CONTAGEM REGRESSIVA : O tempo conta a história: são 9⃣9⃣1⃣ dias de uma gestão que trocou a obrigação de governar pela demagogia da hipocrisia.


 

Carlos Costa

Quando a tirania se torna lei, a rebelião é um direito.
Simón Bolívar

Vamos colocar medo nas nossas costas e salvar o nosso país.
Simón Bolívar

Para a conquista da vitória sempre foi indispensável percorrer o caminho dos sacrifícios.
Simón Bolívar

O prefeito Herzem tem uma inveja absurda dos prefeitos do PT que conseguiram muitas conquistas para a nossa cidade. Por diversas vezes Conquista esteve na lista da Revista Você S/A como uma das melhores cidades do Brasil para morar; também esteve entre as melhores cidades para trabalhar e investir, além de que a nossa cidade se consolida entre as dez mais saneadas do Brasil e a primeira do norte-nordeste. O prefeito continua achando que a nossa cidade não possui qualidades para figurar entre as mais saneadas. Na manhã desta terça-feira ele postou no seu blog uma matéria refutando os dados que foram repassados pelo Governo do Estado para o Ministério da Cidade, alimentando o banco de dados que serviram de fonte para o Instituto Trata Brasil. O título da matéria do prefeito é o seguinte: Sem água e com enxurrada de dejetos, Conquista está longe de cidade mais saneada do nordeste. A inveja dele é tão grande que o faz torcer contra o próprio município que ele administra. E ainda tem a cara de pau de dizer que a oposição torce pelo quanto pior melhor. Nesse sentindo, eu faço parceria com Herzem, desde que ele assumiu a prefeitura eu torço sim para o fracasso da sua administração, mas pelo jeito, não precisa da minha torcida, ele, por si só, está destruindo as nossas conquistas.

Recebi nesta segunda-feira, do meu amigo Paulo Pires, um vídeo sobre as vinte melhores cidades para se viver no nordeste. A pesquisa foi elaborada pela empresa de consultoria Macroplan baseada em dados do ano 2017. Essa pesquisa foi feita entre cidades com mais de 266 mil habitantes. Foram pesquisados dezesseis indicadores socioeconômicos divididos em quatro áreas, a saber: saúde, com o peso de 35,3%; educação e cultura, peso de 35,3%; segurança, 8,8% e infraestrutura e sustentabilidade, com 20,6%. Dimas Moura, proprietário do canal mais50, voltado para o público acima dos cinquenta anos, divulgou a pesquisa da Macroplan para apresentar ao seu público as melhores cidades do nordeste onde os aposentados possam viver com qualidade de vida. Nesta lista estão quatro cidades baianas: Feira de Santana é a décima-sétima, Camaçari, a decima-sexta, Salvador está em sétimo lugar e Conquista ocupa a quinta colocação. À frente de nossa cidade estão Fortaleza, em quarto lugar, João Pessoa em terceiro, Campina Grande no segundo e Petrolina em Primeiro lugar. Como disse anteriormente, os dados que serviram para compilar a lista são de 2017, portanto, referentes ao ano anterior, 2016.


O prefeito irá dizer que essa honrosa posição foi conquistada durante a sua fraca administração, o que não é verdade. Os dados mostram uma realidade que existia antes da sua posse. Porém, eu não creio que a nossa cidade esteja entre as vinte melhores para que as pessoas aposentadas e da terceira idade possam viver com qualidade de vida. Temos diversos problemas à serem superados e que existiam também nas administrações do PT. Por exemplo, na área de infraestrutura e sustentabilidade estamos bem atrás de Feira, Camaçari, Caruaru, Aracaju, Paulista, Mossoró e até de Juazeiro do Norte. Não dá para comparar a nossa infraestrutura com as existentes em Feira, Caruaru, Campina Grande e Petrolina. Na mobilidade urbana Conquista está atrasada ao menos dez anos. As nossas calçadas são irregulares, desniveladas, escorregadias, disformes, ocupadas por barracas, trailers, mesas, automóveis, carroças, lixos, descartes de materiais de construções, cascas de bananas e tudo mais que um idoso jamais quererá em seu caminho. Na questão de sustentabilidade, a nossa cidade perde feio para a maioria da principais cidades do nordeste. Há também o problema do transporte coletivo, com os ônibus “marias fumaças” quebrando por nossas ruas e poluindo o nosso ar. Conquista tem hoje o custo de vida mais alto do nordeste, os preços praticados nas feiras-livres, nas nossas lojas, supermercados e até nas empresas prestadoras de serviços são totalmente fora da realidade, da renda do nosso povo. Comparem os preços das verduras, frutas e gêneros alimentícios praticados em Barreiras, Feira, Itabuna, Salvador e até Luís Eduardo Magalhães com os praticados nas nossas feiras e supermercados. Sugiro que acessem o blog www.sigivilares.com.br e descubra o quanto somos explorados pelos comerciantes locais.
Acho que Conquista possa ser uma boa cidade para cursar uma faculdade, para investir no mercado de imóveis e até para instalar indústrias e empresas comerciais, porém, está longe de ser ótima para aposentados e idosos. Apesar de Conquista ter um ar sem poluição e um clima agradável, falta a ela a execução de políticas públicas que garantam segurança, lazer, mobilidade e infraestrutura, itens capazes de transformar a nossa cidade numa Campos do Jordão, Petrópolis ou Teresópolis do nordeste!

Faltam só 4⃣7⃣0⃣ dias para que tenhamos um político que consiga implementar políticas públicas capazes de transformar a nossa cidade num bom lugar para se viver, trabalhar, investir, estudar e morar.

Esta contagem é dedicada ao amigo Rosivaldo, que procura ansiosamente por um emprego para que possa sustentar a sua família. Rosivaldo é um grande conhecedor da nossa cidade e da sua real situação socioeconômica.