General Heleno tenta apagar sua relação com Sara Winter acusando imprensa e políticos de esquerda


General citou portais como o Brasil 247 e Fórum para dizer que acusações da extremista são falsas

(Foto: Reprodução/Facebook | Marcos Corrêa/PR)

Para isso, Heleno atacou a imprensa e partidos políticos de esquerda.

“Calúnias e acusações falsas da Sra Sara Winter, sobre mim, foram divulgadas pela ISTO É, Fórum, Brasil 247 e vários sites “isentos”. Bancaram tb essas mentiras, sem me consultar: a Jorn Mônica Bergamo, os Dep I. Valente, P. Teixeira e outros ‘democratas de peso’. Triste papel”, disse o general bolsonarista.

Saiba mais

A bolsonarista arrependida Sara Winter, em entrevista à Istoé, contou que os deputados Daniel Silveira (PTB), Carla Zambelli (PSL), Sargento Fahur (PSL) e Bia Kicis (PSL), assim como o ministro-chefe do Gabinete de Segurança, general Augusto Heleno, foram muito presentes na organização do “Acampamento dos 300”, que ela organizou em Brasília com o blogueiro Oswaldo Eustáquio.

O acampamento fez parte das manifestações bolsonaristas contra as instituições da República. Segundo Winter, Kicis “ensinou a gente como chamar atenção da imprensa” e “cedeu o assessor Evandro Araújo e colocou um advogado de seu gabinete para acompanhar reuniões com a Secretaria de Segurança do Distrito Federal”.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança, General Heleno, resolveu rebater a bolsonarista arrependida Sara Winter, após ela contar que os deputados, assim como ele, foram muito presentes na organização do “Acampamento dos 300”, que atacou as instituições da República.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *