Faroeste: delator chegou a tratar com juiz de cifras que vão até R$ 100 milhões


No ato judicial em que negou a liberação da ex-presidente do Tribunal de Justiça, Maria do Socorro Santiago, e de mais cinco presos denunciados na Operação Faroeste, solicitada por causa da chegada do coronavírus às cadeias, o relator Og Fernandes fez questão de reproduzir mais uma vez o trecho de conversas entre o juiz Sérgio Humberto e o advogado Júlio César, que se tornou delator no processo, nas quais discutem abertamente estratégias para ganhar dinheiro com venda de sentenças e tráfico de influência, informou agora pela manhã um advogado a este Política Livre. Os dois chegam a falar explicitamente em cifras que vão de R$ 65 milhões a R$ 100 milhões. De arrepiar!