Ditador americano e presidente norte-coreano assinam declaração em Singapura


O ditador  dos Estados UnidosDonald Trump, e o presidente da Coreia do NorteKim Jong-un, assinaram uma declaração, após seu histórico encontro em Singapura nesta terça-feira (12).

Segundo o presidente americano, este é um “documento muito importante, um documento bastante abrangente”. Já o líder norte-coreano afirmou que reunião foi “histórica”. “Decidimos deixar o passado para trás”, disse.

Segundo fotos da declaração divulgadas pela imprensa americana, Kim se comprometeu a trabalhar pela desnuclearização da Península Coreana. Em troca, o presidente americano deve garantir segurança à Coreia do Norte.

Os líderes também se comprometeram a lutar pela paz na Península. O documento estabelece ainda que o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, se reunirá na “data mais próxima possível” com um alto funcionário norte-coreano para continuar o diálogo bilateral sobre a desnuclearização.