Novos horizontes do governo sombrio



O ônibus estacionado está quebrado

A linha Barra do Choça x Vitória da Conquista operada pela viação Novo Horizonte circula em dias úteis com 6 veículos fixos na faixa horária compreendida entre 05:45 as 23:00  . Cada ônibus realiza 4 viagens inteiras..ou seja  ida e volta de Rodoviária a Rodoviária. De acordo com uma fonte ligada a empresa, cada ônibus dessa linha fatura em média R$ 1700 / dia .

As cinco linhas concedidas à Viação Novo Horizonte teria uma arrecadação de  R$ 140 mil mês; mesmo tendo esses dados em mãos, a Prefeitura buscou uma maneira de fazer gentileza com o chapéu alheio e como o prefeito não zela pelo erário público, resolveu pagar pelo serviço R$ 810 mil.

Na verdade o quilômetro rodado pela Viação Novo  Horizonte nessa operação, custa aos cofres municipais R$ 13,10; enquanto que a  Viação Cidade Verde operava ao custo de R$ 2,30 por quilômetro rodado, por isso graças a benesse do prefeito Herzem Pereira, a Viação Novo Horizonte recebe por cada veículo utilizado nas linhas operadas, R$90 mil por mês, já a Viação Cidade Verde somente recebia em tese 16 mil reais.

Ao pagar essa fortuna de 13,50 reais por quilômetro rodado, para a empresa  não pode ser considerado um novo horizonte, mas sim, um novo “Eldorado” já que pelo valor de um terço,  se pode alugar qualquer ônibus em qualquer lugar do Brasil e ainda desfrutar de serviço de bordo.  Pereira quando quer agradar, exagera no carinho.

A Prefeitura de Vitória da Conquista  (com o serviço emergencial em cinco linhas ) operado pela Viação Novo Horizonte em trinta dias saqueará os cofres municipais R$ 810 mil , ou seja, 9 veículos custando cada um, 3 mil reais por dia .

Obs 1: os passageiros das linhas R-03  R-04, R-06, R-17 e D-42 não pagarão passagem durante esses trinta dias iniciais de emergência.

Obs2:  tanto na linha Conquista x Barra quanto no emergencial de Conquista os ônibus são do mesmo modelo ( exceto os micros). A tarifa Conquista x Barra custa R$ 5,50
Imagem relacionada