Voto vencido – Herzem Pereira se rende e assina adesão à Policlínica Regional


Herzem aderiu ao que ele chamou de “porra dessa policlínica”.

Em evento realizado Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae), na manhã desta quarta-feira (17), o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB) assinou a adesão ao consórcio intermunicipal da Policlínica Regional de Saúde. Publicamente, Herzem já afirmou que foi voto vencido: não queria fazer a adesão, mas o colegiado (setores da saúde) apontaram para o consórcio. Antes do evento, Herzem concedeu entrevista à imprensa e continuou fazendo críticas ao equipamento do Governo do Estado, demonstrando que ainda tem receio do sucesso da Policlínica.

O prefeito afirmou que está torcendo para que a Policlínica dê certo, mas já adiantou críticas a problemas que nem se quer aconteceram, pois o equipamento só entrará em funcionamento em junho. “O que faz os equipamento de saúde, e a engrenagem publica, funcionem mal é a ingerência política partidária”, disse. E garantiu que irá fiscalizar diariamente a Policlínica.

Ao reforçar as críticas ao equipamento do Governo do Estado, Herzem voltou a usar como exemplo o prefeito de Feira de Santana que teria cancelado os recursos à Policlínica, sugerindo que poderia, mais adiante fazer o mesmo. “Colbert (prefeito de Feira) me disse que deixou de fazer repasse porque a Policlínica está devendo mais de 3 mil procedimentos à prefeitura”, citou. Gusmão ainda lamentou as mudanças no processo de repasse e disse que o Governo do Estado “sequestra” o dinheiro dos municípios. “Mas agora já teve mudanças. Esse dinheiro é sequestrado na conta. A prefeitura não decide mais se vai pagar ou não”, disse.

Quinho: prefeito de Belo Campo e presidente do consórcio

Receio do sucesso da Policlínica e dos adversários políticos– Não é novidade para mais ninguém. Herzem tem sim medo que o equipamento de saúde do Governo do Estado dê certo, e da ascensão de Quinho, prefeito de Belo Campo, que é presidente do consórcio. Em áudios vazados no final de 2018, Gusmão assumiu o seu receio e xingou, com palavras de baixo- calão, o prefeito Quinho:

“Porque que não bota lá, essa porra dessa policlínica, em Belo Campo?”

“Manda Quinho pra puta que o pariu!

Relembre o áudio bombástico;

© 2019, BLITZ CONQUISTA. Todos os Direitos Reservados.