Duplica Sudoeste


DUPLICA SUDOESTE na verdade o sentido não se aplica tão somente a construção de mais uma pista na BR-116, é muito mais.Vamos duplicar não só a rodovia, mas também o número de alunos da região que trafegam diuturnamente na Rio-Bahia para estudar nas mais de dez faculdades presenciais conquistenses e em dezenas semi-presenciais aqui instaladas.

O Tratamento Fora do Domicilio – TFD, que é outra fonte de renda para cidades que atendem esses pacientes, será triplicado pois, Vitória da Conquista possui uma rede de quinze hospitais e dezenas de clínicas e ambulatórios preparados, perdemos mercado em função da logística e as nossas vias de acesso precárias.

Iremos crescer no setor atacadista, no setor imobiliário, no setor de compra de carros novos, os postos de combustíveis, os bares, os restaurantes, os hotéis, os shoppings e o comércio serão com certeza duplicados também.

Na próxima sexta-feira dia 13 de dezembro de 2019 você será nosso convidado para integrar forças em prol da DUPLICAÇÃO DA RIO BAHIA no trecho Jequié Cândido Sales, tão necessária para atrair negócios para Vitória da Conquista e Região. Quero além da sua participação, a contribuição nos questionamentos para dirimir dúvidas da demora nessa duplicação.

Vamos perguntar para ANTT e queremos obter respostas:

1 – Como a VIABAHIA pagou ao governo os R$ 5.749.000.000,00 (cinco bilhões setecentos quarenta e nove milhões de reais) pela concessão?

2 – Dos R$ 3.195.000,00 (três milhões cento e noventa e cinco mil reais) repassados anualmente para ANTT fiscalizar o contrato como estão sendo destinados?

3 – Por que quando a VIABAHIA para tomar dinheiro justifica um fluxo de 10.500 veículos e quando apresenta o o fluxo de veículos para ANTT e na contestação da ação proposta pelo Ministério Público, é inferior aos 6.500 diários?

4 – Considerando que na ação proposta pelo Ministério Público Federal a ANTT também configurou como RÉ e considerando ainda que as irregularidades são recorrentes por que a Agencia Reguladora não tomou as providências?

5 – ANTT já notificou a VIABAHIA em algum momento, em caso afirmativo se houve multas e em quais valores?

6 – É do conhecimento da ANTT que a VIABAHIA tem concentrado ações somente no trecho Milagres a Feira de Santana?

7 – Queremos saber por que no relatório da VIABAHIA ela demonstra que repassou para os 27 Municípios em 2015, R$ 20.272.291,05 de ISS o que denota um faturamento anual de R$ 405.445.821,00 e no relatório de 2017 da auditoria independente faz uma retrospectiva demonstrando a evolução de receita e apresenta 2015 com um faturamento de R$ 239.830.000,00?

8 – Em existindo cláusulas contratuais prevendo a REVISÃO QUINQUENAL, por que não fazê-la para não permitir que a VIABAHIA se arvore dessa condição para não cumprir sua obrigação de fazer?

9 – Na hipótese da VIABAHIA não concordar em cumprir sua obrigação de duplicar e havendo o rompimento do contrato, além da multa, quem assumirá os financiamentos de longo prazo na ordem de R$ 1 bilhão com o BNDES, HAITONG, VOTORANTIN, ABC BRASIL dentre outros?

7 – Em face dessa problemática qual a posição da AGENCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES?