Uesb: autodeclaração de estudante ruivo que entrou em medicina por cotas é irregular


Segundo o site Bahia.ba a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) concluiu que a autodeclaração de um estudante branco e de cabelos ruivos, que conseguiu vaga no curso de medicina por meio de cotas raciais, é irregular.

A decisão ocorreu após um procedimento de sindicância ter sido instaurado para apurar o caso e foi anunciada na segunda-feira (10), em comunicado oficial emitido pela própria instituição.

No documento, a Uesb explica que ainda vai definir os membros que deverão compor a Comissão Processante, após o recesso acadêmico. As aulas foram iniciadas no dia 20 de janeiro deste ano.

Todo o relatório e as definições da instituição estadual deverão ser finalizados em um prazo de 60 dias.

O estudante branco e de cabelos ruivos que se autodeclarou como pardo no momento da inscrição para o Vestibular Uesb 2019 foi Michelson Mendonça da Silva.

*Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *