Prefeitura de Vitória da Conquista, mais uma vez deixa remédios perderem a validade e prejudica a população


Comissão de Saúde encontra sala “entupida” de medicamentos vencidos no Almoxarifado Central da prefeitura de Conquista; em unidades faltam medicamentos.

Em mais uma reportagem sobre saúde, o jornalista Frarley Nascimento mostra o descaso da Prefeitura de Vitória da Conquista na gestão Pereira

Vereadores também constataram falta de medicamentos de uso contínuo.

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal visitou, na manhã desta quinta-feira, 22, o almoxarifado central da Prefeitura de Vitória da Conquista para apurar denúncias sobre a existência de medicamentos vencidos armazenados no local. Os vereadores Viviane Sampaio (PT), presidente da Comissão, e Cícero Custódio (PSL), relator, encontraram um grande volume de mediação vencida.

Os parlamentares foram recebidos por funcionários do local que informaram não ter autorização para o descarte dos medicamentos, os quais são armazenados em local à parte, enquanto aguarda para serem incinerados.

Viviane revelou ao BConquista que encontrou “uma sala totalmente entupida de medicação vencida”. A sala está fechada sem espaço para “colocar, sequer, uma caixa de medicação vencida”, destacou a edil.

De acordo com a vereadora, a decisão da prefeitura de retirar farmacêuticos das unidades de saúde da família gerou aumento de medicamentos vencidos no município. Ainda segundo Viviane, a sociedade precisa saber qual o valor em recursos públicos que será incinerado.

“Viemos aqui para saber o porquê de estarem estocando esses medicamentos que já não podem mais ser utilizados”, explicou o relator da Comissão, Cícero Custódio. Segundo ele, os funcionários do setor esclareceram que quando recebem produtos com validade próxima, encaminham para a Farmácia da Família onde existe uma demanda maior.

Ao receber os lotes, o Almoxarifado Central distribui os medicamentos para a zona urbana, rural, CAPS, Farmácia da Família, presídios, entre outros.

– Medicamentos vencidos e lixo hospitalar acumulado há três meses em postos de Conquista

– Após denúncia ao MPF prefeitura corre para recolher lixo hospitalar e medicamentos vencidos

– Vereadores encontram lixo contaminante, transportado irregularmente, armazenado em local inadequado em unidade de saúde

Essa não é a primeira vez que medicamentos vencidos são estocados em grande quantidade em dependências da Prefeitura. Em 2017, medicamentos vencidos e lixo hospitalar ficaram acumulados por vários meses em várias unidades de saúde. Após denúncia ao MPF a prefeitura correu para recolher lixo hospitalar e medicamentos vencidos.