UESB emite nota sobre implantação da Policlínica Regional de Saúde em Conquista e em defesa da professora Monalisa Barros


por Reitoria


Nestes últimos dias, diferentes meios de comunicação deram destaque a uma fala do prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Pereira Gusmão, em que o mesmo se refere, de forma negativa, em geral, ao processo de implantação de uma Policlínica Regional de Saúde, mediante consórcio interfederativo envolvendo o Governo do Estado e diferentes municípios da Região Sudoeste, e, em particular, à atuação, na condição de Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Vitória da Conquista, da professora Monalisa Nascimento dos Santos Barros.

A professora Monalisa Barros integra o Conselho Municipal de Saúde na condição de conselheira indicada pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) que, como instituição formadora de profissionais de saúde, divide um assento no referido Conselho com a Universidade Federal da Bahia (Ufba), campus Anísio Teixeira. Nessas condições, a Uesb manifesta publicamente seu posicionamento a respeito do episódio e expressa seu irrestrito apoio às iniciativas adotadas pela professora Monalisa Barros, tendo em vista a construção de um modelo de assistência à saúde baseado, essencialmente, no reconhecimento dos direitos de cidadania de toda a população e na defesa intransigente da vida, da saúde e da dignidade humana.

A Uesb manifesta um duplo estranhamento em relação às falas atribuídas ao prefeito do município em relação ao processo de implantação da Policlínica Regional de Saúde. Em primeiro lugar, estranhamento às supostas insinuações de que, no âmbito da administração pública municipal, decisões de extrema relevância social possam ser tomadas tendo em vista, em primeiro lugar, o cálculo de interesse de grupos políticos específicos e não o imperativo de oferta de condições dignas de vida para a população em geral.

Estranhamento também pela constatação de que, embora o áudio com a fala do prefeito contenha trechos que sugiram se tratar de material editado e produzido em circunstâncias não esclarecidas, ainda assim, a Prefeitura Municipal não se pronunciou sobre o episódio e nem se esforçou em tornar pública qual é, afinal, a posição do executivo municipal diante da proposta de adesão ao consórcio que ora se organiza para assegurar assistência especializada em saúde aos cidadãos de Vitória da Conquista. A Prefeitura de Conquista é parceira da Uesb em diferentes ações de extensão e pesquisa – inclusive na área de saúde – e acreditamos sempre na possibilidade de esforços colaborativos, envolvendo diferentes entes públicos, em torno da construção de estratégias eficientes para o desenvolvimento da cultura, da ciência e da cidadania.

Nessas circunstâncias, a Uesb, por meio de sua Reitoria, vem a público não somente para se solidarizar, mas para endossar os princípios defendidos por Monalisa Barros enquanto profissional altamente especializada na área de saúde pública e enquanto militante em prol de um sistema público de saúde referenciado nos Direitos Humanos e nos Direitos Sociais dos usuários, na capacidade técnica dos profissionais e no compromisso político dos agentes públicos.

A Uesb é uma instituição que se orgulha de sua trajetória de quase 40 anos de atividades que integram o ensino de graduação e de pós-graduação, a pesquisa e a extensão, procurando assegurar possibilidades de formação profissional, acadêmica, cultural e ética a milhares de jovens do Sudoeste da Bahia e de várias outras unidades da federação.

Neste momento, a Uesb é também orgulhosa por partilhar de assento nessa importante instância de controle social que é o Conselho Municipal de Saúde e também orgulhosa por contar, em seu quadro de docentes, com profissionais como a professora Monalisa Nascimento dos Santos Barros, docente dos cursos de Psicologia e Medicina, graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia, mestre em Pesquisa Aplicada à População pela Universidade de Exeter (Inglaterra), doutora em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense, com pós-doutorado no Trinity College de Dublin (Irlanda) e que, no âmbito de sua militância social, não hesita em afirmar que “o meu partido é o SUS, objeto do meu trabalho, do meu ensino e da minha militância”.

Reitoria da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *