Governador lamenta morte do professor Adeum Sauer


O governador Rui Costa lamentou neste domingo (19), por meio das redes sociais, a morte de Adeum Hilário Sauer. Professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adeum Sauer foi secretário da Educação do Estado entre os anos de 2007 e 2009.

Na publicação, Rui destacou que “sua trajetória foi marcada pelo empenho em transformar a vida de baianos e baianas pela educação. Que Deus conforte seus familiares e amigos neste momento de dor”.

Foto: Jorge Cordeiro/GOVBA

“Gabinete paralelo” levava dados da Prevent Senior para o governo federal


'Gabinete paralelo' levava dados da Prevent Senior para o governo federal

Foto: Reprodução/Metrópoles

O protocolo usado pela operadora de saúde Prevent Senior para administrar medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19 em pacientes teve acompanhamento do governo federal. É o que mostra vídeo obtido pelo Metrópoles.

A gravação também revela que o “kit Covid” distribuído pela empresa foi desenvolvido com a ajuda de pelo menos um membro do “gabinete paralelo”, que aconselhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na condução da pandemia. Na última quinta-feira (17), foi revelado um dossiê enviado à CPI da Covid-19 que acusa a rede de hospitais de ocultar o número de mortes em um estudo com hidroxicloroquina.

As imagens do vídeo mostram uma conversa entre o virologista Paolo Zanotto e Pedro Batista Jr, diretor-executivo da Prevent Senior. Zanotto é o cientista da USP que aparece em uma reunião, também revelada pelo Metrópoles, sugerindo a criação de um “Shadow Board” (gabinete das sombras) ao presidente Jair Bolsonaro e fazendo série de restrições a vacinas.

Na conversa, que aconteceu em maio de 2020, o virologista cita dois colegas também apontados como integrantes do gabinete paralelo: Nise Yamaguchi e Luciano Azevedo. Os três são investigados pela CPI da Pandemia e foram citados por Arthur Weintraub, então assessor especial da Presidência, como os médicos de referência do presidente Jair Bolsonaro sobre a Covid-19.

Na conversa, que aconteceu em maio de 2020, o virologista cita dois colegas também apontados como integrantes do gabinete paralelo: Nise Yamaguchi e Luciano Azevedo. Os três são investigados pela CPI da Pandemia e foram citados por Arthur Weintraub, então assessor especial da Presidência, como os médicos de referência do presidente Jair Bolsonaro sobre a Covid-19.

“Eles estão em Brasília neste momento e estão conversando com o alto escalão do governo brasileiro. Eles estão acompanhando isso, o Pedro sabe, muito mais perto do que vocês imaginam”, diz Zanotto, dirigindo-se ao diretor da operadora de planos de saúde.

O virologista também afirma que um dos integrantes do grupo agiu como uma espécie de intermediador entre o Palácio do Planalto e a empresa. “A gente fez um arrazoado de dados do Pedro, Luciano visitou o Pedro, olhou tudo aquilo, trouxe para esse grupo informações impressionantes. Existe um entendimento muito interessante entre a Prevent Senior e o governo federal brasileiro.”

A informação é confirmada pelo dirigente da operadora. “A gente compartilha o tempo inteiro o trabalho que está sendo feito. Eles vieram aqui e coletaram nossas informações. O doutor Luciano, a doutora Nise e o doutor Zanotto”, conta Batista Jr.

Brasil tem 30 milhões de pessoas recebendo até um salário mínimo; número é recorde


Entre o total de ocupados no país, o grupo dos trabalhadores que recebem até um salário mínimo representa 34,4%

Foto: iStock

Foto: iStock

O Brasil tem 30,2 milhões de pessoas sobrevivendo com um salário mínimo de R$ 1,1 mil. A quantidade de brasileiros com a renda mensal atingiu um patamar recorde, segundo estudo elaborado pela consultoria IDados, com base nos indicadores da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) do segundo trimestre.

Entre o total de ocupados no País, o grupo dos trabalhadores que recebem até um salário mínimo representa 34,4%. O patamar também é o mais alto já apurado desde o início da série histórica, em 2012.

Outro recorte do levantamento permite aferir que dos 30,2 milhões de trabalhadores que ganham até um salário mínimo, quase 20 milhões são negros. 43,1% dos negros ocupados recebem até R$ 1,1 mil. No quarto trimestre de 2015, no melhor momento da série histórica, 34,4% ganhavam até o salário mínimo.

O que a pesquisa mostra é que quando os brasileiros conseguem algum tipo de trabalho, na informalidade ou como conta própria, são mal remunerados. O cenário é ainda mais dramático para as famílias no contexto da inflação e da alta de alimentos, , energia elétrica e combustível: no acumulado de 12 meses, a inflação já está próxima de 10%.

“As pessoas estão encontrando um mercado de trabalho diferente do que existia antes da pandemia. É um mercado em que muitas empresas faliram, quebraram. Grande parte das opções de emprego não existe mais. Muita gente entra no mercado como conta própria ou informalmente, e essas pessoas tendem a ter um rendimento mais baixo do que aquelas que trabalham com carteira”, explicou o pesquisador do IDados e autor do levantamento, Bruno Ottoni.

Reprodução G1
Reprodução G1

 

ACM Neto tenta impedir candidatura de Roma ao governo da Bahia, diz jornal


Segundo o jornal, Neto se sente ameaçado devido ao destaque que Roma vem tendo a frente do Ministério da Cidadania
Foto: Valter Pontes/Secom PMS/Arquivo
Foto: Valter Pontes/Secom PMS/Arquivo

 

O ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, está atuando para impedir a possível candidatura do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), ao Governo da Bahia na eleição de 2022, conforme informação publicada pelo jornal Tribuna da Bahia.

Segundo o jornal, Neto está incomodado com o destaque que Roma vem tendo a frente da pasta e os elogios que o ministro tem ganhado em Brasília. Além disso, João Roma tem sido visto como um dos principais aliados do Presidente Jair Bolsonaro.

Com seu projeto pessoal, o democrata conclui que eventual candidatura de João Roma lhe causará dificuldades para chegar ao Palácio de Ondina. O ex-prefeito de Salvador, rompeu com Roma desde que este aceitou o convite de Bolsonaro para assumir o Ministério da Cidadania.

A frente do Ministério da Cidadania, Roma se tornou para a Bahia o homem que olha para povo e trabalha diretamente com os municípios para atender as famílias, principalmente as mais carentes. Se confirmada a candidatura, João Roma chega forte em 2022 para ser um dos nomes que certamente chegará no segundo turno.

Mensagem de solidariedade às vítimas do machismo


São tantas violências, tantas mortes, que até parece que é normal, mas não é. A vida é um bem maior e precisa ser defendida. São muitas vidas perdidas por diversas causas incrustradas na estrutura da nossa sociedade: racismo, preconceito de classe, discriminação, misoginia, LGBTfobia, valorização da propriedade. Mas é preciso chamar a atenção para a violência contra a mulher – a violência de gênero, pois o crime de feminicídio é a expressão extrema, final e fatal das diversas violências que atingem as mulheres numa sociedade marcada pela desigualdade de poder entre gêneros masculino e feminino e por construções históricas, culturais, econômicas, políticas e sociais discriminatórias.

Mulheres cujas vidas foram interrompidas e que deixaram luto, dor e saudade, como Sashira Camilly, encontrada morta no dia 16 de setembro de 2021, assassinada pelo ex-namorado e cúmplices, ou da tentativa de assassinato de uma mulher pelo seu parceiro, na Rua Líbano, Jardim Guanabara, nessa mesma data. Ou Ana Luiza Souto Dompsin, conquistense morta pelo namorado na cidade de Divisa Alegre-MG, ou de tantas outras violentadas e mortas todos os anos, aqui na Bahia, no Brasil. Essas mulheres foram assassinadas por parceiros, ex-cônjuges, agentes de Estado e por toda a sociedade fundada sobre bases discriminatórias e desigualdades sociais que constroem o desvalor da vida das mulheres.

Alexandre de Moraes nega acordo para salvar bolsonaristas: “aguardem os inquéritos”


Especulação sobre novo “grande acordo nacional” foi feita após a carta de Jair Bolsonaro negociada com Michel Temer

Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes
Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes (Foto: Adriano Machado/Reuters | Rosinei Coutinho/SCO/STF)

 “O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, quando questionado sobre o suposto acordo com Jair Bolsonaro após o 7 de Setembro, tem pedido a interlocutores que aguardem o desenrolar das apurações de sua relatoria que miram o presidente e seus apoiadores”, informa a coluna Painel.

Moraes conduz o inquérito no STF sobre o esquema de fake news e ataque às instituições que seria comandado pelo clã Bolsonaro.

Glauber Rocha e Nildma Ribeiro são os novos presidente e vice do PCdoB conquistense


O advogado Glauber Rocha e a ex-vereadora Nildma Ribeiro foram eleitos os novos presidente e vice-presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Vitória da Conquista. A escolha se deu na Conferência Municipal da sigla, ocorrida neste sábado, 18. A conferência faz parte do processo de construção do 15º Congresso Nacional do PCdoB, que acontecerá em outubro deste ano.

A evento, que ocorreu de forma híbrida, presencial e on-line, reuniu militantes e filiados. Participaram de forma on-line o presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães, e os deputados federais pelo PCdoB, Alice Portugal e Daniel Almeida. O partido ainda fez homenagens póstumas aos comunistas Moisés Andrade e Haroldo Lima, vítimas da Covid-19. Estiveram presentes o advogado e representante do PT, Rudival Maturano, e o dirigente estadual do PSB, José Carlos.

O deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB), que presidiu o partido nos dois últimos anos, parabenizou a nova direção e afirmou que tem plena confiança que o partido continuará numa trajetória de contribuição para o desenvolvimento de Conquista.

Glauber, que iniciou a militância no partido no movimento estudantil secundarista, é advogado formado pela FTC e ocupava o cargo de secretário de organização do PCdoB. Em sua fala, o novo presidente agradeceu a confiança depositada, especialmente pelo Deputado Fabrício, e destacou desafios para a sigla como isolar e derrotar Jair Bolsonaro e consolidar o PCdoB em Conquista como força política e vetor de desenvolvimento.

Já Nildma é ex-vereadora da Câmara de Vereadores, legislatura 2017 – 2020, assistente social e dirigente da Fetag-Ba. Para ela, o desafio da nova gestão é ampliar a pluralidade do partido, reunindo forças populares de diversos segmentos da sociedade. Ela ainda ressaltou que o PCdoB deve intensificar as ações de combate à violência contra a mulher.

A nova direção reúne também o deputado Fabrício, os vereadores Andreson Ribeiro, Luciano Gomes e Ricardo Babão, lideranças comunitárias.

Aumento no salário dos professores? Entenda tudo sobre precatórios do Fundeb e Fundef


Recentemente, a Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou proposta que destina os precatórios do antigo Fundef e do Fundeb para salário dos professores. Os precatórios serão distribuídos conforme as regras de rateio dos dois fundos. A informação foi levantada pela Agência Câmara Notícias.

Aumento no salário dos professores? Entenda tudo sobre precatórios do Fundeb e Fundef
Aumento no salário dos professores? Entenda tudo sobre precatórios do Fundeb e Fundef (Imagem: National Cancer Institute/Unsplash)

Esses precatórios possuem origem em ações movidas pelos estados e municípios contra a União, devido a discordâncias nos repasses dos fundos educacionais.

Com a aprovação dessa medida, os recursos provenientes de decisões judiciais pagarão a remuneração de profissionais da educação básica e despesas com manutenção e desenvolvimento — como a compra de material didático-escolar e conservação das instalações das escolhas.

O Fundev destinava 60% dos seus recursos para pagamento de salários de profissionais. No caso do Fundeb, em sua fase provisória, manteve essa regra até o ano passado. Em seguida, entrou em vigor a regulamentação permanente do fundo. Com isso, houve ampliação do percentual para 70%.

Esse projeto tramita em caráter conclusivo. Ele será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Regras da medida que destina precatórios para salário dos professores

O projeto de lei 10880/18, acolhido na comissão, é de autoria do ex-deputado JHC (AL). O relator, deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), apresentou um substitutivo reunido o projeto aos cinco apensados.

Segundo ele, a nova redação possui os ajustes necessários para preservar o núcleo das propostas. Dessa forma, será possível harmonizar com a nova lei regulamentadora do Fundeb permanente. O deputado destaca que os professores esperam esses precatórios há 15 anos.

O substitutivo estabelece que os recursos direcionados para o pagamento de salário vão beneficiar:

Bahia tem 1,57 milhão de títulos eleitorais cancelados


Número, divulgado pelo TRE/BA, se refere aos cidadãos que se ausentaram nas últimas três votações

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Um total de 1.576.023 títulos eleitorais foi cancelado na Bahia devido a ausência nas últimas três votações. Em Salvador, 258.265 eleitores estão com pendência, conforme o TRE/BA. Em pleitos com dois turnos são consideradas duas faltas caso o cidadão não compareça em nenhuma das duas rodadas

O tribunal destaca que o prazo para regularizar a situação e reativar o documento vence em 4 de maio de 2022. Quem continuar com pendências após esta data poderá procurar o TRE, mas não estará habilitado a votar na sucessão federal e estadual no próximo ano.

Por conta da pandemia de Covid-19, o atendimento no TRE-BA está sendo realizado, preferencialmente, de forma online. Os  eleitores com títulos cancelados podem se regularizar pelo Título Net. Ele deve gerar uma Guia de Recolhimento (GRU) no site do TRE-BA ou do Tribunal Superior Eleitoral e pagar o valor devido no Banco do Brasil ou pelo PagTesouro, na internet, sem precisar ir ao banco.

A validação do pagamento da multa é feita de maneira automática pelo banco de dados do Eleitoral baiano, mas é preciso ter atenção: só a quitação do débito não configura a regularização do título. O eleitor deve preencher os dados no Título Net e encaminhar a documentação exigida.

Em Camacã, Rui inaugura quadra poliesportiva e anuncia mais de R$ 14 milhões em investimentos


O governador Rui Costa esteve, nesta quinta-feira (16), em Camacã, na região sul da Bahia, onde inaugurou uma quadra poliesportiva, na Avenida Pioneiros. Durante o evento, Rui anunciou mais de R$ 14 milhões em novos investimentos para o município, como a requalificação das rodovias BA-671, entre Jussari e o distrito de Palmira, em Itaju do Colônia; e da BA-662, entre o distrito de Palmira e Camacã, que contará com um recurso de R$ 4,3 milhões.

Também fazem parte deste pacote de investimentos um convênio de regularização fundiária; a autorização do processo licitatório para a reforma de um ginásio de esportes, na sede do município; e a assinatura de ordem de serviço para obras de reforma e ampliação das instalações do Colégio Estadual Polivalente.

Na oportunidade, Rui visitou o Colégio Polivalente, que irá passar por uma modernização de estrutura e ganhará um auditório com capacidade para 95 lugares, duas quadras poliesportivas cobertas e um campo society com grama sintética, assim como vestiários masculino e feminino com acessibilidade. Serão investidos mais de R$ 3,5 milhões na obra.

De acordo com Rui Costa, o Governo do Estado é equipar cada vez mais as escolas estaduais, para que os estudantes tenham a possibilidade de realizar esportes e atividades culturais. “No próximo ano, teremos um número muito maior de escolas em tempo integral, modernizadas e equipadas, onde o aluno chega, toma café da manhã, almoça, estuda e, no contra turno, possa fazer atividades esportivas e culturais ou um curso técnico”, destacou o governador.

Para a professora Ana Lúcia Pereira, a modernização vai ajudar a estreitar ainda mais os laços dos alunos com o colégio. “É muito importante para o aluno se sentir em casa dentro da escola. Com todas essas novas opções de lazer, os jovens vão ter uma relação ainda mais próxima com a educação, e isso é maravilhoso. Além disso, a reforma da estrutura será muito bem-vinda para todos nós”.

Outras ações

A ação ‘Parceria Mais Forte, Juntos para Alimentar a Bahia’ é uma estratégia da Secretaria de Desenvolvimento Rural Estado (SDR), que tem como objetivo a produção de 1,31 milhão de toneladas de alimentos em 130 mil Unidades de Produção Familiar (UPF). O convênio assinado em Camacã tem o valor de R$ 5 milhões e irá beneficiar mais de mil famílias nos municípios de Arataca, Canavieiras, Itaju do Colônia, Itapebi, Jussari, Mascote Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória e Una.