Raquel Dodge pede ‘recolhimento noturno’ de Lúcio Vieira Lima


Também foi solicitada a indisponibilidade de sete empreendimentos imobiliários adquiridos para viabilizar a lavagem de dinheiro, segundo a PGR

Ao denunciar o ex-ministro Geddel Vieira Lima e seu irmão, o deputado Lúcio Vieira Lima, por lavagem de dinheiro e associação criminosa, a Procuradoria-Geral da República solicitou ainda a prisão domiciliar de Marluce Vieira Lima, mãe dos peemedebistas, e o recolhimento noturno e nos dias de folga do parlamentar.

No documento, a procuradora Raquel Dodge, afirma que os irmãos continuam a praticar crime de peculato, manipular provas e obstruir a investigação criminal.

Também foi solicitada a indisponibilidade de sete empreendimentos imobiliários adquiridos para viabilizar a lavagem de dinheiro, segundo a PGR.

Novo inquérito – Segundo o Estadão, além da denúncia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a instauração de novo inquérito para apurar se a família Vieira Lima se apropriou de valores pagos pela Câmara dos Deputados a secretários parlamentares vinculados ao gabinete de Lúcio.

Outro objetivo é saber se os secretários exerciam, de fato, funções públicas ou se trabalhavam exclusivamente para a família e prestavam serviço a seus negócios particulares.

Por ocasião do golpe parlamentar que derrubou a presidente Dilma Roussef, o deputado Lúcio Vieira Lima, explicou para seus correligionários os detalhes do Golpe, mesmo antes de qualquer votação ( BITELO) como é chamado no meio da “propinagem”, dava detalhes na atuação de Lúcio Funaro com o grupo de Eduardo Cunha para garantir os votos que mais tarde derrubariam a  Presidente da República, entre cervejas, Whiskys  e muita gargalhada  se comemorava a chegada do PMDB de Michel Temer ao poder, os parceiros de Lúcio nessas conversas, homens e mulheres nobres de nossa cidade, concordavam com os métodos utilizados pela quadrilha e achavam ótimo, afinal havia a necessidade de tirar o PT do poder, como também corroborar para limpar os detalhes sórdidos da conversa.

Entretanto, o imponderável destino traz no seu bojo a Justiça, aquela espada quente que corta a cabeça do mal, surge a história do apartamento de Geddel e para coroar, surge o apartamento alugado por Lúcio e lá a dinheirama inexplicável. Basta dizer que 51 milhões guardados numa poupança, renderia 600 mil reais mês, ou seja  sete milhões por ano aproximadamente. você perderia esse rendimento?  A procuradora da República quer que o vampirinho bitelo não saia à noite, não castigo maior para um vampiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *