Pereira pode mexer mais uma vez no seu conturbado secretariado


—–

Mais dois secretários do Governo de Herzem  Pereira podem estar na berlinda. Kairan Rocha, secretário de Administração, e Geane Oliveira, Secretária de Governo, podem cair a qualquer momento.

De acordo com o radialista Deusdete Dias, Geane tem perdido prestígio desde que vereadores pediram sua cabeça. A secretária teria sido apontada por edis como empecilho nas negociações entre o executivo e legislativo. Atualmente quem faz esse elo é o procurador Paulo Maurício.

Ainda segundo o radialista, o secretário de Administração recebeu uma ligação do prefeito para tomar uma bronca. A conversa não teria sido nada amigável, disse Deusdete.

Na verdade o governo Pereira  “mexe” quase que todo tempo em seu secretariado, esse improvisado desde o início do governo, Pereira fez a valer a sua máxima, de que estaria governando com os melhores quadros administrativos do município, mas isso, só na visão administrativa dele, baseada em sua larga  experiência em gestão pública.

Ninguém sabe quais os critérios que o prefeito Herzem Pereira utiliza para escolher seus secretários, imaginamos que seja algo divino, a secretaria de saúde teve 5 titulares em quase três anos de governo;  a secretaria de administração 4, a secretaria de educação 3; secretaria do meio ambiente 3;  a secretaria de agricultura 4; a secretaria de serviços públicos, 4; a  secretaria de mobilidade urbana, 3; a procuradoria jurídica, 2; a secretaria de administração 4; a secretaria de finanças 3, a EMURC- Empresa Municipal de urbanismo  que tem status de secretaria, também teve mudança de seu titular por 5 vezes.

Se fosse utilizada a técnica do futebol, deveria ser mudado o técnico do time,todavia, esse foi eleito em assembleia e essa é soberana.

Não sabemos se há algum problema, entre o atual prefeito e a secretária Geanne Cássia, o que sabemos é que, se trata de amigos íntimos, inclusive a secretária emprestou sua casa, para que o prefeito fizesse sua morada enquanto alcaide do município. Seria uma ingratidão de Pereira em demitir uma amiga tão fiel, mesmo porque, acreditamos que a professora Geanne, se redimiu do fato de tê-lo alcunhado,  com o célebre nome de” BOCA DE ALUGUEL.