Rui entrega Policlínica Regional de Saúde em Conquista; Pereira envergonhado foge da festa


 

O Governador da Bahia Rui Costa inaugurou na manhã desta quinta-feira(01) a Policlínica Regional de Saúde em Vitória da Conquista. O evento foi aberto à população e à imprensa e contou com a presença dos prefeitos e deputados de toda a região sudoeste. Apenas o prefeito de Conquista Herzem Gusmão, assim como a vice-prefeita, Irma Lemos, não participaram da solenidade. A prefeitura enviou como representante a Secretária Municipal de Saúde Ramona Cerqueira.

Rui Costa destacou que a inauguração da Policlínica foi realizada sem tapumes, sem atiradores de elite e sem medo do povo, diferentemente de como aconteceu, por ordem do presidente Bolsonaro, na inauguração do Aeroporto Glauber Rocha. “Quem quer governar tem que dar aberto à aplausos e reivindicações”, frisou. “Como fazemos em todas inaugurações desde que assumi em 2015, essa também foi aberta a todos. Aqui é um Governo do povo e que procura governar ao lado do povo”. Ele destacou também que batendo a marca de 600 viagens ao interior da Bahia para inaugurações e ordens de serviço de obras.

O presidente do consórcio interfederativo de Saúde, que irá gerir o novo equipamento, Quinho (prefeito de Belo Campo), comemorou a grande participação da população na solenidade. “Sabia que ia ter muita gente, mas não imaginava essa multidão. Isso é a força do nosso Governador, ele que vem mudando a realidade do povo do sudoeste da Bahia”, destacou. Na oportunidade, Quinho desejou a todos os funcionários da Policlínica um bom trabalho.

A Policlínica terá 93 profissionais, sendo que 71 atuarão para dar assistência à população de 28 municípios do sudoeste baiano. São médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos. Todos eles contratados em regime CLT pelo Consórcio Interfederativo de Saúde.

Para a construção da unidade, foram mobilizados cerca de 300 trabalhadores, gerando empregos na região. O Governo do Estado está investindo R$ 22,2 milhões na construção e aquisição de equipamentos, mobiliário e micro-ônibus para o transporte de pacientes que residem nos outros municípios integrantes do consórcio público de saúde. Esta será a 11ª policlínica entregue pelo Governo do Estado no interior. Este ano, já foram entregues as policlínicas de Paulo Afonso (12/07) e Juazeiro (30/07).

Os cerca de 618 mil moradores de dos municípios do consórcio formado por Anagé, Barra do Choça, Belo Campo, Bom Jesus da Serra, Caatiba, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Ibicuí, Iguaí, Itambé, Itapetinga, Itarantim, Macarani, Maetinga, Maiquinique, Mirante, Nova Canaã, Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Tremendal e Vitória da Conquista. terão a disposição consultas médicas em diversas especialidades como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

//i0.wp.com/blitzconquista.com.br/wp-content/uploads/2019/08/48430191321_3c97920bfd_k-990×660.jpg 990w, //i0.wp.com/blitzconquista.com.br/wp-content/uploads/2019/08/48430191321_3c97920bfd_k-1320×880.jpg 1320w” alt=”” width=”356″ height=”237″ />
Serão disponibilizados micro-ônibus para o transporte de pacientes que residem nos outros municípios

A policlínica também oferecerá diversos exames como ressonância magnética (com e sem contraste), tomografia (com e sem contraste), mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, ,histeroscopia, cistoscopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.

A gestão da policlínica será realizada em parceria entre Governo do Estado e os municípios que integram os consórcios. Os municípios cobrem 60% dos custos de operação, sendo que o valor é dividido proporcionalmente ao número de habitantes de cada um deles, e o Estado fica responsável pelos 40% restantes.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, o conceito dos consórcios regionais tem mudado a maneira de enxergar o sistema de saúde estadual. “Estamos consolidando esse modelo vitorioso, que tem se tornado cada vez mais uma referência de sucesso em todo o Brasil. É referência porque muda o paradigma entre os municípios, diminui os atritos e cria uma nova visão do sistema de saúde, em que todos se sentem parte do processo”, disse.

Policlínicas Regionais  – Ao todo, as dez unidades inauguradas na Bahia entre final de 2017 e primeiro semestre de 2018, somam mais de 550 mil atendimentos a cidadãos das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso e Juazeiro. Além da entrega de Vitória da Conquista, outras oito policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador, Barreiras, Itabuna, Jacobina, São Francisco do Conde, Simões Filho e Senhor do Bonfim. As policlínicas de Paulo Afonso e Juazeiro, entregues este ano, já entraram em operação./ Blitzconquista

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *