Presidente do PSOL em cidade do Acre é vítima de emboscada e é assassinado


A polícia do Acre informou que o presidente do PSOL em Xapuri, Josemar da Silva Conde, o “Tripinha”, foi vítima de uma emboscada em uma reserva extrativista com o nome de Chico Mendes. Ele foi alvejado nas costas por um tiro. Presidente nacional do partido, Juliano Medeiros cobrou punição ao criminoso

(Foto: Reprodução)

247 – A polícia do Acre informou que o presidente do PSOL em Xapuri, Josemar da Silva Conde, o “Tripinha”, foi vítima de uma emboscada, no seringal Barra, colocação Campo Verde, na reserva extrativista Chico Mendes. Ele foi alvejado nas costas por um tiro de espingarda de grosso calibre, disparado pelo próprio vizinho, um senhor conhecido apenas por “Chico Doido”.

De acordo com informações do Ac Jornal, a motivação do crime teria sido uma questão judicial por causa do limite territorial das terras. Os dois nunca chegaram a um acordo sobre a linha divisória dos terrenos.

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, se solidarizou com a família do companheiro de partido e pediu justiça.

“Expressamos, em nome da direção nacional do PSOL, nossos sentimentos aos seus familiares, amigos e companheiros de partido. E exigimos respostas. Não aceitamos esperar mais 600 para saber porque um dos nossos tombou e qual a natureza do crime”, escreveu.

Juliano Medeiros

@julianopsol50

Acabo de ser informado que o presidente do PSOL em Xapuri, cidade do grande Chico Mendes, foi barbaramente assassinado. Nosso companheiro Josimar da Silva Conde também era seringueiro e foi candidato a vice-prefeito pelo PSOL. Exigimos apuração do crime. Chega de impunidade!

Juliano Medeiros

@julianopsol50

Expressamos, em nome da direção nacional do PSOL, nossos sentimentos aos seus familiares, amigos e companheiros de partido. E exigimos respostas. Não aceitamos esperar mais 600 para saber porque um dos nossos tombou e qual a natureza do crime.