Invólucro: empresário é preso em operação contra sonegação fiscal em bairro nobre de Salvador


Um empresário do setor de embalagens plásticas foi preso em uma operação contra sonegação fiscal e lavagem de dinheiro iniciada nesta quarta-feira (27), no Horto Florestal, em Salvador.

A ação cumpre ainda 17 mandados de busca e apreensão na capital baiana e em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana. Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), os alvos da Operação Invólucro são um grupo deste setor, que sonegou mais de R$ 15 milhões em impostos aos cofres estaduais.

O nome do empresário e da empresa não foram divulgados.

A secretaria informou ainda que o homem já responde a outro processo, também pelo crime de sonegação. A Justiça determinou, a pedido da operação, o bloqueio dos bens dos envolvidos, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas.

Essa medida foi tomada para garantir a recuperação dos valores sonegados.

Ainda conforme a Polícia Civil, no escritório de uma fábrica de embalagens, localizada no bairro do Caji, em Lauro de Freitas, policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) apreenderam um notebook, dois computadores, dois pendrives, diversas escrituras de imóveis e outros documentos processuais diversos.

Entre os documentos encontrados, foram apreendidas diversas escrituras de imóveis em vários pontos do estado da Bahia.