Prefeitura de Vitória da Conquista é multada em meio milhão de reais; mas esconde o fato da população


Quem soube da pequena multa aplicada pelo Tribunal de Contas dos Municípios ao prefeito de Vitória da Conquista , Sr. Herzem Pereira, não imagina a multa que os conquistenses pagaram pela irresponsabilidade do atual gestor. A multa por ter gastado mais do arrecadou em 2017, rendeu a Pereira uma multa de apenas 44 mil reais. Multa essa, que uma feijoada bem organizada é capaz de conseguir a verba e quitar o débito.
Quem vê a cidade de Vitória da Conquista bem iluminada, graças a compra de todo o material, ainda no governo de Guilherme Menezes, não imagina que por falta de responsabilidade com o erário público e também a falta de experiência administrativa do atual prefeito e sua equipe, custaria 500 mil reais de multa contra a prefeitura.
O fato é que toda mudança de sistema de iluminação, por contrato com a concessionária do serviço, COELBA, estabelece uma comunicação prévia, não havendo tal comunicação existe uma multa contratual estabelecida. Pois bem o açodado prefeito e seu secretário de serviços públicos, não observaram essa cláusula contratual e a COELBA aplicou a multa.
Essa atitude intempestiva gerou um prejuízo de 500 mil reais à Prefeitura, que já pagou a multa e sacrificou todos os conquistenses que pagam seus impostos. Pereira não entende que Deus não pode administrar a Prefeitura, quem foi eleito foi ele, está provado que Deus não está no comando de seu governo. Afinal o governo tá mudando, tá pior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *