Edital da ponte Salvador-Itaparica acabou com incrédulos, diz Zé Raimundo


Ao repercutir na Assembleia Legislativa da Bahia a publicação do edital para construção da ponte Salvador- Ilha de Itaparica, ontem (18), o deputado estadual Zé Raimundo foi à forra de tudo que a oposição criticava anteriormente, apostando em contrário. “Estamos felizes, comemorando a publicação deste edital que vai concretizar um grande sonho dos baianos. Rui diminuiu a quase zero o número de incrédulos nesse mundo da política”, provocou durante sessão ordinária da Comissão Especial do Complexo Intermodal da Fiol, Porto Sul e Complexo Viário do Oeste.

Para Zé Raimundo, o lançamento do edital é uma resposta a quem não acreditava na construção da ponte, uma obra orçada em R$ 5,34 bilhões e com aporte de R$ 1,51 bilhão do Governo do Estado, cujo leilão deve ocorrer já em novembro na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). “Quem duvidava desta proposta de Jaques Wagner (ex-governador) e do governador Rui Costa, que não fosse concretizada, agora se assusta e, a cada dia que amanhece, passa a acreditar. Principalmente depois de ver tantos projetos realizados, como o metrô, a construção de grandes avenidas em Salvador e estradas pelo interior, de várias adutoras e barragens, de uma infinidade de obras. Onde a gente anda por este estado tem obra do governo. Enfim, os descrentes passaram a acreditar”, completou o deputado.

Depois da provocação, Zé Raimundo parabenizou o governador Rui Costa, por viabilizar o que era considerado por muitos “um gande sonho” e para outros como mera “promessa de campanha”, mas que, segundo ele, vai beneficiar o estado, com ênfase no crescimento econômico da Ilha de Itaparica, do Recôncavo, Baixo Sul e Sul da Bahia. A Ponte Salvador-Ilha de Itaparica será construída através de uma parceria público-privada (PPP) para se tornar a segunda maior da América Latina, com 12,3 km de extensão, e ocupar a 23ª posição no ranking mundial de pontes e, de acordo com o projeto apresentado pelo governo.