-feira (8) pelo Facebook, que derrubou uma rede de fake news e perfis falsos ligada ao clã Bolsonaro, cita Tércio Arnaud Thomaz como um dos principais responsáveis pela divulgação dos conteúdos de desinformação e discurso de ódio. Tércio é assessor especial do presidente Jair Bolsonaro e integra o “gabinete do ódio”, por indicação do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Especialistas da plataforma identificaram que ele é o responsável pela página Bolsonaro Opressor 2.0, com mais de 1 milhão de seguidores, e pela conta @bolsonaronewsss, no Instagram, com 492 mil seguidores e 11 mil posts.

Mais cedo nesta quarta, o Facebook anunciou a derrubada da rede ligada ao PSL e a funcionários dos gabinetes do presidente, do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e dos deputados estaduais bolsonaristas Anderson Moraes (PSL-RJ) e Alana Passos (PSL-RJ).

Vitória da Conquista: Embasa prejudica população ao dar “calote” em terceirizada há meses e serviço pode parar


A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) de Vitória da Conquista, localizada no Sudoeste Baiano há 505 km de Salvador estaria cometendo um verdadeiro “calote” em empresas terceirizadas ao não pagar os serviços de manutenção de redes e ramais de água e esgoto no escritório da unidade regional da cidade, apesar de o serviço não ter sofrido descontinuidade nem em meio ao não pagamento e também a pandemia do coronavirus.

A redação do site Candeias Noticias recebeu informações que a população de Vitória da Conquista e cidades da região começou a ficar ameaçada de paralisação do sistema de distribuição de água e tratamento de esgoto, podendo causar colapso nos próximos dias devido falta de repasse da Embasa as empresas. Em contato com uma dessas empreiteiras, recebemos a informação que a mesma tenta há quase 10 (dez) meses receber recursos de obras e serviços realizados. Mais de 28 municípios podem ser afetados caso não haja a regularização do pagamento contratual.

Se houver a possível paralisação, toda a população será diretamente afetada, o que pode piorar a gestão da crise sanitária enfrentada por tudo o mundo e que exige das autoridades públicas ações de proteção a saúde das pessoas, o que é o caso do fornecimento de água. Uma dessas empresas, a Projecon afirmou a nossa redação que os atrasos são inúmeros, mas que vem buscando dialogar com a Embasa para evitar os sérios transtornos à população, no caso de uma suspensão do serviço. Em nota, a empresa afirma que “já protocolou diversos ofícios em todos os setores responsáveis, solicitando uma reunião para solucionar a falta de pagamento dos serviços executados de forma a evitar o constrangimento junto a população que necessita” do serviço prestado.

Moradores de Vitória da Conquista e Região, além de funcionário da unidade local, em off, afirmam que essas empresas estariam sendo prejudicadas por gerentes do escritório regional, em uma prática de não respeitar os contratos com as terceirizadas. Um dos dirigentes da Embasa, reconhece que as empresas vêm tentando dialogo com Embasa, mas que haveria uma má vontade de alguns dirigentes na resolução dos problemas. “Algumas já tentaram a solução desde o mês de fevereiro, daqui da unidade eu posso dizer que os representantes nos procuram para de forma amigável receber os valores devidos pela Embasa, mas há algo estranho em alguns de nossos dirigentes de não querer resolver o problema” afirmou um fiscal da unidade.

Em 2018 a Embasa arrecadou R$ 2,9 Bilhões, tendo um lucro de R$ ‎R$ 393,2 milhões, que não justificaria o atraso. “Não conseguimos mais dialogar, e não conseguimos respostas do gerente da Unidade de Vitória da Conquista, Joselito Pires, nem do diretor regional, José Ubiratan, que se esquivam de se manifestar sobre o pagamento dos valores devidos a empresa PROJECON, apesar de apresentarmos todas as medições na forma do contrato” afirmou um dirigente da empresa.

Investimentos

De 2007 até 2019, a Embasa investiu R$ 504 milhões em Vitória da Conquista para contribuir diretamente para a melhoria nos índices apresentados ao longo de uma década. Deste volume de recursos, R$ 372 milhões foram aplicados em obras de abastecimento de água como os sistemas adutores de Catolé e Gaviãozinho e na construção da barragem do Catolé. Houve também ampliação e melhorias no sistema distribuidor, além de R$ 132 milhões aplicados em obras de esgotamento sanitário. Toda esse investimento pode estar sendo jogado fora, caso a empresa continue dando “calote” nas empresas terceirizadas, que são as responsáveis pelo trabalho nas ruas que levam abastecimento dos moradores, o que pode aumentar o numero de pessoas infectadas pelo coronaviurs, já que uma das principais medidas sanitárias é lavar mãos com água e sabão, além de manter locais limpos e desinfectados./alertabaiano

Ex-ministro Geddel Vieira Lima testa positivo para o novo coronavírus


Diagnóstico foi confirmado por um advogado da família integrante do escritório de Gamil Foppel

 

O ex-ministro Geddel Vieira Lima testou positivo para o novo coronavírus. O diagnóstico foi feito em um teste rápido no Centro de Observação Penal, no Complexo da Mata Escura, onde cumpre pena por condenação no caso do apartamento com malas de dinheiro. A família não está tendo acesso a visitas em virtude, justamente, da pandemia.

A confirmação do resultado da testagem foi feita por um dos advogados do escritório de Gamil Foppel, que faz a defesa de Geddel. “A preocupação maior é que ele tem comorbidades. Vamos rezar”, afirmou o irmão do ex-ministro e ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, que confirmou as informações ao bahia.ba.

Facebook derruba páginas do gabinete do ódio operadas pelos filhos de Bolsonaro e pela presidência


Foram 88 contas derrubadas pelo Facebook que estão diretamente ligadas aos gabinetes de Jair, Flávio e Eduardo Bolsonaro e outros aliados

Facebook tirou do ar nesta quarta-feira (8) 88 contas e páginas com operações ligadas a funcionários de Jair, Flávio e Eduardo Bolsonaro, o chamado gabinete do ódio, segundo informações do jornal O Globo. As contas também têm relações com funcionários dos deputados estaduais Alana Passos e Anderson Moraes (PSL-RJ).

De acordo com o Facebook, as contas derrubadas agiam desde as eleições de 2018 para enganar sistematicamente o público, sem informar a verdadeira identidade dos administradores. Também foram removidas 38 contas do Instagram envolvidas com irregularidades.

Na somatória, o esquema alcançava uma audiência de 2 milhões de pessoas, segundo a empresa Digital Forensic Research Lab (DRFLab), especializada no combate à desinformação.

O DRFLab apontou que o assessor especial da presidência da República, Tércio Arnaud Thomaz, é um dos responsáveis de pela administração de algumas páginas, como a “Bolsonaro Opressor 2.0” no Facebook e a @bolsonaronewsss no Instagram.

“Muitas páginas do conjunto foram dedicadas à publicação de memes e conteúdo pró-Bolsonaro enquanto atacavam rivais políticos. Uma dessas páginas foi a página do Instagram @bolsonaronewsss. A página é anônima, mas as informações de registro encontradas no código fonte confirmam que pertence ao Tercio Arnaud. O conteúdo era enganoso em muitos casos, empregando uma mistura de meias-verdades para chegar a conclusões falsas”, diz o relatório do DRFLab

Paulo Eduardo Lopes, o Paulo Chuchu, assessor de Eduardo Bolsonaro, é visto pelo DRFLab como “um dos principais operadores de rede”.

Os pesquisadores não encontraram dados suficientemente conclusivos sobre indícios de participação de assessores de Flávio Bolsonaro no esquema.

Em reunião com Pazzuello, Bahia assegura mais de R$ 43 milhões em recursos federais para o coronavírus


O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, conseguiu nesta quarta-feira (8), em Brasília, que o Ministério da Saúde ampliasse em R$ 43 milhões, o custeio de serviços já em funcionamento no estado, como as UTIs Covid de hospitais na capital e no interior. Na reunião com o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello e os principais secretários do ministério, também ficou assegurado o envio de novos ventiladores pulmonares e até 500 mil kits de amplificação do RT-PCR, o que corresponde a mais de 70% do custo do exame molecular para Covid19.

enviarão medicamentos anestésicos para pacientes entubados, que estão escassos em todo o Brasil”, afirma Vilas-Boas.

WhatsApp Audio 2020-07-08 at 17.44.41

Os leitos de Terapia Intensiva que serão habilitados pelo Ministério da Saúde estão localizados nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Jequié e Ilhéus. São unidades de referência para o tratamento de pacientes graves com o diagnóstico de coronavírus: Hospital de Campanha Arena Fonte Nova, Hospital Espanhol, Instituto Couto Maia, Hospital Geral Ernesto Simões Filho, Prohope, Hospital Estadual da Criança, Hospital Costa do Cacau e Hospital Geral Prado Valadares.

