STF valida divulgação das provas da suspeição de Moro obtidas por Lula


A 2ª Turma do STF formou maioria para rejeitar recurso de Deltan Dallagnol e outros procuradores, e manteve o direito da defesa de Lula ter acesso às mensagens da operação Spoofing que comprovam o conluio da Lava Jato para incriminá-lo

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr)

 Por 3 votos a 1, a maioria dos ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu nesta terça-feira (9) que é legal o compartilhamento com a defesa do ex-presidente Lula das mensagens trocadas entre o ex-juiz Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato, apreendidas na Operação Spoofing.