Queiroz grava vídeo para explicar dança no hospital


 

Em novo vídeo divulgado por sua família beste sábado (12), o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício de Queiroz, deitado em uma cama, diz que a gravação em que aparece dançando no hospital Albert Einstein aconteceu porque ele quis dar “cinco segundos de alegria a uma tristeza que se tomava dentro da enfermaria”. No novo vídeo ele se disse “revoltado” com a divulgação das imagens; assista aos dois vídeos, o da dança e o da explicação

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro afirmou que comemorava o réveillon com a família quando as imagens foram gravadas. “Estão dizendo que esse vídeo eu estava comemorando o não comparecimento meu ao Ministério Público. É muita maldade. É muita maldade.”

Ele diz que ainda está no pós-operatório e em tratamento médico.

“Eu fui submetido a uma cirurgia no dia 1º. Graças a Deus o tumor foi eliminado. Tão logo acabe tudo isso eu estarei pronto para esclarecer qualquer dúvida ao Ministério Público.” – afirmou.

 

Leia a seguir reportagem da TV 247 sobre o vídeo da dança e assista mais uma vez ao vídeo:

O ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro gravou um vídeo no hospital com a família em que debocha do povo brasileiro, num misto de escárnio explícito e humilhação. O vídeo viralizou nas redes sociais. Com uma música de fundo, a filha de Queiroz, de celular em punho, diz: “Agora é vídeo, pai!”. E prossegue: “Pega teu amigo, pega teu amigo!”. Queiroz e família dançam em meio a gargalhadas e sorrisos, tripudiando com olhares de deboche, num claro recado à críticas que vêm sofrendo em função do não comparecimento aos depoimentos convocados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Veja o vídeo: