Robson: Um sapeca aiiaiá com classe e categoria; falado assim, corta a carne, dói muito mais


Difícil imaginar que as eleições de 2020 serão fáceis sob o ponto de vista da conta informação, não se pode desprezar alguém, que se auto intitula como ” escrota” . Nestes termos a luta deve ser rasteira, onde fake news terá tom de verdade. O atual mandatário de Vitória da Conquista já demonstrou que é um sabotador de informações e fará de tudo, para que o povo seja enganado com suas ações.
A utilização do rádio como veículo de comunicação, que atinge em tese, a maior parte dos eleitores de pouca instrução, sempre foi uma arma pronta pra iludir, pois no rádio, quem produz a imagem é o radialista, o ouvinte imagina a imagem, na tradução das palavras do locutor, por acreditar nisso,quem tenta iludir, utiliza preferencialmente o rádio.
Em Vitória da Conquista, pode ser coincidência que as emissoras de rádio da cidade, tenham uma predileção de alugar seus horários mais nobres para o poder do momento. A rádio Bandeirantes, colocou no seu horário nobre, o ex-secretário da Prefeitura Municipal, mas exigiu que o radialista Elton Becker que comandava um programa há 18 anos, saísse da emissora, o programa Conquista de Todos, apresentado por Elton Becker tinha um patrocínio mensal dos deputados Waldenor Pereira e José Raimundo, no valor de 10 mil reais, independente disso, no programa havia 15 minutos de ” comerciais” da grade da própria empresa de rádio, o patrocínio dos deputados, se limitava ao direito de vez por outra serem entrevistados no programa, algo comum e corriqueiro em qualquer lugar do Brasil.
A rádio Clube, mantém um programa jornalistico ao meio dia, que serve como explicador das ações da Prefeitura, os editorias, quase sempre justificando atitudes do prefeito atual, atitudes que, as vezes não correspondem a verdade. Num dos editoriais da rádio, seu comentarista afirmara possuir imagens, onde partidários da oposição teriam jogado lixo na Feira do bairro Brasil, somente para prejudicar a Prefeitura, era mentira. Tal fato jamais ocorreu, assim como o comentarista jamais teve imagem alguma.
Em outra ocasião, um projétil de arma de fogo foi encontrado numa sala da Prefeitura Municipal, o comentarista da rádio afirmou que se tratava de um atentado político, o fato real, é que um radialista não possuía qualquer base técnica, ou testemunhal para dizer tal afirmação.
Na tentativa de construir uma imagem positiva de seu patrocinador, em outro momento o comentarista disse: ” O prefeito Herzem, não sabe ainda, mas irá para a Alemanha, lá, irá trocar experiência com aquele governo, mas o prefeito ainda não sabe, eu tive acesso a uma fonte fidedigna e o convite foi feito ao prefeito” . Resumo: nunca houve convite algum e por certo o prefeito de nossa cidade, ainda não tinha projeto algum, que pudesse ser apresentado a país algum. Na época o projeto principal do governo era o ” cata bagulho”.
A rádio Brasil que por força de lei, trata-se de uma emissora educativa e deve em sua programação dedicar a maior parte dos horários para ajudar o desenvolvimento da educação, da cultura e da informação, infelizmente só apresenta na programação à educação religiosa proselitista, mas vende seus horários para programas de cunho político eleitoral, haja vista que chegou a vender o horário do meio dia para que o próprio prefeito da cidade, apresentasse o seu programa, ficou ruim para o prefeito, esse saiu e colocou um substituto para cumprir o seu mando, afinal, estava pagando pelo horário, o apresentador não suportou e saiu do programa.
Por fim, coube ao experiente jornalista Robson Do Val apresentar um programa no horário, a cidade não acreditou que o programa de Robson, não obedecesse as regras e determinações do prefeito Pereira; todavia, ao que se vê as pessoas estavam erradas o Robson hoje, demonstrou que não se deixa montar, não serve de mula pra ninguém e mandou o ” sapeca aiaiá”. chutou o pau da barraca e fez o seu melhor editorial no rádio. OUÇA: