Por filiação de Bolsonaro, Roberto Jefferson, da cadeia, apoia a expulsão da própria filha do PTB; ele venderia a mãe, a filha é troco


A crise do PTB depois da prisão de Jefferson tornou-se uma crise familiar de tom novelesco, colocando pai e filha em confronto

Cristiane Brasil e Roberto Jefferson
Cristiane Brasil e Roberto Jefferson (Foto: Reprodução/Instagram)

O PTB, legenda presidida pelo ex-deputado Roberto Jefferson, preso desde agosto, anunciou na noite desta quarta-feira (6) a expulsão da ex-deputada Cristiane Brasil, filha de Jefferson do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio e do pastor Fadi Faraj. O motivo é o racha racha interno em torno da possível filiação de Jair Bolsonaro ao partido. Roberto Jefferson apoia a expulsão da filha e dos outros dois.

A crise teria começado quando Jefferson foi preso e entregou o comando do partido à vice-presidente da legenda, Graciela Nienov, que agora atua como presidente interina. Nienov e Brasil são adversárias políticas e estariam disputando o controle da legenda. Nesta quarta-feira (6) durante o dia, a filha de Jefferson garantiu que não seria expulsa do partido, mas, à noite, a  Secretaria Jurídica do PTB anunciou a expulsão dela e dos outros dois.

“A Secretaria Jurídica do PTB informa que Cristiane Brasil, Fadi Faraj e Oswaldo Eustáquio serão expulsos da legenda”, diz comunicado do partido às 22h37 desta quarta. “Além disso, Fadi Faraj e Oswaldo Eustáquio responderão por denunciação caluniosa após disseminação de fake news sobre o partido, em especial, contra a Vice-Presidente Graciela Nienov”, prossegue a nota.

Veja:

 

Jefferson entrou em confronto com a filha ao enviar cartas e áudios enviados a membros do partido da prisão, na qual falava em possível “conspiração” de Cristiane Brasil e do bolsonarista radical Oswaldo Eustáquio dentro da legenda. As críticas se tornaram públicas dias depois

Jefferson está internado e deve voltar à prisão nos próximos dias. Em postagem nas redes sociais nesta quarta-feira (6), pouco antes do anúncio do PTB sobre sua expulsão, Cristiane Brasil acusou Graciele Nienov de estar tramando uma “nova prisão” de seu pai.