Pereira mandou demolir, imitando Seu Costa: ” Não mandou derrubar”


Em 1919 o intendente de Vitória da Conquista, Sr. Francisco Costa, homem de poucas letras, era o presidente do Conselho Municipal, a sociedade precisa demolir um barracão que incomodava as pessoas, velho e sem higiene, o barracão era um problema de saúde pública, mesmo porque, no local se comercializa alimentos, sabendo da fraqueza cultural do  Intendente, seus pares preparam um projeto de lei e, no projeto escreveram a ordem do mandatário com a palavra demolir, Seu Costa achou que demolir era reconstruir, assinou o decreto.  No outro dia ao ver o barracão em ruínas, furioso indagou aos seus pares:  ” quem foi o filho da puta que derrubou o barracão? em couro os conselheiros responderam: Foi o Sr. Seu Costa,  Costa então retrucou: “seus idiotas, eu mandei demolir e não derrubar, cambada de ignorantes”.

“É brincadeira um negócio desse… que dinheiro jogado fora” , disse um popular que filmou a demolição da mureta.

A tão divulgada revitalização do Ceasa em Vitória da Conquista não para de gerar polêmicas.

A mureta que era construída para separar a Rua Catão Ferraz, começou a ser demolida antes de ficar pronta. A ordem teria sido do Prefeito Herzem Pereira. Com a destruição, o dinheiro público gasto será debitado na conta do contribuinte conquistense.

Desde que do início da obra que comerciantes e feirantes protestaram, porém, não foram ouvidos. Com a maior repercussão o executivo percebeu que a insatisfação ampliou. Sem saída, o prefeito teve que se dobrar e, no contumaz ‘efeito bumerangue’, voltou atrás e mandou demolir. com texto do Blitzconquista

O vídeo de um popular revoltado com ‘efeito bumerangue’ já circula nas redes sociais. Veja;