Exaltação à Vitória da Conquista- Pelos seus 177 anos


Paulo Pires

Paulo Pires
Precisam te descobrir sobre o Planalto do Periperi
Precisam saber que estás no último Braço da Serra Geral
Como a mesma discrição das tribos que outrora te habitavam
Teus habitantes hoje, todos eles, consomem o hálito dos ventos mineiros
E a tua baianidade coloca um sotaque raro, uma sintaxe própria de alegria
Imitação exata do odor exalado das pétalas encontradas nas Rosas de tua Paz
Aquelas flores que exibes no Jardim Central, outrora Rua Grande,
São transposições ou aperitivos do Poço Escuro… cujos rios estão escondidos
Sob o silêncio das tardes doces como licores na Casa de Henriqueta Prates
Onde está Aydil Fernandes Santos Silva?
Não é mais possível encontrá-la? Então que se busque Humberto Flores
Ele sabe muito bem muitas passagens de tuas histórias.
Bem, agora é hora de a gente se deitar sob o teu Céu nublado,
Precisamos de muitas chuvas para que possamos disfarçar nossas lágrimas de alegria
Pelo teu mais aniversário …
Sim, agora com 177 estás mais próxima de 200
São anos vindos e vividos, tantas adolescências e tantos que já se silenciaram
Mas todos te amaram, como eu, ou melhor, ou mais, que não tenho nem palavras.
Feliz Aniversário Vitória da Conquista, nós te amamos! Parabéns Saúde, Paz e muito Amor.