‘Se todos os contribuintes pagassem, todos pagariam menos’, diz secretário da Receita


Jorge Rachid defendeu o enfrentamento à sonegação e fraudes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil-

O secretário da Receita Federal Jorge Rachid disse nesta segunda-feira (24) que o órgão tem atuado não apenas para coibir infrações tributárias, mas para combater a concorrência desleal.

A declaração foi divulgada pelo Ministério da Fazenda, em vídeo pelas redes sociais, quando Rachid defendeu o enfrentamento à sonegação e à prática de fraudes na arrecadação de impostos.

“Existe um trabalho muito forte para coibir a concorrência desleal. Se todos os contribuintes pagassem, todos pagariam menos, é isso que nós queremos”, disse.

No vídeo, o secretário da Receita Federal faz um balanço da gestão do governo no setor e cita os avanços nos atendimentos virtuais personalizados, que chegam a 90% dos casos, e no tempo de abertura de empresas, que foi reduzido no país.

“Chegamos agora a 48% das aberturas de empresas de até 3 dias. No conjunto total, 81% em até uma semana, então foi muito expressiva a redução de tempo”.

Rachid também ressaltou a conclusão parcial do portal único de comércio exterior, que já está em funcionamento para exportação, faltando ainda a etapa da importação.

Segundo ele, a ferramenta vai permitir a redução, no caso da burocracia exigida para a exportação, de 14 dias para 6,4 dias, aproximadamente. “Fora a redução de 90% em termos de documento, 60% em termos de preenchimento de formulários”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *