Em operação contra a milícia, polícia mata 12 suspeitos no Rio de Janeiro


Um policial ficou levemente ferido ao ser atingido por um tiro no colete à prova de balas

Foto: Divulgação/Governo do Rio de Janeiro
Foto: Divulgação/Governo do Rio de Janeiro

 

Em operação conjunta contra as milícias, 12 suspeitos foram mortos pela Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal na noite de quinta-feira (15), em Itaguaí, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com as polícias, os homens foram mortos durante confronto.

De acordo com informações da Agência Brasil, as mortes ocorreram durante uma tentativa de interceptar um comboio de quatro carros que transportavam suspeitos de integrar uma milícia, em um acesso à rodovia Rio-Santos (BR-101), próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal.

Durante a tentativa de abordagem, segundo a Polícia Civil, os criminosos reagiram atirando contra os policiais. Pelo menos oito fuzis, além de pistolas e munições, foram apreendidos.

Segundo o G1, entre os mortos está o ex-PM Carlos Eduardo Benevides Gomes, o Cabo Benê, um dos homens mais procurados do estado. Ele é apontado pela polícia como um dos chefes da milícia em Itaguaí.

Na operação, foram apreendidos oito fuzis, metralhadoras, granadas, pistolas e munição. Na ação, um policial ficou levemente ferido ao ser atingido por um tiro no colete à prova de balas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *