16.198 casos confirmados, 15.366 já recuperados; 246 mortos

De acordo Boletim epidemiológico deste domingo (17), 43 novos casos da Covid-19 foram diagnosticados no município. Com os novos dados, o número de pessoas que já foram contaminadas pela doença passou para 16.198. Destas, 15.366 estão recuperadas e 586 pacientes estão em recuperação – (56 internados em Vitória da Conquista, 4 em outros municípios e … Leia Mais


Bancários do BB promovem paralisação contra o sucateamento do banco

Nesta sexta-feira (15), as bancárias e bancários do Banco do Brasil de Vitória da Conquista promoveram uma paralisação, retardando a abertura das agências em uma hora, contra o projeto do governo de sucateamento do banco. A manifestação faz parte de um dia de luta que aconteceu por todo país. A diretoria do BB anunciou, na … Leia Mais


244 óbitos de Conquistenses, sem controle estatal chegaremos a 600 mortos em 2021

Segundo informações do Boletim epidemiológico atualizado desta quarta-feira (13), o município contabiliza 15.749 casos confirmados da Covid-19. Desse total, 14.625 pessoas já se recuperaram e 880 que ainda apresentam sintomas continuam em recuperação – 63 deles estão em internamento hospitalar em Vitória da Conquista, outros quatro estão internados em outros municípios e 813 em tratamento … Leia Mais


Morre Maria Alice Santos Melo


Falecida ontem Maria Alice Santos Melo, funcionária da Receita Federal há quase 4 décadas, muito querida e respeitada pela sociedade conquistense, membro da tradicional família Melo, filha de Manoelito Magalhães Melo, reverenciado fotógrafo de Vitória da Conquista, e Maria Anita Santos Melo. Muito devota a Maria Santíssima e ao espírito Dr. Bezerra de Menezes, Alice partiu vitimada por parada cardíaca. Deixa filha, Karla Raíssa, e netinha de pouco mais de um ano, Linda Alice, e muita saudade. Que possa ser bem recebida na espiritualidade. Emocionante mensagem de seu colega de trabalho radialista Jânio Freitas


Embasa realiza mutirão durante campanha de negociação em Vitória da Conquista


 

 

Diante da grande procura pela campanha de negociação de débitos, a Embasa prorrogou o prazo das condições especiais de pagamento até o dia 29 de janeiro. Para garantir o atendimento aos usuários que estão procurando a empresa em Vitória da Conquista, a partir desta quarta (13) será realizado um mutirão na loja de atendimento do Centro Cultural Glauber Rocha.

O atendimento no local seguirá os protocolos de segurança e acontecerá em área aberta sem acesso ao interior da loja de atendimento. Os usuários interessados em negociar seus débitos devem comparecer munidos de documentos pessoais e uma conta ou número de matrícula.

Durante o período da campanha, a Embasa está oferecendo facilidades para negociação de débitos com a exclusão de multa e juros, parcelamento e a utilização de cartão de crédito, entre outras vantagens. A efetivação da negociação evitará a suspensão no fornecimento de água do imóvel com débito.

As condições especiais podem ser simuladas na Agência Virtual Embasa (no site ou aplicativo) ou pelo teleatendimento (0800 0555 195). Caso seja preciso realizar a atualização ou alteração da titularidade, é necessário apresentar também um comprovante de vínculo com o imóvel (escritura, compra e venda, contrato de aluguel, carnê do IPTU, conta da Coelba, etc).


238 mortos,  15.469 casos confirmados da Covid no município; 14.453 estão recuperados


O boletim epidemiológico desta segunda-feira (11), registra o total de 15.469 casos confirmados da Covid-19 em Vitória da Conquista, sendo que 14.453 deles são de pessoas já estão recuperadas da doença. Ainda estão em recuperação 778 pacientes sintomáticos – 66 deles estão em internamento hospitalar em Vitória da Conquista, outros três estão internados em outros municípios e 709 em tratamento domiciliar.

Estão sob investigação 6.635 casos suspeitos de infecção pela Covid-19 que aguardam por classificação final, dos quais: 6.530 esperam pela investigação laboratorial e 105 pelo resultado do exame RT-PCR – as amostras são encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

Ainda nesta segunda (11), a Secretaria Municipal de Saúde confirmou o falecimento de dois pacientes que estavam internados e tiveram complicações em decorrência da Covid.

237º óbito – Mulher de 47 anos, moradora do bairro Ibirapuera, portadora de Hipertensão. Estava internada desde o dia 1º de janeiro no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 11 de janeiro.

238º óbito – Mulher de 78 anos, moradora do bairro Conveima I, portadora de Hipertensão. Foi internada no dia 4 de janeiro no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 8 de janeiro.

Ocupação de Leitos – Atualmente, a rede hospitalar do SUS no município disponibiliza 153 leitos (70 de UTI e 83 enfermarias) para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pela Covid-19. Hoje, estão internados 93 pacientes, que além de Vitória da Conquista, são residentes de outros  municípios da macrorregião:

Clique aqui para acessar o Boletim epidemiológico completo.


Coronavírus: 235 conquistenses mortos


De acordo com o Boletim epidemiológico atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde, o número de casos confirmados da Covid-19 chegou a 15.090 nesta quinta-feira (7). Desse total de pessoas infectadas, 13.909 já estão recuperadas da doença e outras 946 seguem em recuperação – 40 em internamento hospitalar e 906 em tratamento domiciliar.

Ainda aguardam por classificação final 8.625 casos suspeitos de infecção pela Covid-19, sendo que 8.323 esperam pela investigação laboratorial e 302 pelo resultado do exame RT-PCR – as amostras são encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

A Secretaria de Saúde confirmou, ainda nesta quinta (7), o falecimento de outros três pacientes que estavam internados e tiveram complicações causadas pela Covid.

233º óbito – Mulher de 73 anos, moradora do bairro Urbis VI, portadora de Doença Neurológica Crônica e Doença Pulmonar Crônica. Ela estava internada desde o dia 18 de dezembro e evoluiu para óbito em 2 de janeiro.

234º óbito – Mulher de 91 anos, moradora do bairro Guarani, portadora de Doença Cardiovascular. Foi internada no dia 21 de dezembro no Hospital São Vicente, onde faleceu em 28 de dezembro.

235º óbito – Mulher de 89 anos, moradora da zona rural do município, portadora de Doença Cardiovascular e Pneumopatia Crônica. Estava internada desde o dia 26 de dezembro e veio a óbito no dia 3 de janeiro.

Ocupação de Leitos – Atualmente, a rede hospitalar do SUS no município disponibiliza 153 leitos (70 de UTI e 83 enfermarias) para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pela Covid-19. Neste momento, 98 pacientes estão internados nos leitos disponíveis – são residentes de Vitória da Conquista e dos seguintes municípios da macrorregião:

Clique aqui para acessar o Boletim epidemiológico completo.


14.970 casos confirmados;  232 óbitos e 970 em recuperação


O município registrou, até esta quarta-feira (6), o total de 14.970 casos confirmados da Covid-19, sendo que 13.768 deles são de pessoas já recuperadas da doença e 970 que ainda seguem em recuperação – 35 em internamento hospitalar e 935 em tratamento domiciliar.

Ainda há 8.491 casos suspeitos de infecção pela Covid-19 que aguardam por classificação final, dos quais: 8.164 esperam pela investigação laboratorial e 327 pelo resultado do exame RT-PCR – as amostras são encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

Foram confirmados hoje (6), os óbitos de mais dois pacientes que estavam internados e tiveram complicações causadas pela Covid.

231º óbito – Homem de 75 anos, morador do bairro Panorama I, sem comorbidades mencionadas.  Estava internado desde o dia 28 de dezembro no Hospital de Clínicas de Conquista (HCC), onde evoluiu para óbito no dia 3 de janeiro.

232º óbito – Homem de 62 anos, morador do bairro Panorama, portador de Doença Cardiovascular, Diabetes Melito e Obesidade. Estava internado desde o dia 25 de dezembro no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 4 de janeiro.

Ocupação de Leitos – Atualmente, a rede hospitalar do SUS no município disponibiliza 153 leitos (70 de UTI e 83 enfermarias) para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pela Covid-19. Neste momento, 100 pacientes estão internados nos leitos disponíveis – são residentes de Vitória da Conquista e dos seguintes municípios da macrorregião:


  Coronavírus: 14.776 casos confirmados; 988 seguem em recuperação; 230 conquistenses mortos


De acordo com o Boletim epidemiológico publicado nesta terça-feira (5), foram contabilizados 14.776 casos de pessoas que já se infectaram com a Covid-19 no município. 13.558 delas já estão recuperadas, e outras 988 ainda apresentam sintomas e seguem em recuperação – 29 em internamento hospitalar, e 959 em tratamento domiciliar.

Estão sendo investigados 7.923 casos notificados com suspeita de infecção pela Covid-19, que aguardam por classificação final. Desse total, 7.579 esperam pela investigação laboratorial, e 344 pelo resultado do exame RT-PCR – as amostras são encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, ainda nesta terça (5), os falecimentos de dois pacientes por complicações da doença.

229º óbito – Mulher de 70 anos, moradora do bairro Candeias, sem comorbidades relatadas. Faleceu no dia 4 de janeiro, no Hospital São Vicente.

230º óbito – Homem de 82 anos, morador do bairro Kadija, portador de Diabetes Melito. Estava internado desde o dia 29 de dezembro, no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 4 de janeiro.

Ocupação de Leitos – Atualmente, a rede hospitalar do SUS no município disponibiliza 153 leitos (70 de UTI e 83 enfermarias) para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pela Covid-19. Neste momento, 94 pacientes estão internados nos leitos disponíveis – são residentes de Vitória da Conquista e de outros  municípios da macrorregião:


Curso de Jornalismo da Uesb tem site premiado em evento nacional


“O ensino do Jornalismo como instrumento de defesa para uma sociedade democrática” foi tema do 19º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo (ENPJ) e 15º Ciclo Nacional de Pesquisa em Ensino e Extensão, promovido pela Associação Brasileira de Ensino do Jornalismo (Abej) no último mês de novembro, em formato remoto.

Durante a realização do evento, o trabalho “Site Avoador e a editoria de checagem Xereta: jornalismo no combate à desinformação”, apresentado pela professora Carmen Carvalho, recebeu a premiação de menção honrosa, na categoria Atividade de Extensão. A premiação considerou a qualidade dos trabalhos apresentados nos cinco grupos de pesquisa do 15º Ciclo de Pesquisa em Ensino e Extensão em Jornalismo, que foi votado entre todos os participantes e a mediadora do Grupo de Trabalho (GT).

Para a professora Carmen, o prêmio significa a certificação de que o trabalho realizado pelo site está no caminho certo, na busca de levar informação confiável, responsável e ética à comunidade de Conquista e região. “Esse prêmio mostra ainda o quanto as universidades estaduais baianas realizam um trabalho inovador e de qualidade no interior do Estado”, acrescentou.

A docente também apontou a qualidade do ensino de Jornalismo na Uesb. “A premiação só coroa uma trajetória de formação embasada na ética, na qualidade técnica e na conexão com as tendências trazidas pela tecnologia. Podemos dizer que no interior da Bahia há um curso de Jornalismo que faz a diferença na comunidade e no ensino que realiza”.

Sobre o Avoador – O Site Avoador é um produto laboratorial da disciplina Jornalismo Digital, coordenado pela professora Carmen, e que teve início em 2016. De lá para cá, por conta da repercussão causada pelo trabalho realizado, o site foi transformado em um projeto de Extensão, que se propõe a ser um experimento de pesquisa aplicada.

“É assim que temos trabalhado: produção de conteúdo jornalístico com a reflexão sobre a prática realizada. Por meio do grupo de pesquisa Jornalismo Importa temos apresentado trabalhos no Brasil e no exterior. Felizmente, esse trabalho tem recebido a participação de muitos estudantes que se dedicam a produzir jornalismo e ciência”, sublinhou a professora..