Estudo diz que 90% dos eleitores de Bolsonaro acreditaram em fake new

Foto: Reprodução / TV Globo Estudo da organização Avaaz apontou que 98,21% dos eleitores do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), foram expostos a uma ou mais notícias falsas durante a eleição, e 89,77% acredita o coordenador de campanhas da Avaaz, Diego Casaes. De acordo com dados da pesquisa, 93,1% dos eleitores de Bolsonaro entrevistados viram as notícias sobre a fraude nas … Leia Mais


deputado Waldenor Pereira emite nota pública

O Brasil que saiu das urnas neste dia 28 não nos deixa outro caminho senão aquele que sempre trilhamos que é o da luta. Vamos seguir na defesa da democracia, da classe trabalhadora e dos direitos humanos. O governo eleito sinaliza um forte conjunto de retrocessos que vai impactar negativamente a sociedade brasileira. Como deputado … Leia Mais


Bolsonaro venceu em apenas quatro cidades da Bahia; veja as cidades

Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) formou maioria de votos em apenas quatro municípios da Bahia: Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Buerarema. Nas outras 413 cidades Fernando Haddad (PT) venceu nas urnas, na maioria com mais de 60% dos votos válidos. Na cidade do oeste baiano, … Leia Mais


Fátima Bezerra vence no RN e amplia vitória da esquerda no NE

DIVULGAÇÃO Fátima Bezerra (PT) foi uma das seis parlamentares que ocuparam a mesa do Senado contra a votação da reforma trabalhista São Paulo – Com mais de um milhão de votos (57,60% dos válidos), a senadora Fátima Bezerra (PT) venceu a eleição para o governo do Rio Grande do Norte. Ele superou Carlos Eduardo  (PDT), que teve 753 … Leia Mais


Bolsonaro é presidente eleito, um fato da democracia. Mas, em Vitória da Conquista, resultado da eleição deixa recado


 

Giorlando Lima
No primeiro turno Jair Bolsonaro, do PSL, obteve 58.938 votos (34,76%) dos eleitores conquistenses que compareceram às urnas. Fernando Haddad, do PT, ficou à frente, com 72.590 votos (42,73%). O petista havia vencido em duas das três zonas eleitorais, com Bolsonaro ganhando apenas na 41ª, composta, predominantemente, pelas urnas dos bairros Recreio e Candeias. Já no segundo turno, Haddad ganhou em todas as zonas eleitorais e ampliou a frente, chegando a 58,07% dos votos, superando, em percentual e números absolutos, a votação do prefeito Herzem Gusmão no turno final de 2016*, com 100.750 votos. Bolsonaro, eleito presidente da República nesta domingo, teve 72.763, ou 41,93%.

Um detalhe chama a atenção: mesmo com a forte chuva deste domingo, a abstenção foi menor. No dia 7 de outubro, 32.032 eleitores deixaram de votar; no segundo turno, faltaram 30.327 eleitores. O sentimento de virada que dominou os seguidores de Haddad e a disposição de evitar que isso acontece, da parte dos bolsonaristas, garantiu a eleição com a maior participação da história das disputas presidenciais em Vitória da Conquista. E o resultado foi uma inversão do resultado nacional, com Haddad à frente, com uma diferença de 27.987 votos.

A maior votação proporcional do presidente eleito ocorreu, mais uma vez, na 41ª zona eleitoral, onde ele obteve 48,92% e Haddad 51,08%. Em relação ao primeiro turno, Bolsonaro teve 5.477 votos a mais, enquanto Haddad cresceu quase três vezes mais: 13.230. O petista teve seu maior percentual na 40ª zona, que é composta pelas seções do interior do município: 75,99%, ante 24,01% de Jair Bolsonaro. No primeiro turno o presidente eleito teve 5.252 votos na zona rural e no segundo 8.187, portanto, cresceu cerca de 56%; já Haddad saiu de 22.694 para 25.913, crescendo apenas 14,20%. (mais…)


Haddad se apresenta como líder da oposição a Bolsonaro


Fernando Haddad, fez um discurso forte pouco depois de 20h em São Paulo no qual, com uma frase tomada do hino nacional brasileiro, apresentou-se como um dos líderes da frente de oposição ao governo Bolsonaro: “verás que um professor não foge à luta” -em seguida, citou literalmente o hino: “nem teme quem te adora, a própria morte”; foi uma uma referência indireta ao fascismo que, historicamente, tem a morte como um de seus símbolos; Haddad disse que não é hora de “aceitar provocações nem ameaças” e nem “deixar nosso país para trás”; afirmou ainda que está “à disposição do país” e que, “como milhões de pessoas, coloco o país acima do meu bem-estar”

 O candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, fez um discurso forte pouco depois de 20h em São Paulo no qual, com uma frase tomada do hino nacional brasileiro, apresentou-se como um dos líderes da frente de oposição ao governo Bolsonaro: “verás que um professor não foge à luta”. Em em seguida, citar literalmente o hino: “nem teme quem te adora, a própria morte”. Foi uma referência indireta ao fascismo que, historicamente, tem a morte como um de seus símbolos. Haddad disse que não é hora de “aceitar provocações nem ameaças” e nem “deixar nosso país para trás”; afirmou ainda que está “à disposição do país” e que, “como milhões de pessoas, coloco o país acima do meu bem-estar”.

Ele falou para centenas de apoiadores de sua campanha, ao lado de sua mulher, Ana Estela, da candidata a vice-presidente de sua chapa, Manuela D’Ávila, e do candidato do PSOL, à Presidência, Guilherme Boulos, entre outros líderes, num discurso transmitido pelas redes sociais de sua campanha e do PT.

Haddad disse ainda que “tem muita coisa em jogo” e que será necessário “continuar na caminhada”  para “garantir as instituições”.

agradeceu o apoio de todos os brasileiros e brasileiras que defenderam a democracia. “Gostaria de agradecer meus antepassados que me ensinaram o valor da coragem e a defender a justiça a qualquer preço. Todos os demais valores dependem da coragem”, afirmou.

Assista ao depoimento de Fernando Haddad na TV 247:

 


Com 55,13% dos votos, Bolsonaro é eleito presidente com projeto de extrema direita



Rui agradece por votação de Haddad na Bahia e pede respeito às urnas


“Democracia é liberdade e respeito à vontade da maioria. A Bahia fez a sua parte”, escreveu o governador no Facebook

Reprodução: Ulisses Dumas
Foto: Ulisses Dumas / Divulgação

 

Na mesma linha do pronunciamento do candidato derrotado a presidente Fernando Haddad (PT), o governador Rui Costa (PT) pediu respeito ao resultado das urnas, ao comentar a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial.

“A candidatura de Haddad não foi de um único partido, mas sim de diversos segmentos da sociedade civil organizada, que foi às ruas defender a democracia. Infelizmente, não foi o resultado que eu e a grande maioria dos baianos desejava. Mas é muito importante respeitar o resultado das urnas, que representa a vontade da maioria dos brasileiros. Democracia é liberdade e respeito à vontade da maioria. A Bahia fez a sua parte”, escreveu Rui no Facebook.

O petista também agradeceu os 73% dos votos válidos do eleitorado baiano a Haddad no segundo turno.

“Vou continuar trabalhando dia a dia e defendendo os interesses da Bahia, sempre atento a cada passo do Governo Federal em relação ao nosso estado e aos direitos dos trabalhadores. Terei uma posição firme e atenta, desejando sempre contribuir para que o Brasil volte a crescer e gerar empregos. Que o nosso país reencontre o caminho da paz e do amor. Que Deus nos abençoe!”, finalizou o governador.


VOX 247: HADDAD EMPATA, TEM 50% E DISPUTA SERÁ VOTO A VOTO


 Pesquisa Vox 247 realizada neste sábado 27, e financiada pelos eleitores, aponta empate entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), indicando para a possibilidade real de virada neste domingo 28; nos votos totais, os percentuais são de exatamente 43% a 43%; ninguém/brancos/nulos são 9% e “não sabe” ou “não respondeu”, 5%; nos votos válidos (contando apenas a intenção de voto efetiva em cada candidato), os percentuais são de exatamente 50% a 50%

Pesquisa Vox 247 realizada neste sábado 27 aponta empate entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), apontando para uma virada real neste domingo 28, data da votação do segundo turno.

Nos votos totais, as intenções de voto são de exatamente a 43% a 43%. Ninguém/Brancos/Nulos são 9% e “não sabe” ou “não respondeu”, 5%.

Nos votos válidos, os percentuais são de exatamente 50% a 50%.

Os votos espontâneos para presidente, quando os eleitores citam o nome do candidato espontaneamente, são de 51% a 49% para Bolsonaro.

Esta pesquisa foi registrada junto à Justiça Eleitoral no dia 21 de outubro, sob o número BR-09614/2018. Foram entrevistados 2.000 eleitores de 16 anos ou mais, em 121 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

A pesquisa Vox 247 foi a segunda encomendada pela Editora 247 ao instituto Vox Populi financiada totalmente por eleitores, membros da comunidade 247, assinantes solidários ou não do portal e da TV 247. Para isso, foi aberta uma campanha de financiamento coletivo no site Catarse, ainda aberta.

A pesquisa Vox 247 do dia 6 de outubro, véspera da votação do primeiro turno, foi a que mais se aproximou do resultado das urnas no primeiro turno das eleições de 2018, em comparação às dos outros dois institutos de pesquisa mais tradicionais do país, o Ibope e o Datafolha.


Fascista dispara e mata eleitor de HADDAD no Ceará


Homem foi baleado e morreu durante a carreata do candidato a presidência Fernando Haddad (PT), na noite deste sábado, 27, no centro de Pacajus. Conforme uma moradora, a movimentação era grande muitas pessoas presenciaram o momento do crime. Familiares da vítima que participavam da carreata relataram que o rapaz estava dentro de um automóvel e o criminoso saiu de um Gol Branco e efetuou vários disparos

Dos Jornalistas Livres – Homem foi baleado e morreu durante a carreata do candidato a presidência Fernando Haddad (PT), na noite deste sábado, 27, no centro de Pacajus.

Conforme uma moradora, a movimentação era grande muitas pessoas presenciaram o momento do crime. Familiares da vítima que participavam da carreata relataram que o rapaz estava dentro de um automóvel e o criminoso saiu de um Gol Branco e efetuou vários disparos.

A vítima foi encaminhada a um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme familiares, Charlione Lessa Albuquerque, de 23 anos, trabalhava como servente de pedreiro em Fortaleza. Ele estava no automóvel com a mãe e participava da carreata quando foi baleado.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime.  O POVO Online solicitou informações sobre o crime à Secretária da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e aguarda informações do órgão.


HADDAD: Vitória não será minha nem do PT, mas da esperança e da liberdade


Ricardo Stuckert

“Se eu tiver a honra de receber esse crédito desses brasileiros, a minha atitude será, em primeiro lugar, reconhecer a natureza dessa vitória, que não é de uma pessoa ou de um partido, mas de um projeto de nação. É um voto na esperança, na democracia e na liberdade”, disse neste sábado 27 o candidato da frente democrática, Fernando Haddad (PT), que tem recebido diversos apoios na véspera da eleição

 O candidato da frente democrática, Fernando Haddad (PT), disse neste sábado 27, véspera da eleição, que se tiver a honra de vencer, a vitória não será dele ou do PT, mas da nação, e representará a esperança e a liberdade.

“Se eu tiver a honra de receber esse crédito desses brasileiros, a minha atitude será, em primeiro lugar, reconhecer a natureza dessa vitória, que não é de uma pessoa ou de um partido, mas de um projeto de nação. É um voto na esperança, na democracia e na liberdade”, disse Haddad.

“Viver com medo não dá. Temos que viver com paz. Estou recebendo apoio de muitos políticos, inclusive de antipetistas, que entenderam que a saída democrática é mais importante, independente se vão fazer oposição ou posição ao governo”, declarou ainda.

Haddad participou hoje de uma caminhada da paz em Heliópolis, periferia da zona sul de São Paulo. Trechos dos discursos foram postados em sua conta no Twitter.