Folclore Político

Opinião

Informativo

Câmara se reúne com diretoria da Santa Casa para viabilizar emendas junto aos deputados


Imagem Câmara se reúne com diretoria da Santa Casa para viabilizar emendas junto aos deputados

Na manhã desta sexta-feira, 18, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista se reuniu com diretores da Santa Santa de Misericórdia, para discutir a viabilização de recursos, por meio de emendas, junto aos deputados representados pelos vereadores no município. A reunião foi coordenada pelo presidente da Casa, Luciano Gomes (PL), com apoio dos líderes das duas bancadas, Luis Carlos Dudé (PTB) e Viviane Sampaio (PT), e a presença de quase todos os vereadores da Casa. Representando a Santa Casa estavam o provedor Abimael Brito, o administrador Paulo Gadas e Superintendente Médico Ricardo Alexandre Ferreira.

Segundo o provedor Abimael Brito, a Santa Casa tem o compromisso de atender a população, principalmente a mais carente, mas tem sido cada vez mais difícil manter esse trabalho, devido ao ‘arrocho’ sofrido pela instituição. “Agora, depois de mais de 10 anos com uma tabela defasada, a prefeitura decidiu reduzir R$ 500 mil no valor do contrato, sob alegação de que não pode mais pagar os R$ 2 milhões, e o que nós vamos fazer para adequar se o SUS é o nosso principal parceiro?”, questionou, explicando que a Santa Casa vai completar 105 anos de existência, sendo uma instituição que além de prestar serviços de saúde, fomenta a economia e a renda local, sendo uma das maiores empregadoras de Conquista, com cerca de 900 funcionários, além de 286 médicos.

Ainda conforme Brito, a Santa Casa recebe, por ano, o total de 12 parcelas do SUS, porém tem 14 pagamentos de salários, incluindo 13º salário e férias dos funcionários, ficando com um déficit de recursos enorme. “Temos que levar em conta que tudo sobe, mas os valores que recebemos estão congelados há anos, não somos maus gestores, trabalhamos com o mínimo, daí a necessidade das emendas de custeio para nos dar um fôlego e para que possamos garantir o atendimento à população”, esclareceu.

Após as explicações de Abimael Brito, os vereadores se comprometeram a manter contato com os deputados para viabilizar as emendas, pois o prazo encerra no final deste mês.

O presidente Luciano Gomes garantiu manter contato com os vereadores que estavam ausentes e também marcar uma reunião dos vereadores e diretores da Santa Casa com o prefeito Herzem Gusmão para rever a questão da redução no valor do contrato. “Não podemos permitir que a população seja prejudicada com a falta de atendimento médico pelo Sistema Único de Saúde, a Santa Casa é um patrimônio de Vitória da Conquista e vamos lutar por ela”, concluiu.

Cori critica ações do governo municipal com relação ao transporte público


Imagem Cori critica ações do governo municipal com relação ao transporte público

O vereador Coriolano Moraes (PT) usou a tribuna da Câmara Municipal na sessão desta sexta-feira, 18, para falar do transporte público de Vitória da Conquista. Relatou que os agentes de trânsito estão sofrendo com a prevaricação do governo municipal. “Eles não cumprem as leis e os agentes que estão à frente para cumprir a lei é que recebem as críticas”.

Professor Cori afirmou que o transporte individual privado não pode ser autorizado por aplicativo. “O que podem fazer é cadastrar clientes. As empresas de aplicativo em Vitória da Conquista fazem o quer e o governo municipal não cumpre a legislação, os agentes apenas cumprem a determinação dos gestores”, lamentou.

Cori disse que a Lei de Mobilidade diz que o transporte individual de passageiros não é aberto ao publico, e que os veículos que realizam viagens individualizadas ou compartilhadas solicitadas pelo usuário só podem ser regulamentados pela prefeitura conforme determina a lei. “A mesma câmera que multa o cidadão deveria ser utilizada para multar, também, as vans e carros de aplicativos irregulares”, falou.

Por fim, o parlamentar disse que na próxima semana estará apresentando uma denúncia contra a prefeitura. “Persegue a Cidade Verde que cumpre tudo que está na lei e se esquiva pelas vans. Vou entrar com processo contra o governo que está prevaricando o transporte e matando as empresas regulares”.

‘Eu não estou mais com Bolsonaro’, assume Alberto Pimentel em rede social, só IVAN é fiel


Secretário municipal é marido da presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel

Breno Cunha
Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram

 

Marido de Dayane Pimentel, presidente do PSL na Bahia, e secretário de Trabalho, Esporte e Lazer de Salvador, Alberto Pimentel confirmou o rompimento com o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Em um post nas redes sociais, ele publicou um vídeo de Gustavo Bebianno e falou sobre “a verdade” do que aconteceu nesta semana, quando Dayane decidiu não atender a um pedido de Bolsonaro e ficou ao lado de Luciano Bivar, presidente nacional do partido.

“Aí está um pequeno resumo sobre o que realmente está acontecendo. A bancada do PSL estava realmente muito revoltada depois de 10 meses de conspiração do seu próprio governo contra eles e contra a inteligência dos brasileiros. Vale lembrar que essa bancada foi leal ao governo em tudo durante todo esse período, mesmo sendo atacados pelo seu próprio governo durante todo esse tempo. Tem muita coisa acontecendo que a população não sabe e, na reunião do PSL que foi gravada, fica claro que ninguém ali é traíra”, escreveu.

Depois, Alberto respondeu ao internauta em um comentário, confirmando o rompimento com Bolsonaro: “Amigo, você está com Bolsonaro, eu não estou mais. Respeite a opinião alheia”.

Em outra resposta a um seguidor, o titular da Semtel defendeu a mulher das acusações de que teria traído o presidente da República.

“Dayane é ela mesma, não é de ninguém. Agora se você espera uma deputada que diga amém a tudo, inclusive as coisas erradas pode esquecer”, escreveu, sem justificar, no entanto, o que seriam as “coisas erradas”.

Sefaz notifica 208 mil veículos por atraso no pagamento do IPV


Contribuinte pode regularizar a situação por meio do site do órgão, obtendo desconto de até 70% sobre o valor da multa caso

Foto: Sefaz-BA
Foto: Sefaz-BA

 

Quem ainda não efetuou o pagamento do IPVA, de acordo com o prazo estabelecido no calendário da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), está sujeito a receber notificação e multa por conta do atraso para quitar o tributo.

No entanto, o contribuinte pode regularizar a situação por meio do site do órgão, obtendo desconto de até 70% sobre o valor da multa caso o pagamento seja efetuado antes do ajuizamento da execução fiscal.

Em 2019, a Sefaz-Ba já notificou 208 mil veículos pela falta de pagamento do IPVA referente a placas de finais 1,2,3,4,5,6, 7 e 8, cujos prazos já venceram. Para consultar se foi notificado, basta que o contribuinte acesse o site, na opção “Inspetoria Eletrônica” => “IPVA” => “Relação de Notificados” e informe o número do Renavam.

Glenn: diálogos revelam pela primeira vez que Moro mandava no planejamento das operações; Moro deferiu uma busca que ninguém pediu


Sobre as novas relevações da Vaja Jato, divulgadas neste sábado (19) pelo The Intercept Brasil, o jornalista Glenn Greenwald é categórico: “esses diálogos revelam pela primeira vez que Moro mandava no planejamento das operações”

(Foto: Reuters)

O jornalista Glenn Greenwald escreveu neste sábado (19) que, pela primeira vez, os diálogos revelados pela Vaza Jato mostram que o então juiz Sergio Moro “mandava no planejamento das operações, tendo inclusive direcionado quais materiais deveriam ser apreendidos — uma violação do sistema acusatório”.

E cita a busca e apreensão e condução coercitiva do ex-presidente Lula, em março de 2016.

Para Glenn, “a conduta imprópria de Moro foi tão severa que os delegados da PF ficaram chocados, riram, e concordaram em ficar ‘quietos’ sobre Moro”, e até em “ajeitar” as coisas para Moro.

Isso inclui ordenar buscas da Polícia Federal contra acusados que Sergio Moro deveria julgar com objetividade, denuncia o jornalista.

Líder do PSL volta a atacar Bolsonaro: ‘eu não menti. Ele me traiu. Então, é vagabundo’


Após recuar nas críticas, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir voltou a atacar Jair Bolsonaro. “Eu não menti. Ele me traiu. Se precisar, eu repito dez vezes. (…) Ele nunca me recebeu e agora me traiu ao pedir ao Bivar, por proposta do Major Vitor Hugo e do governador de Goiás Ronaldo Caiado, o diretório do Estado. Então, é vagabundo”, atacou o Delegado Waldir

 Um dia após recuar nas críticas, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, voltou a atacar Jair Bolsonaro nesta sexta-feira, 18.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Waldir disse que Bolsonaro está “comprando” deputados com “cargos e fundo partidário” para alçar o filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ao posto de líder da bancada e voltou a chamar Jair de “vagabundo”.

“Eu não menti. Ele me traiu. Se precisar, eu repito dez vezes. Eu fui um dos quatro votos para ele (na disputa pela presidência da Câmara, em 2016), contrariando meu partido na época, o PR. Votei no Bolsonaro. Recusei R$ 2,5 milhões de emendas parlamentares na época e vim para o PSL. Andei 246 municípios no sol. Fui chamado de louco ao defender Bolsonaro. Ele nunca me recebeu e agora me traiu ao pedir ao Bivar, por proposta do Major Vitor Hugo e do governador de Goiás Ronaldo Caiado, o diretório do Estado. Então, é vagabundo”, atacou o Delegado Waldir.

Sobre se a bacanda do PSL ainda votar[a com o governo, Waldir disse que não haverá consenso em todas as pautas com o governo. “Qualquer conduta do presidente de tentar inibir os órgãos de combate à corrupção não terá nosso apoio, como já foi feito com o (Conselho de Controle de Atividades Financeira) Coaf, com enfraquecimento da Polícia Federal, do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a ação do governo em relação à CPMI das Fake News”, afirmou.

Em relação à atuação do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que gravou a conversa em que Waldir diz que “implodir” Bolsonaro, ele prometeu que irá pedir a cassação do colega de partido.

“Ele não atacou ao partido, atacou ao Parlamento, ao gravar vários deputados. Isso é Conselho de Ética e apuração criminal. Vamos pedir, assim como foi feito com Eduardo Cunha (ex-presidente da Câmara, atualmente preso), que é a cassação. O PSL vai fazer esse pedido”, afirmou.

Agentes de Trânsito laçam carta á sociedade conquistense


Tendo em vista constantes ataques, enxovalhamentos à honra e insultos dirigidos à categoria de Agentes de Trânsito desse Município, até então não respondidos, seja pelos próprios servidores, seja pela representação sindical, entendemos que seria pertinente nos reportar à mesa diretora desta casa, em especial pelo fato de muitos dos ataques terem aqui se originado, requerendo o direito de ofertar, na exata condição de servidores, alguns esclarecimentos que julgamos necessários:
1- A categoria de Agentes de Trânsito do Município de Vitória da Conquista, hoje, perfazendo 84 (oitenta e quatro) servidores distribuídos no serviço administrativo bem como no operacional, é toda ela composta por servidores do quadro efetivo, submetidos a concurso público, daí, ser cogente concluir-se que não há nenhum jagunço operando no trânsito deste Município, como aparentemente se quis propagandear outrora nessa tribuna;
2- O efetivo em questão atua, pelas previsões do Departamento Nacional de Trânsito- Denatran, com menos da metade recomenda de agentes, visto que a sugestão daquele órgão seria de que os municípios mantivessem um número médio de um agente para cada mil veículos, e a frota no Município de Vitória da
Conquista, atualmente gira em torno de 132.000 (cento e trinta e dois mil) veículos, o que nos faz concluir que há um déficit gigantesco de cobertura de
serviço, mesmo que, vale registrar, temos um efetivo extremamente laborioso e competente;
3- Como agentes públicos, categoria genérica em que se encontram também todos os demais servidores, cargos comissionados, prefeitos, vereadores, dentre outros, estão submetidos aos Princípios que regem a Administração Pública, como o da Legalidade (informação de domínio de qualquer estudante de direito, quiçá de advogados e legisladores). Em razão disso, na condição de fiscalizadores do trânsito, os Agente têm o dever cumprir e fazer cumprir as regras contidas no Código de Trânsito Brasileiro-CTB e demais legislações pertinentes;
4- Na condição de servidores públicos do Município de Vitória da Conquista, estão sujeitos ao Regimento Jurídico Único (Lei Complementar nº 1.786/2011), que
conforma no rol de deveres o de cumprir as ordens superiores, exceto quando manifestamente ilegais (art. 128, inciso IV). Dito isso, entendemos que discussões de gestão referentes a regulamentação e legalização de transporte de passageiros ou assuntos correlatos extrapola a esfera de atuação dos agentes de trânsito e, de igual modo, não lhes cabe discricionariedade (capacidade de decidir) acerca da aplicação ou não da lei e/ ou de ordens superiores, pois incorreria respectivamente em prevaricação e insubordinação;
5- São legítimas a fiscalização e a discordância das ações de gestão, pelo vereadores, pelo Ministério Público, pela sociedade civil organizada, no entanto, o que não se pode é à custa de posicionamentos políticos (partidários ou não), colocar trabalhadores, pais, mães, filhos e filhas de família à mercê do ódio infundado, justificados em discursos maledicentes e falaciosos. Ao ódio, diga-se, basta um sopro, e é com muita perplexidade que temos acompanhado nessa casa a promoção de uma verdadeira campanha de ódio e enxovalhamento dirigida aos agentes de
trânsito;

Ataque ao carro de Prisco na frente da ASPRA foi armação, sustenta perito; SSP não nega


 

MedinaCrédito da Foto: leitor/AratuOn

O ataque ao deputado estadual e coordenador da Associação de Praças da Polícia Militar (ASPRA), Marco Prisco, pode ter sido uma armação. A tese é sustentada por um perito criminal ouvido pela reportagem do Aratu On, que analisou vídeos e fotografias feitos momentos depois do suposto atentado, que aconteceu no bairro da Saúde, Centro de Salvador, na madrugada da última quarta-feira (16/10).

LEIA MAIS: Em uma semana de greve, Prisco não comparece à Alba e gasta mais de R$ 30 mil em publicidade

O profissional, assim como todos os peritos criminais, é ligado à Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). O técnico analisou as provas a pedido da reportagem e não pode ter seu nome divulgado.

A primeira teoria é a de que disparos tenham sido feitos da parte interna do automóvel, modelo Ka, onde dois seguranças do parlamentar e líder da ASPRA estavam. “Quando existe impacto, o projétil carrega com ele uma energia e uma série de elementos para a direção em que ele está partindo. Isso quer dizer que, se saiu de dentro para fora, ele marca. As fraturas constatadas estavam para fora”.

Essas saídas poderiam indicar, por exemplo, uma troca de tiros. O Aratu On, porém, teve acesso ao depoimento preliminar dos policiais que teriam sido baleados na ação. Ouvidos no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), eles negam que tenha havido um confronto.

Outra tese constatada pela fonte da reportagem, após análises criteriosas das imagens, é que os tiros podem ter sido disparados da parte traseira do carro, com as portas abertas. “É o Departamento de Polícia Técnica que vai indicar se houve pólvora na parte interna do veículo. Caso não haja, indico também que os disparos foram feitos com as portas abertas, sem ninguém dentro”, destaca.

Em um vídeo divulgado pela própria ASPRA nas redes sociais momentos depois do suposto ataque – que foi seguido de um acidente, já que o carro bateu em um objeto fixo -, uma das vítimas está sentada no banco do Ford Ka. “A postura dele não é de uma pessoa acidentada e isso fica muito claro na filmagem. É um outro indicativo de armação”, garante o profissional.

Pouco mais de quatro horas depois do ataque a Prisco e seus seguranças, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) deflagraram uma megaoperação contra a Associação de Praças da PM. Apreensões foram feitas na sede, onde o tiroteio teria acontecido horas antes, e em outras cidades baianas. Celulares, computadores e dinheiro foram apreendidos.

Para o perito, a suposta armação foi uma “saída honrosa” para a situação – já que o deputado poderia ter obtido informações de que a operação estava acontecendo -. No WhatsApp foram disseminados diversos áudios de Prisco e seus seguidores pedindo ajuda.

Procurada pelo Aratu On, a SSP da Bahia confirmou que as investigações sobre a possível tentativa de assassinato estão avançadas e que a hipótese levantada pela reportagem também é uma das linhas que compõem a investigação. A pasta confirma, ainda, que os policiais militares feridos na ocorrência – e que já receberam alta – prestaram depoimentos. Isso, porém, ainda não foi divulgado oficialmente.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003

 

Câmara concede moção de aplauso ao empresário Elves Neres Leite


Imagem  Câmara concede moção de aplauso ao empresário Elves Neres Leite

Na sessão ordinária desta quarta-feira (16), a Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista promoveu a entrega da moção de aplauso nº 63/2019 ao senhor Elves Neres Leite, em função da montagem da estrutura do Festival de Inverno de 2019 realizada pela sua empresa.

A homenagem é de iniciativa do vereador Professor Cori (PT). Segundo o parlamentar, a moção foi entregue pelo fato de Elves ajudar a promover a cidade de Vitória da Conquista como empresário do ramo do entretenimento e dessa forma contribuindo com o crescimento social e econômico do município.

Enfraquecido, Bolsonaro suspende indicação de Eduardo à Embaixada do Brasil nos Estados Unidos


Segundo o jornalista Guilherme Amado, da Época, Jair Bolsonaro, sem votos suficientes no Senado e em meio a uma guerra interna no PSL, suspendeu a indicação do filho Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Interlocutores diretos de Eduardo afirmaram que é “zero” a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019

Jair Bolsonaro suspendeu a indicação do filho, o deputado Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

A informação foi divulgada pelo jornalista Guilherme Amado, da revista Época. Segundo o jornalista, interlocutores diretos de Eduardo afirmaram que é “zero” a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019.

A desistência da indicação de Eduardo Bolsonaro ao cargo de embaixador é mais um capítulo da guerra interna do PSL e mostra o enfraquecimento político de Jair Bolsonaro no Congresso.

“Bolsonaro deverá atribuir a desistência exclusivamente à necessidade de ter Eduardo ajudando na articulação política. Oficialmente, o discurso será de que Eduardo teria maioria — conforme o próprio disse à coluna na terça-feira”, diz o jornalista.

Para não esquecer Jamais!


No dia de hoje em 1960 a pequena Ruby Nell Bridges Hall, mais conhecida como Ruby Bridges, com pouco mais de seis anos de idade, se torna a primeira criança negra autorizada a estudar em uma escola primária exclusiva para pessoas de cor branca, na Louisiana.
De início foram seis os aprovados nos testes para estudar na William Frantz Elementary School, mas os demais ficaram com medo e apenas Ruby enfrentou a questão, mesmo desagradando seus pais. Ia sozinha para a escola e sofria ameaças tão diretas que o Presidente Eisenhower, destacou escolta policial dos U.S Marshals para protege-la. No dia de hoje quando foi a aula em seu primeiro dia na nova escola todos os professores se recusaram a lhe dar aulas e os pais removeram os filhos, o caos se instalou e na verdade Ruby só teve aulas no dia seguinte quando a professora Barbara Henry, passou a ensina-la.
Além de ser escoltada por agentes federais de casa para escola e vice versa, seu lanche era separado das demais crianças, pois havia uma real ameaça de envenenamento contra a menina. Sua família foi perseguida, o pai e os avós que trabalhavam em uma fazenda perderam os empregos.
Mas nem tudo foi segregação. Alguns pais se recusaram a retirar seus filhos da escola e Ruby passou a ter colegas de classe, pessoas escoltavam a escolta policial para garantir sua segurança e ofertaram ao seu pai um novo emprego.
Em 2001 o Presidente Clinton laureou Ruby com a Presidential Citizens Medal, em 2005 ela tb perdeu sua casa com a passagem do furacão Katrina. Em 2011 o Presidente Obama teve a Honra de conhecer Ruby Bridges, na inauguração de uma Obra em sua homenagem e disse a ela em agradecimento “Eu acho que é justo dizer que, se não fosse por você, Eu poderia não estar aqui e nós não estaríamos olhando para isso juntos”.
Em 2014, uma estátua de Bridges foi erguida no pátio do William Frantz Elementary School. A escola que frequentou apenas por sua força de vontade.
Esse é o Estofo dos Grandes e se manifesta desde pequenos.
Ei-la indo para a escola com escolta federal
Gratidão❤ Ruby por sua coragem e determinação e abrir o caminho para nós!”