ACADEMIA DO PAPO- Pesquisador americano denuncia operação ” Lava Jato”


Paulo Pires

Pesquisador americano Mark Weisbrot denunciou com dados concretos (provas irrefutáveis) como a Operação Lava a Jato se relacionou com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos para fazer LAWFARE (uso de instrumentos legais com fins políticos) contra Lula e contra o Partido dos Trabalhadores.
A denúncia vinda de um pesquisador dos Estados Unidos confirma todas as acusações e todas as ligações do ex-juiz Sergio Moro com Procuradores Corruptos (gravados pelo The Intercept). Convém lembrar que os Procuradores são aqueles que queriam se apossar de Dois bilhões e 600 milhões de reais da Petrobrás, para fundar um Partido Anti-Corrupção (tudo em conluio com o renomado advogado Modesto Carvalhosa). Vejam a que ponto chegamos. Esse episódio foi denunciado ao final do ano passado no Plenário do S.T.F pelo ministro Gilmar Mendes, sendo citados nominalmente os senhores Deltan Dallagnol e o advogado Carvalhosa. Eles (procurador e advogado) sabedores que a informação não era falsa, não tiveram como contestar a veracidade da denúncia do ministro e fizeram, de forma matreira, ouvidos de mercador.
O curso de Direito da prestigiosa e prestigiada Universidade Harvard se debruçou sobre os acontecimentos no Brasil e concluiu que em nosso País foi instituído um “programa de caça às bruxas” e o “esquema” tinha (tem) como mentores intelectuais burocratas do departamento de Justiça dos Estados Unidos (especialistas em sabotagens e programas de destruição de governos de esquerda na América Latina). Os Estados Unidos sempre se negaram que tem um Esquema de Espionagem e Inteligência para sabotar países, especialmente os que vivem sob governos de Esquerda. Essas Agências americanas vivem nos subterrâneos da informação. Curioso, é que recentemente, a Alemanha e a França descobriram que também eram (são) vítimas de Espionagem feita pelas agências americanas. A criação da NSA em 1952 foi idéia de Dwight D. Eisenhower e a missão dessa Agência é espionar todos os Países do Mundo de modo que os Estados Unidos da América tenham sobre os demais, hegemonia total (em termos políticos, econômicos e sociais).
O dado concreto é que todos os petistas vítimas do LAWFARE produzido pelo senhor Sergio Moro (em conluio com procuradores corruptos) estão soltos e a razão é óbvia: FALTA DE PROVAS. As auditorias feitas por reputadas empresas internacionais (Price e KPMG) concluíram e informam ao senhor Moro (e a Grande Mídia escondeu), NÃO TER ENCONTRADO nenhuma ação ou vestígio de ação dolosa ou culposa do senhor Luís Inácio Lula da Silva dentro da Petrobrás. Há 15 dias, empresa de auditoria dos Estados Unidos enviou para o Governo do senhor Bolsonaro Parecer dos Auditores confirmando que todas os Exames feitos no B.N.D.E.S. concluíram que o PT e/ou o senhor Lula da Silva não tiveram a menor influência nas decisões e operações do nosso Grande Banco de Desenvolvimento. Essa informação prestada pela Auditoria americana frustrou os delírios de Bolsonaro que, em campanha, mentia para o Povo Brasileiro dizendo que o Brasil estava quebrado porque Lula e Dilma haviam tirado o dinheiro do BNDES para dar a Cuba e a Venezuela. COISA DE GENTE SEM ESCRÚPULO.
O ministro Sergio Moro (escolhido ministro por Bolsonaro como paga por ter tirado Lula do pleito de 2018), fez uma relação dos bandidos mais procurados do Brasil. Curioso é esse ministro não ter incluído os Milicianos Bandidos amigos de Bolsonaro…. Tudo isso nos leva a concluir que Tom Jobim estava certo: “O BRASIL NÃO É PARA AMADORES”…. Até a próxima e vamos ver como a Quadrilha Bolsonaro vai se comportar para explicar a morte de um dos acusados de matar Mariele Franco. Vem coisa por aí…. Aquele abraço e aos mentirosos enviamos um pedido: “parem de mentir”. Por último, lembro que o Papa Francisco vai receber Lula essa semana. O Papa sabe o que realmente ocorreu no Brasil O Papa sabe das coisas. É isso aí….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *