Bolsonarista é acusado de estuprar e matar a filha de 14 dias


Cleyton Ramos França foi preso em Santana do Araguaia, no Pará, após buscar atendimento juntamente com a mãe da criança no hospital, onde o bebê morreu. Ao limpar o corpo enfermeiras encontraram sinais de violência sexual

Cleyton Ramos França
Cleyton Ramos França (Foto: Reprodução)

Portal Forum – Apoiador de Jair Bolsonaro e “cidadão de bem”, Cleyton Ramos França foi preso em Santana do Araguaia, no Pará, pelo estupro e assassinato da filha, Maria Vitória, 14 dias após o nascimento da menina.

Cleyton foi preso preventivamente por ordem do juiz Erichson Alves Pinto, da Comarca de Santana. Ele converteu o flagrante em prisão preventiva, “em face da necessidade de garantir a ordem pública e assegurar a aplicação da lei penal”.O caso aconteceu no sábado (11), quando os pais buscaram atendimento no hospital de Santana. O bebê, no entanto, morreu pouco tempo depois por insuficiência respiratória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *