Codevasf participa de audiência sobre o Projeto Público de Irrigação do Iuiú, na Câmara dos Deputados


A Codevasf participou nesta terça-feira (10), na Câmara dos Deputados, de audiência pública da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. O encontro promoveu diálogo sobre potencialidades, desafios e ações de implantação do Projeto Público de Irrigação do Iuiú, localizado na região do Médio São Francisco – especificamente em áreas dos municípios de Iuiú, Malhada e Sebastião das Laranjeiras, no sudeste do estado da Bahia.

O empreendimento foi apresentado na audiência pelo diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf, Sérgio Costa. “O Projeto de Irrigação do Iuiú tem diversas potencialidades agrícolas”, disse. “O tomate industrial e o feijão são culturas que podem alavancar [a produção]. No final do plano é possível chegar a uma produção bruta no Iuiú de R$ 712 milhões, ou seja: com todos os lotes ocupados e produzindo, é possível chegar a R$ 712 milhões de produção por ano”, explicou.

A Codevasf concluiu recentemente a atualização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental do projeto de irrigação. Entre as potencialidades agrícolas do projeto estão as culturas de frutas como abacaxi, banana, mamão, maracujá, goiaba, limão e manga, e de itens como cebola, cenoura e pimentão. Estimativas indicam que a produção do projeto permitirá a geração de 25,5 mil empregos diretos e 38 mil empregos indiretos.

Estudos preliminares apontaram área útil de 88 mil hectares, com dois sistemas hidráulicos, denominados Iuiú Sul, com 30 mil hectares, e Iuiú Norte, com 58 mil hectares. Houve previsão de implantação de 1.859 lotes agrícolas para irrigação no projeto: 1.231 lotes de seis hectares, para pequenos produtores; 628 lotes de entre 20 e 50 hectares, para produção empresarial; e 160 lotes de 20 hectares, para assentamentos do Incra.

Além de parlamentares, participaram da audiência representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e do Governo do Estado da Bahia. A audiência pública foi presidida pelo deputado federal Charles Fernandes.
Mais informações: http://www.codevasf.gov.br