Confirmados mais quatro óbitos por Covid-19; o que Pereira Rubinstein com isso?


 Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 135 leitos (75 enfermarias e 60 UTI) exclusivos para tratamento da Covid-19. Nesta quinta (23), estão internados 86 pacientes de Vitória da Conquista e de outras 33 cidades da macrorregião.

A prefeitura municipal de Vitória da Conquista optou por abrir o comércio e não estabeleceu condições efetivas de distanciamento social, com essa atitude, a quantidade de casos confirmados no dia 23 de junho era  209, um mês após, hoje 23 de julho, a quantidade de casos confirmados  chegou a 1950, naturalmente a quantidade de óbitos também aumentou, era 28 no dia 23 de junho e no dia 23 de julho chegou a 42, um aumento de 200%. No entanto, para  o prefeito Hérzem Pereira, esses dados não têm nada a ver com as medidas tomadas pelo seu governo.

Do outro lado, o governo da Bahia, dotou o município com 60 leitos de UTI, complementando amanhã, para 70 leitos,  exclusivos para o tratamento da COVID-19; apenas  para se fazer uma comparação, a quantidade de leitos de UTI em Vitória da Conquista, englobando as redes públicas e privadas de saúde antes da pandemia  era de 81 , esses para atender a demanda de toda região.

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, nesta quinta-feira (23), o falecimento de mais quatro pacientes por Covid-19. Com isso, aumentou para 42 o número de óbitos ocorridos em Vitória da Conquista.

39º óbito – Homem de 63 anos, morador do povoado de Itaipu, portador de Diabetes Melito e Hipertensão; foi internado no dia 9 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 22 de julho.

40º óbito – Homem de 48 anos, morador do bairro Zabelê, portador de Doença cardiovascular crônica, Hipertensão e Obesidade; estava internado desde o dia 7 de julho no Hospital São Vicente e veio a óbito no dia 22 de julho.

41º óbito – Mulher de 44 anos, moradora do bairro Ibirapuera, sem comorbidades; foi internada no dia 20 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 22 de julho.

42º óbito – Homem de 78 anos, morador do Centro, portador de doença cardiovascular; estava em atendimento domiciliar privado e apresentou piora do quadro de saúde, sendo atendido pelo SAMU 192 e encaminhado para o Pronto Atendimento da Unimed, onde veio a óbito no dia 22 de julho.

 

O Boletim epidemiológico desta segunda (23), registrou 90 novos casos confirmados de Covid-19. Até agora, foram 1.950 casos confirmados em Conquista, desde o início das notificações, e 1.507 recuperados. Outros 401 pacientes ainda estão com o vírus ativo e seguem em recuperação (30 estão internados e 371 em tratamento domiciliar).

A Secretaria de Saúde investiga ainda 4.638 casos notificados de Síndrome Gripal que aguardam classificação final no e-SUS Notifica, sendo que 3.552 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 1.086 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Dos pacientes que aguardam classificação, 1.130 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 3.496 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 11 estão hospitalizados e um foi a óbito por suspeita de contaminação por Covid-19 – caso aguarda resultado laboratorial.

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 135 leitos (75 enfermarias e 60 UTI) exclusivos para tratamento da Covid-19. Nesta quinta (23), estão internados 86 pacientes de Vitória da Conquista e de outras 33 cidades da macrorregião: