Região repercute política de valorização do professor em Presidente Jânio Quadros


 

Os professores da rede municipal de ensino de Presidente Jânio Quadros, no sudoeste baiano, foram surpreendidos com a decisão do governo municipal, que adotou como política educacional a valorização do professor na prática. A categoria se manifestou de todas as formas, por meio de redes sociais, telefonemas, mensagens, em tom de agradecimento ao prefeito Lélio Junior, que em seu primeiro ano de mandato promoveu pequenas revoluções.

A primeira ação foi a atualização na tabela de valores do piso salarial, concedendo progressão horizontal (avanço) na carreira de todos os profissionais e a mudança de nível e gratificação a todos profissionais que buscaram se aperfeiçoar. Além disso o prefeito determinou o pagamento retroativo desde o mês de janeiro de 2021, ou seja, desde o inicio da gestão.

Dentro deste Plano de Valorização o governo optou por efetuar um pagamento extra a todos os professores e coordenadores da seguinte forma: aos professores com carga horária de 40h o valor equivalente a três parcelas no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) e aos professores com carga horária de 20h, o valor equivalente a três parcelas no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais), ou seja, R$ 6.000,00 (seis mil reais) para professores com 40h e R$ 3.000,00 (três mil reais) aos professores com 20h.

A notícia ganhou repercussão em toda a região, deixando prefeitos, secretários e vereadores curiosos sobre como a Prefeitura de Jânio Quadros conseguiu promover. “Recebi muitos agradecimentos dos professores, mas também muitas ligações e mensagens de colegas de outras cidades buscando informações”, disse o prefeito Lelio Junior.

“A valorização profissional é um compromisso do nosso Plano de Governo, pois acredito que a Educação é um instrumento poderoso de desenvolvimento econômico e social, além de ser um direito humano fundamental e um dos principais meios de acesso à formação das crianças e dos jovens”, afirmou o prefeito.

O professor Sérgio Luiz de Oliveira Moreira, afirma que valorização se faz com atitude. “Em tão pouco tempo a gestão tem reconhecido o trabalho do profissional, melhorias do salário e agora no final de ano um abono para deixar o professor muito mais feliz. É isso aí prefeito, fazendo a diferença e de forma correta. gratidão é a palavra certa”, afirmou e concluiu: “Hoje sinto orgulho de ser professor!”