Prefeitura de Vitória da Conquista não cuida do meio ambiente


Colégio Dom Climério URBIS VI

Construir um modo de vida que mantenha o planeta saudável é o desafio de cada habitante da Terra. Por isso as ações devem ser contínuas e imediatas. Algumas medidas simples podem contribuir para manter recursos naturais e não poluir local em que vivemos.

Fechar a torneira durante a escovação dos dentes, a limpeza do corpo no banho e enquanto se ensaboa pratos e talheres ao lavar a louça economiza água. Acostume-se com banhos curtos. O desperdício de água pode ser controlado em outras atividades como lavar o carro e dar descarga no banheiro.

O gasto de energia elétrica pode ser reduzido apagando as luzes quando saímos dos cômodos como quarto e cozinha. Aparelhos eletrônicos que não têm necessidade de ficarem ligados full time também podem ser descartados eventualmente, como ar condicionado, ventiladores, televisores, aquecedores e etc.

Outra sugestão é separar um dia da semana da para lavar a roupa. A economia gerada com isso é de energia e água. O mesmo poder ser feito para passar a roupa.

Para lidar com o lixo pratique a coleta seletiva. Separe o lixo da sua casa em embalagens diferentes para material orgânico, plástico, vidro e metal. Se na sua cidade não houver caminhão de coleta seletiva, você pode procurar um destino particular para esse conteúdo.

Lixos especiais como baterias, pilhas e óleo devem ser despachados para locais especializados, pois o contato deles com o solo pode contaminar o meio-ambiente. Normalmente, grandes empresas e prefeituras possuem locais determinados para o recolhimento desse lixo.

 

Essa atitudes elencadas acima dependem de cada um de nós, entretanto a outras que dependem da  Prefeitura, como podar árvores, cuidar das praças e ruas, no caso do município de Vitória da Conquista esse cuidado governamental se restringe aos logradouros centrais, a periferia, sempre fica ao  ” Deus dará” haja vista a situação da escola Dom Climério, onde não há poda das árvores e alunos alegam medo de assalto, do outro lado já na Praça Agenor Brito Santos, nas Amendoeiras,  no Alto Marton, uma praça totalmente abandonada pelo  Governo Municipal.

2 responses to “Prefeitura de Vitória da Conquista não cuida do meio ambiente

  1. Paulo, fico admirado com ate que ponto chega o radicalismo, vc como jornalista sua obrigação e falara verdade , pois vc é um formador de opinião. Seu blog infelizmente não cumpri esta obrigação, sua briga e pessoal com o prefeito, quero vê o dia que vc vai fazer um elogio a administração. Porque vc não diz que Zé e Guilherme deixaram o asfalto todo arrebentando em conquista, as praças abandonadas, as ruas as escuras. Pense amigo vc tem um compromisso com a verdade, diga também as coisas boas do governo de Herzem, caso contrário ficara seu blog conhecido com o da inveja e maldade.

    1. Prezado, não sou radical, talvez você seja seja, e por assim ser, enxerga o radicalismo no outro, quanto ao que você atribui a Zé e a guilherme é mentira e evidentemente não posso dizer, mreu compromisso sempre foi e sempre será com a verdade, mas a verdade que salta aos olhos vistos, não a a verdade “guetista” que não passa de uma mentira, Vitória da Conquista jamais esteve as escuras, ou com asfalto cheio de buracos durante a sua história, poderia ter um ponto aqui, outro ali, atribuir tal fato a Zé ou a Guilherme é uma leviandade. Todavia, a guisa de esclarecimento lhe informo que toda a iluminação que existe hoje em Vitória da Conquista foi adquirida no governo de Guilherme Menezes, 3 mil lâmpadas e braços foram passados ao atual prefeito, uma usina de asfalto zero quilômetro, 11o milhões de reais em obras em andamento, tais como: 18 quadras poliesportivas 10 creches, asfalta para recapear 13 corredores do transporte coletivo, reconstrução do Terminal de ônibus da Lauro de feitas, projeto e dinheiro para construção do terminal para ônibus da Zona Rural 50 milhões de reais para continuação da avenida Perimetral que tem a extensão de 15KMS e não apenas dois, como está inaugurada, mesmo assim, a fase mais difícil foi feita por Guilherme Menezes. Além de tantas outras obras que soma 57, entre elas o teatro da Ernesto Dantas, adquirido por 1 milhão de reais, junto aos proprietários do Cine madrigal. As praças esportivas como os estádios Edvaldo Flores e Lomantão totalmente reformados na administração de Guilherme Menezes a Praça CEUS no Alto Maron, com cinema, esporte e biblioteca. Amigo: tem uma creche no Miro Cairo totalmente pronta, com quadra coberta, entregue ao atual governo e está comida pelo mato. Qual seria a obra do atual governo que eu deveria dizer, se fora Praça Vitor Brito, a reforma foi feita com emenda do Irmão Lázaro, o aeroporto feito pelo estado no governo Guilherme, talvez você esteja festejando a Praça Norberto Aurich; pois é essa construída pela Construtora PEL, mas ao custo de um terreno de 96 mil metros quadrados no Bairro Boa Vista, avaliado hoje em 35 milhões de reais, esse terreno Guilherme adquiriu para construir casas populares para nossos irmãos carentes, talvez você entenda que empregar na Prefeitura sem concurso parentes de quase todos os vereadores seja uma grande obra, ou pagar assessorias estranhas, emprestar uma máquina para a Prefeitura de Condeúba onde recebeu apoio político, não contente com isso, trazer o filho do prefeito que lhe deu apoio na campanha de deputado, para ganhar 10 mil reais mês em na Prefeitura. Se for isso, jamais farei, voc~e devia cobrar dele as 57 obras, o gasto de 110 milhões, que devem ser usados nessas obras. qualquer um que governasse a cidade com essa herança, faria um excelente governo. Não deixaria as crianças sem rerenda e sem transporte. Sinto muito. Mas fui educado para não ceder a sorrisos de aeromoça.

Comentários fechados