STF retoma julgamento sobre prisão após segunda instância


5 ministros votaram por prender condenado em 2ª instância, como já é hoje, e 3 defendem que réu espere em liberdade o fim dos recursos. Faltam 3 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *