Prefeitura de Conquista não paga conta de energia e Coelba deixa escola sem energia; Deus no comando


Foto: Blitz Conquista

A extensão da Escola Municipal Anísio Teixeira, localizada na via principal do bairro Conveima 2, está com o fornecimento de energia interrompido. O motivo: falta de pagamento de vários meses.

Fontes informaram que há, pelo menos, cinco contas vencidas. Sem energia, sem lâmpadas acessas, sem iluminação, as crianças assistem aulas na penumbra, o que afeta o aprendizado.

No final da tarde desta quinta-feira (29), a reportagem do BConquista esteve no local. A unidade estava fechada, mas foi possível observar que a Coelba colocou um tipo de presilha que impede o acionamento do disjuntor. A peça é conhecida pelos eletricistas como ‘unha de gavião’.

Foto: Blitz Conquista

Na quarta-feira (28), a reportagem entrou em contato com a Secretária de Comunicação para saber, oficialmente, o motivo do corte de energia. A resposta chegou 24h depois. Entretanto, a Secom não esclareceu o motivo do corte.

A nota se atém a dizer que o “problema na extensão da Escola Anísio Teixeira foi pontual e já está resolvido”. Na mesma nota a prefeitura informa: “A Smed – Secretaria Municipal de Educação ressalta que a escola funciona em dois períodos, manhã e tarde. Sendo assim, as aulas foram  mantidas normalmente”.

No mesmo horário que a nota foi enviada ao BConquista, a reportagem constatou que o fornecimento de energia permanecia interrompido.

È lamentável  que um governo chegue a esse ponto, um erro grave que prejudica tudo na escola, uma nota bestial,  ” a escola funciona pela manhã e a tarde”  e por isso não precisa da energia? a energia elétrica numa escola só serve para acender lâmpadas? a merenda escola nã necessita de geladeira para conservação? Enfim, um pouquinho de vergonha na cara não faz mal a ninguém.