Também foram realizadas reuniões com os secretários Luiz Duarte (Atenção Especializada à Saúde) e Arnaldo Medeiros (Vigilância em Saúde) ambos do Ministério da Saúde. Os deputados federais Jonga Bacelar e Paulo Magalhães acompanharam as agendas em Brasília.

22 pessoas faleceram por Covid-19; 150 seguem em recuperação em Vitória da Conquista


Uma senhora de 73 anos, moradora do bairro Ibirapuera, faleceu na última segunda-feira (6) vítima da Covid-19. A paciente, que possuía doença vascular crônica, foi internada no Hospital São Vicente no dia 3 de julho, onde foi feita a coleta para exame laboratorial RT-PCR. O resultado saiu hoje (7) e foi positivo.

Nesta terça, mais 104 pessoas se recuperaram, totalizando 814 recuperados. Também foram confirmados 52 novos casos de pessoas infectadas pelo Novo Coronavírus, aumentando para 986 casos confirmados desde o dia 27 de fevereiro, início das notificações em Conquista. Dos 150 pacientes que estão em recuperação, 12 estão internados e 138 em tratamento domiciliar.

Os casos descartados chegaram a 5.131 (1.605 por exame RT-PCR e 3.526 por Teste Rapido). Outros 3.881 casos de pacientes notificados com Síndrome Gripal/suspeita de Covid-19 aguardam classificação final no e-Sus Notifica, sendo que 3.785 estão aguardando coleta para exame laboratorial ou possuem critérios* para realização do Teste Rápido e 96 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Dos casos sob investigação, 681 estão apresentando sintomas leves de Síndrome Gripal e seguem em tratamento domiciliar e 21 pacientes estão internados aguardando investigação laboratorial. Outros 3.178 já se recuperaram da Síndrome Gripal e um foi a óbito – a Secretaria de Saúde segue aguardando o resultado da análise laboratorial.

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 86 leitos apenas para tratamento da Covid-19, sendo 46 enfermarias e 40 leitos de UTI. Nesta terça (7), estão internados 46 pacientes, sendo eles de Vitória da Conquista e outros 17 municípios: Livramento de  Nossa Senhora, Jaguaquara, Iguaí, Itapetinga, Ilhéus, Planalto, Itapebí, Barra do Choça, Guanambi, Jequié, Ibicuí, Anagé, Cordeiros, Jânio Quadros, Malhada de Pedras, Eunápolis e Valença.

É com profundo pesar que o Governo Municipal lamenta o falecimento da paciente e se solidariza com toda a família neste momento de dor. Também reforça sobre a necessidade de que a população adote as medidas rígidas de segurança para evitar a contaminação. Caso precise sair de casa, a máscara é um item obrigatório.

Clique para acessar o Boletim epidemiológico completo.

*Critérios estabelecidos pela Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020 (atualizada em 04 de junho de 2020), da Secretaria de Saúde do Estado.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem sintomas suspeitos.

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911

Nova fábrica de água mineral investe R$ 6 milhões em Sátiro Dias


O município baiano de Sátiro Dias recebeu R$ 6 milhões em investimentos privados e 63 novos postos de trabalho diretos, com a implantação de uma unidade industrial da Naturall Águas do Brasil, empresa que vai produzir águas mineralizada e mineral de 20 litros, água saborizada, refrigerantes, sucos e néctares de frutas, com a marca NaturallD+. A unidade tem a capacidade de produção de 168,8 milhões de litros por ano e a assinatura do protocolo de intenções com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), ocorreu na terça-feira (07).

“Estamos promovendo a descentralização da industrialização em nosso estado, interiorizando os investimentos. Isto para que as cidades do interior tenham as mesmas oportunidades de emprego e renda que as regiões metropolitanas. Por isso, essa fábrica é uma grande conquista para o município de Sátiro Dias”, destaca o vice-governador João Leão, titular da SDE.

De acordo com Florinda Calazans, diretora Administrativa Financeira da Naturall Águas, a fábrica já está 100% implantada e só aguarda a adesão e concessão do programa Desenvolve, para iniciar as atividades. Etapa que avançou com o protocolo assinado. Calazans acredita que até o final de 2020 os produtos começarão a ser comercializados.

“Somos extremamente abençoados por Deus por estarmos localizados em uma aréa extremamente fértil. A Água NaturallD+ é a única água na Bahia com o PH 7,2, o 5º PH do Brasil em águas. Nossa intenção para um futuro próximo é que a nossa fábrica seja ampliada para outros mercados fora da Bahia, impulsionando a ampliação e instalação das demais linhas, que fomentarão a atividade fabril, como a implantação da linhas de descartáveis e produtos adicionados”, destaca a empresária.

Ascom/SDE