ônibus novos ou Maria Fumaça; prenúncio do VLT prometido


A cada dia  se confirma que o transporte coletivo de Vitória da Conquista caminha para uma possível tragédia. Constantemente, os ônibus emergências operados pela Prefeitura tem apresentado problemas mecânicos e colocado em risco a integridade de passageiros e cidadãos que circulam pelas ruas da cidade.

Nessa sexta-feira (13), mais um veículo quebrou no terminal. O tráfego ficou bloqueado, atrapalhando a vida das pessoas que necessitam do transporte coletivo, como também a vida dos outros conquistenses que necessitavam trafegar pelo cento da cidade.

O BConquista recebeu o registro feito por um leitor. dando conta que outro veículo trafegava pela cidade espalhando fumaça pela avenida, dificultando a visibilidade dos  condutores que  estavam atrás do ônibus, além de espalhar gás carbônico nos pulmões da população. O ‘Maria Fumaça’ da Viação Rosa, de responsabilidade da Prefeitura, circulava fumegando pela Av. Brumado.

A situação que se encontrava o veículo, por si só, demonstrava a impossibilidade da sua circulação pelas ruas da cidade. Todavia o prefeito de Vitória da Conquista garante que os ônibus são novos e que o transporte coletivo em Vitória da Conquista vive duas de glória depois de sua administração.  A Prefeitura  paga de aluguel a empresa ROSA, a quantia de 2,7 milhões por mês,  sendo que essa recebe automaticamente esse dinheiro, transportando ou não os passageiros, talvez por isso, os horários não são cumpridos, os carros quebram em via pública e nenhuma providência é tomada.

O Blog do Paulo Nunes em sucessivas reportagens,  vem denunciando a  relação incestuosa entre Prefeitura, Sindicato, Vanzeiros, Viação Vitória e agora  com a Viação Rosa,  ninguém deve estranhar se a Viação Rosa, for a mesma Viação Vitória.