” Uma garotada sem interesses em política”


Jeremias Macário

Os adultos também devem parar de pensar e não mais se interessar por política, que é coisa do diabo, ou do satanás belzebu. Mas, quem não se interessa por política, já está fazendo política, que é uma atitude negativa e neutra de se isolar e se acomodar, só que ele não sabe disso. Assim agindo, a pessoa está anulando a si mesma.
Mais uma das barbaridades do capitão-presidente de que “quer uma garotada sem interesses em política”, quando da posse do novo gringo no Ministério da Educação militarizada, nos deixa estarrecidos, isto é, nem todos, porque a maioria está aceitando os atentados contra o livre pensar. O rumo que as coisas estão tomando pode nos levar à morte lenta da democracia e da liberdade, das quais ele tanto fala para nos enganar.
Até agora, a estratégia nestes 100 dias de governo, pouco percebida, tem sido de enfraquecer e minar as instituições, o Supremo Tribunal Federal, o Ministério Público (ninguém fala mais do caso do filho senador e suas trambicagens quando deputado pelo Rio de Janeiro) e criar uma animosidade com o Congresso Nacional para angariar a simpatia do povo e dar o golpe fatal para montar seu esquema autoritário, chamada de “democracia de força”, com os generais comandando o poder.
Pela reforma da Previdência Social, com o papo de se tratar de uma categoria com peculiaridades especiais e diferentes, a classe militar está sendo alçada ao seu posto mais privilegiado dentre as outras castas já existentes dos três poderes, incluindo ai o setor empresarial e o financeiro. Ao povo de trabalhadores e de menor poder aquisitivo dá-se um alento mentiroso de que os deputados vão ter suas aposentadorias igualdas.
O pacote da PEC contra a violência está nele incluído uma cláusula onde dá permissão e autorização ao militar para matar, como aconteceu recentemente com o fuzilamento do músico e sua família no Rio de Janeiro. O capitão Bozó nada falou (só depois de dias saiu dele um morno lamento), e o exército apenas prendeu os soldados para dar uma hipócrita satisfação à sociedade. Em pouco tempo, não se fala mais nisso. No caso da Marielle, prendem os milicianos, e não se vai mais longe quanto aos verdadeiros mandantes. A mídia está sendo amaciada e vai fazendo seu factual para a calada e muda sociedade.
GAROTADA SEM POLÍTICA
A grande maioria da nossa juventude atual, infelizmente, detesta estudar, ler e pensar, e agora recebendo está injeção venenosa de não mais se interessar pela política, vai ficar mais inculta e alienada. O capitão está derrubando todos os conceitos científicos e filosóficos, inclusive dos sábios gregos Sócrates, Aristóteles, Platão, Arquimedes e outros que diziam que o homem é por natureza um ser político, e que é ela que move o mundo para o bem ou para o mal. o qual está sempre acordado e vencendo porque o outro dorme.
Sem interesse pela política, no futuro próximo o Brasil não terá mais candidatos para vereadores, prefeitos, deputados, governadores e presidente da República. Será comandado por um ditador tirano que vai continuar proibindo o povo de pensar, ou então isso aqui vira uma anarquia. Além de contraditório, o Bozó não percebe que está “dirigindo” na contramão, inclusive trombando contra as pesquisas que não batem, nem coincidem com suas ideias malucas e retrógradas.
Interessante que ele nega que tenha existido ditadura e tortura no Brasil, mas, ao mesmo tempo, reconhece o holocausto e diz que não pode ser esquecido para que não mais se repita, e reafirma que conhecer o passado é assegurar o futuro. Quanto a ditadura, já não fala o mesmo e quer que a garotada não se interesse por política e aprenda errado o verdadeiro passado tenebroso. O Brasil está sendo sugado para o “buraco negro” do universo. Estamos sendo empurrados para o outro lado do incerto.
O Ministério da Educação quer agora regulamentar a educação domiciliar, justamente num país onde uma grande parte dos pais é analfabeta funcional, vindos de um fundamental ou de um ensino médio precários, e a outra parte mais instruída, que não está desempregada trabalha fora. Mesmo os de nível mais elevado não têm formação geral e pedagógica para ensinar todas as matérias aos seus filhos, sem contar da ausência de socialização das crianças com outras para se prepararem para o mundo exterior. Vamos dispensar professores e acabar com as escolas.
O capitão, que tem como guru o Olavo de Carvalho, o presunçoso que disse em entrevista ao jornalista Bial que é o melhor escritor do Brasil, e aconselhou que seu pupilo nomeasse seus três filhos para ministros de Estado, diz e faz coisa sem coisa, como vetar o preço do diesel estabelecido pela Petrobrás, prática esta adotada no PT de Dilma que foi um desastre.
Estamos assim, sem saber para aonde vamos, e o que pode acontecer lá na frente, tendo em vista as trapalhadas e pronunciamentos esquisitos, que até a própria direita liberal, que foi cínica, covarde e vingativa ao votar na extrema-direita, está assustada e perplexa. O próprio PT, que se alinhou com o que era de pior na política, e sujou suas mãos com a corrupção, já estava por si só se derretendo e seu fim já estava selado através das eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *