Tragédia anunciada: Pereira trai os servidores municipais interrompendo valorização da categoria


Essa matéria alcançou 140 mil acessos, não sei porquê.

 Com uma inflação acumulada em 4,8%, os servidores da prefeitura municipal  de Vitória da Conquista esperavam que o reajuste, fosse ao menos a reposição das perdas geradas pela inflação do período. Em 20 anos,é a primeira vez, que o servidor municipal não recebe a reposição inflacionária. Nos governos petistas, o servidor sempre recebeu aumento superior a inflação, mesmo assim, fez sucessivas greves, as quais sempre foram apoiadas pelo atual gestor e sua equipe. Todavia, é interessante frisar que o servidor municipal votou maciçamente no prefeito Pereira e esse no seu programa eleitoral do meio dia, na rádio Clube, prometia melhorias significativas para o assalariado municipal, eu sabia que era mentira, mas o servidor acreditou e lhe confiou o voto. Por outro lado a despeito de procurar irregularidades na administração passada, gasta inexplicavelmente R$ 400.000,00 ( quatrocentos mil reais) com empresas de consultoria (só nomenclatura?) persegue o homem da kombi; derruba os barracos dos pobres; persegue os hippies; complica o trânsito da cidade; persegue jornalistas; desrespeita decisão judicial; libera fechamento de bairros para ricos; legaliza o transporte clandestino, mas a lei é apenas sua; mantem relação incestuosa com o Sindicato dos Rodoviários; invade a Secretaria de Finanças  à noite, faz programa alugado numa rádio que não pode vender horário; compra pneu de baixa qualidade, no vizinho país  chinês; mente para a população dizendo que o aeroporto é obra de Geddel, e que a barragem  será construída por intervenção sua; tenta se apropriar do serviço da UNACON  ( convênio entre o governo federal e a Prefeitura, celebrado na gestão passada). Tira foto com ministro da Ciência e Tecnologia e diz que está tratando da legalização de rádios AM e FM, portanto um falastrão irresponsável e mentiroso. Por fim o espertalhão fala em bênçãos, palavras proféticas como se Deus o escolhesse como seu porta voz: Estou aqui pra informar á população- O Brasil vai colher agora, a maior safra de grãos da história, os juros automaticamente cairão  para um dígito, as exportações elevadas geram empregos, o dinheiro do FGTS do trabalhador que estava retido, está no mercado, cerca de 30 bilhões no país e 15 milhões em Vitória da Conquista, entre outros fatores, a inflação cairá, nesse momento, o servidor seria valorizado caso recebesse 6% de aumento.  De modo que não tem nada a ver com profecia desse fundamentalista tupiniquim.  Veja a excelente reportagem do blog do Anderson.

 

Fotos: BLOG DO ANDERSON

O Plenário Vereadora Carmem Lúcia lotou na manhã desta terça-feira (16) para uma grade assembleia do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vitória da Conquista (SINSERV). Após muitas explanações o presidente do SINSERV deflagrou greve que poderá ser iniciada na manhã da segunda-feira (22). A categoria tem como principal objetivo o reajuste salarial no valor de 10%, no entanto em mesa de negociação o Governo Municipal disse que a proposta não foi acatada pelo prefeito Herzem Gusmão Pereira.

Sendo assim, os salários permanecerão congelados, eis o motivo da revolta dos trabalhadores. Do Legislativo Conquistense os manifestantes seguiram até a Prefeitura de Vitória da Conquista na tentativa de conversar com o gestor municipal, mas até o meio dia ainda não haviam sido atendidos. “Fora Geanne”, “Prefeito fujão”: eis um dos gritos em protestos a professora Geanne de Cássia Oliveira Nascimento e ao prefeito Herzem Gusmão Pereira. Em nota, “a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista informa que atendeu 42% da pauta de reivindicações apresentada pelo Sinserv, inclusive, o reajuste de 25% do auxílio- alimentação. No entanto, a postura, neste momento, é de prudência, diante da projeção da receita líquida do município e da Lei da Responsabilidade Fiscal. 

A Administração Municipal já apresentou aos Sindicatos os índices financeiros, destacando a preocupação com a manutenção do limite prudencial de 51,3% da sua receita gastos com a folha de salários; limite esse que visa garantir que outros serviços públicos sejam mantidos e a população em geral não seja prejudicada. O Governo Municipal está trabalhando com a hipótese da reforma administrativa, já agora no segundo semestre, que desenhará um novo cenário de carreira e de adequação do servidor. Além disso, a Administração informa que o aumento de 25% no vale-alimentação, para todas as categorias de servidores, será pago por meio de cartão. A Prefeitura informa ainda que, em razão de uma parceria recentemente firmada com a Unimed, uma proposta de plano de saúde estará disponível aos servidores municipais a partir de 1º de julho.

Se aderir, o servidor terá direito a uma tabela diferenciada. Entre as vantagens, não haverá carência, taxa de adesão nem co-participação, além da possibilidade de inclusão de dependentes. O Governo Municipal adotou uma postura de diálogo, tendo ouvido os sindicatos, recebido os representantes dos servidores em diversas ocasiões e esclarecido, em detalhes, o quadro financeiro atual do município”. Confira a seguir uma entrevista com o presidente do SINSERV, José Marcos Santos Amaral, quando ele falou sobre esse movimento.

One response to “Tragédia anunciada: Pereira trai os servidores municipais interrompendo valorização da categoria

  1. É inadmissível tal situação, usurpar o direito do trabalhador em detrimento a empresas “estrangeiras” que mal conhecem a cidade. Contrataram um profissional para mapear as linhas das vans aqui em conquista….de Salvador?!
    Têm aí outras com o nome de DOM e PJ, que , certamente, vão prejudicar o servidor (como eu) em relação aos seus salários e benefícios como férias e 13º. Sem contar ainda que eles colocaram a folha da Torre para o saldo da Prefeitura, fazendo o município extrapolar a LRF.

Comentários fechados