Organizações ocupam Hospital Regional em Valadares


Movimentos, partidos, sindicatos e parlamentares lançam manifesto e querem abertura imediata do hospital para conter os avanços da COVID-19

Cerca de oitenta militantes da Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo ocupam nessa manhã, por tempo indeterminado, a área interna do Hospital Regional em Governador Valadares (MG). A ação tem o objetivo de cobrar do Governo de Minas Gerais a abertura imediata do hospital para conter os avanços da Covid-19 no município, que registra 791 mortes e não tem leitos. A obra está 90% finalizada.
O governo de Minas Gerais recebeu R$ 75 milhões oriundos da Fundação Renova, como compensação pelo rompimento das barragens de Mariana e Brumadinho. Os recursos são para finalização das obras e a aquisição de equipamentos para o Hospital Regional.
O grupo também cobra do prefeito André Merlo transparência com a aplicação dos R$ 55 milhões liberados pelo governo federal para combate ao coronavírus, e questiona o motivo de a prefeitura não ter comprado vacina para a população.
O grupo também denuncia a omissão do governo federal com a aquisição das vacinas e cobra vacinação em massa para toda população. Os integrantes das frentes reivindicam ainda o pagamento do auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 para trabalhadores desempregados e o pagamento de auxílio para as pequenas e médias empresas.
Os manifestantes vão lançar um manifesto que será encaminhado ao prefeito municipal, ao governador e ao presidente da República. O documento ainda será protocolado no Ministério Público Estadual (MPE) e no Ministério Público Federal (MPF).
Os manifestantes lembram os números da COVID na cidade são: 20.704 casos e 791 óbitos confirmados, no Estado de Minas Gerais já foram mais de 25 mil mortes e, no país, ultrapassamos a marca de 330 mil mortes e tanto a rede pública quanto privada está com 100% de ocupação leitos de UTI e fila de espera com pessoas morrendo sem ter a chance de atendimento digno. O grupo vai promover celebração ecumênica em memória das 781 vítimas da Covid na cidade.

Programação 7/4
08:00 – Leitura do Manifesto
10:00 – Celebração Ecumênica em memória das 791 vítimas da Covid-19 em Valadares

Hospital Regional em números

Início das Obras: 2013
Construtora: Consórcio Socienge Engeform
Previsão de conclusão: agosto de 2015
Paralisação fevereiro de 2015
Capacidade do hospital:
265 leitos
176 enfermarias
39 urgência e emergência
50 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI)
9 salas de cirurgias
População beneficiada:
1,5 milhão de pessoas (86 municípios)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *