PF investiga se Daniel Silveira coagiu deputados antes de votação na Câmara


PF apreendeu 2 celulares na cela de Silveira, e informou ao STFLuis Macedo/Câmara dos Deputados – 19.nov.2019

A Polícia Federal está investigando se o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) coagiu, por meio de mensagens, outros congressistas antes da votação que confirmou sua permanência na prisão, na 6ª feira (19.fev.2021).

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes determinou a perícia de 2 celulares de Silveira, apreendidos na semana passada durante uma vistoria na cela do deputado.

A apreensão foi informada pela PF ao Supremo e um inquérito foi aberto para investigar como o deputado mantinha os 2 aparelhos na cela.

PRISÃO

Alexandre de Moraes determinou a prisão em flagrante de Silveira depois que o deputado publicou um vídeo com ofensas a ministros do STF.

Dos 11 ministros do Supremo, 4 não foram citados na gravação (Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber). Marco Aurélio tem seu nome mencionado, mas não há uma ofensa dirigida a esse ministro.

Moraes, por exemplo, é citado pelo deputado como “Xandão do PCC”. Sobre Edson Fachin, Silveira disse: “Por várias e várias vezes já te imaginei tomando uma surra”.

[As manifestações] revelam-se gravíssimas, pois, não só atingem a honorabilidade e constituem ameaça ilegal à segurança dos ministros do Supremo Tribunal Federal como se revestem de claro intuito visando a impedir o exercício da judicatura, notadamente a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado democrático de Direito”, escreveu Moraes em sua decisão.

Moraes considerou que a disponibilidade do vídeo nas redes sociais configurava continuidade de crime. A decisão do magistrado foi referendada por unanimidade pelos demais ministros do STF e a prisão foi mantida depois de audiência de custódia.

Em sessão realizada na 6ª feira (19.fev.2021), a Câmara decidiu manter a prisão de Silveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *