Governo Pereira faz desocupação no Cidade Bonita


É preciso uma nova política habitacional. Uma política que impeça a financeirização da moradia e priorize a construção de casas para as famílias mais pobres em regiões bem localizadas e urbanizadas. Uma política que estimule o povo organizado a construir em autogestão, sem a interferência de empreiteiras corruptas. Uma política que controle o preço dos aluguéis e estabeleça programas sérios e duradouros de aluguel social. Uma política que destine os mais de 6 milhões de imóveis vazios para fins de moradia.

Sem dúvida, para construir essa nova política é necessário vontade para enfrentar poderosos interesses. Por isso, a mobilização popular e a pressão das ruas, das ocupações, associações de moradores e movimentos organizados os trabalhadores é fundamental. Quanto mais ocupações, protestos e lutas forem realizados mais força o povo pobre terá para conquistar o tão sonhado direito humano de morar dignamente.

Não há outra maneira de conseguir o direito a moradia se não for na pressão, bombas de gás, tiros de bala de borracha, muita dor, muito choro, porém se não for no sofrimento nada vai mudar, meu velho pai dizia: ” Governo não dá nada, governo cede”.

Na manhã dessa segunda-feira, 04, a Prefeitura Municipal, com apoio da Polícia Militar, iniciou uma operação de guerra na invasão do Nova Cidade,  mais precisamente na localidade denominada  Cidade Bonita, localizado no bairro Primavera. Dezenas de militares e prepostos da prefeitura surpreenderam os moradores da invasão. Às 6h30 o primeiro casebre começou a ser desocupado.
O governo anterior construiu mais de 14 mil moradias populares visando abrigar as pessoas, cujo desenvolvimento social, ainda não lhes permitiram receita para adquirirem moradia sem ajuda governamental. Todavia, o atual governo não sinaliza nenhuma política que possa minorar o problema das invasões urbanas e dessa forma as desocupações contra os pobres continuam, aos ricos, tolerância total.

Enfim, nos parece que essa luta está difícil de terminar, a moradia é um direito humano, o município de Vitória da Conquista, viu nascer um bairro, onde os lotes foram doados às pessoas consideradas de baixa renda, depois, casas populares foram construídas, esgotamento sanitário e pavimentação, trata-se do ” Vila América”, localizado no Bairro Boa Vista, iniciativas como essa, por certo melhorariam a qualidade dessa gente carente. Essa decisão política cabe ao estadista, ao compromissado que a repartição do bem estar comum.

Em nota oficial o Partido dos Trabalhadores repudiou a atitude da Prefeitura de Conquista.NOTA DO PT SOBRE A DESOCUPAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *