Oxfam: bilionários têm mais riqueza que 60% da população mundial

Elite mais rica acumula grandes fortunas às custas da população que mais faz trabalho não remunerado: mulheres e meninas Riqueza dos mais privilegiados do mundo resulta também da exploração sem limites de tarefas ainda reservadas às mulheres, aponta documento da Oxfam Brasil de Fato – Os 2.153 bilionários do mundo possuem uma riqueza maior do que … Leia Mais


Matrícula na rede estadual começou hoje (20)

Além disso, os pais ou responsáveis poderão fazer a matrícula dos alunos pela internet e dispositivos móveis, através do SAC Digital Redação Foto: Secretaria de Educação do Estado da Bahia   A matrícula da rede estadual de ensino para o ano letivo de 2020 começou hoje (20) . O processo teve início nessa data com … Leia Mais



Deputado do DEM recebeu mala de dinheiro em apartamento da Câmara

Delator diz que ex-secretário de Turismo da Paraíba, Efraim Filho, recebeu R$ 2 milhões para apoiar reeleição de ex-governador Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputado   O ex-secretário de Turismo da Paraíba, deputado federal Efraim Filho (DEM), recebeu uma mala de dinheiro com R$ 2 milhões para apoiar a reeleição do ex-governador do estado, Ricardo Coutinho. … Leia Mais


Secretário de Bolsonaro que fez vídeo nazista será demitido

Jair Bolsonaro teria se decidido nesta manhã a afastar o secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, que copiou a mensagem de Joseph Goebbels, ideólogo do nazismo. Defesa do nazismo foi considerada absurda até no governo Roberto Alvim (Foto: Clara Angeleas/SECOM)  A jornalista Miriam Leitão, em sua coluna no jornal O Globo, informa que o secretário especial da … Leia Mais


Brasil registra mais de 1,5 milhão de casos prováveis de dengue


Ministério da Saúde

O Brasil está em situação de alerta para as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. O Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde notificou mais 1,5 milhão de casos prováveis de dengue, no ano passado. No período, 754 óbitos foram confirmados.

A maior incidência de casos da doença ocorreu na região Centro-Oeste. Foram mais de 1,3 mil casos por 100 mil habitantes. Em seguida, estão as regiões Sudeste, com 1,1 mil casos, e o Nordeste, com 372 casos por 100 mil habitantes.

Cláudio Maierovitch, médico sanitarista da Fiocruz de Brasília, explica que as questões climáticas e ambientais influenciaram para que determinadas regiões sejam mais afetadas que outras.

“Quando coincide a época quente com a de chuva e uma alternância entre períodos de chuva e períodos curtos de estiagem, estão dadas as condições ótimas para a reprodução do mosquito. Ele tem uma atividade maior no calor e precisa da água para se reproduzir.

Maierovitch ainda enumera outros fatores importantes para a proliferação da doença.

“Locais onde há uma concentração maior de pessoas, onde há intermitência ou falta de abastecimento de água que leve as pessoas a armazenar água dentro de casa, onde há falta ou deficiência na coleta de lixo… Tudo isso favorece a existência dos chamados criadouros, que são os locais onde os mosquitos se reproduzem”.

São Paulo e Minas Gerais concentraram a maioria dos casos prováveis do país. Ambos os estados registraram mais de 900 mil notificações, em 2019. Uma das vítimas foi Jaqueline Simões, 24 anos, do município mineiro de Janaúba. A psicóloga pegou dengue neste ano, após ir com amigos para o rio Gorutuba. Foi uma semana de cama, febre alta que chegou a 40 graus e dores fortes na cabeça e no estômago.

A jovem ficou tão debilitada que perdeu um processo seletivo para mestrado. Não bastasse a dengue, Jaqueline foi vítima do Aedes aegypti em outras ocasiões: em 2014, ela pegou chikungunya e, em 2017, zika na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais. Hoje, ela analisa o quão doloroso foi o período em que pegou as doenças.

“Só passando para saber! Eu mesma não dava muita importância para isso, mas depois que eu senti, é muito difícil, é muita dor. É angustiante, pois não tem como ficar deitada, você não consegue dormir bem, para tudo. Até para ir ao banheiro fazer necessidades básicas é muito difícil”.

Em relação à distribuição espacial da dengue, o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde mostra que cerca de 50 regiões distribuídas nos estados do Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Acre, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará apresentaram taxas de incidência acima de 100 casos por 100 mil habitantes.

Em relação à letalidade por dengue, a taxa foi maior entre os idosos a partir de 60 anos, sendo que os mais afetados foram aqueles com mais de 80 anos.

Para evitar a proliferação da dengue, é importante que todos façam sua parte. Por isso, cuidado com água acumulada em casa, que pode se tornar possíveis criadouros, como vasos de plantas, pneus, garrafas e piscinas sem uso e manutenção.

Você já combateu o mosquito hoje? A mudança começa dentro de casa. Proteja a sua família. Para mais informações, acesse saude.gov.br/combateaedes.


Governador sanciona lei que altera quadro de carreiras de policiais e bombeiros militares


Matéria foi aprovada pelo parlamento estadual na noite desta quarta-feira (15)

Foto: Romulo Faro/bahia.ba
Foto: Romulo Faro/bahia.ba

 

O governador Rui Costa (PT) sancionou o Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) que promove alterações na legislação para acelerar promoções nas carreiras dos policiais militares e dos bombeiros militares do estado.

O projeto sancionado pelo governador cria o Quadro Especial de Tenentes Auxiliares, nas duas corporações (PM e Bombeiros).

Agora, os praças que adquirirem os pré-requisitos para serem promovidos poderão optar por ingressar em uma das opões existentes. Podem escolher o Quadro Especial de Tenentes Auxiliares, que prevê saída para a reserva após adquirir os requisitos para inatividade, ou optar pelo Quadro de Oficiais Auxiliares, que permite uma maior progressão na carreira, podendo chegar até a patente de tenente-coronel.

A matéria foi aprovada pelo parlamento estadual na noite desta quarta-feira (15) com os votos contrários dos deputados Targin


Bolsonaro desiste de dar subsídio à conta de luz de igrejas; vai evitar proliferação de milagres


“A política da economia é não ter mais subsídio. Falei com eles [religiosos] que está suspensa qualquer negociação nesse sentido”, disse o presidente

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (15) que suspendeu “qualquer negociação” sobre a possibilidade de dar subsídio à conta de luz de templos religiosos de grande porte.

De acordo com o líder do Executivo brasileiro, a decisão foi ratificada após uma reunião com o missionário R.R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, e o deputado Silas Câmara (Republicanos), pastor da Assembleia de Deus, dos representantes da bancada evangélica no Congresso.

Apesar do recuo da proposta, Bolsonaro defendeu sua viabilidade, afirmando que “o impacto [financeiro] seria mínimo na ponta da linha” – em um afago ao eleitorado evangélico, o presidente frisou que o veto ao subsídio partiu da equipe econômica.

“O impacto seria mínimo na ponta da linha, mas a política da economia é não ter mais subsídio. Falei com eles [religiosos] que está suspensa qualquer negociação nesse sentido.”


Chineses visitam área onde iniciará obra da Ponte Salvador-Itaparica


Executivos da empresa China Railway Construction Corporation Limited (CRCC) visitaram a área onde deverá ser iniciada as obras da ponte Salvador-Ilha de Itaparica, uma fábrica de pré-moldados, na região de Valéria, e o Porto de Salvador nesta quarta-feira (15), acompanhados do vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado. O grupo chinês é detentor de uma das empresas que compõe o consórcio vencedor da licitação, a CR20.

“Estamos estudando a melhor viabilidade de infraestrutura viária na região, o suporte para a construção civil, conhecemos as áreas e os dois túneis da Via Expressa, onde será o início da ponte. Mostramos onde será o marco dessa importante obra. Ou seja, o processo está iniciado e espero, daqui a 4 anos, anunciar a inauguração da nossa ‘Bonitona’”, disse Leão.

Em seguida, o vice-governador se reuniu na SDE com a comitiva da China, composta por Tian Yiaoyu, executivo responsável pela CRCC na América Latina, e Liu Zhiyuan, gerente Sênior da CRCC para América Latina. O grupo chinês criou a empresa CRCC Investimentos, no ano passado, para participar de todos os investimentos da China na América do Sul.


UESB: Vestibular 2020: como se dar bem na Redação?


Com foco na realidade social, econômica, política e cultural do país, a prova de Redação é uma das mais aguardadas nos processos seletivos. No Vestibular Uesb, não poderia ser diferente. Com peso máximo para qualquer um dos 47 cursos de graduação, a Redação exige um bom desempenho tanto no plano do conteúdo como no plano da expressão.

Para auxiliar os vestibulandos, a Assessoria de Comunicação produziu mais um vídeo para o canal oficial da Uesb no YouTube, com dicas especiais voltadas para a prova de Redação. Existe diferença entre a prova do Vestibular da Universidade e a a prova aplicada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)? Quais são os principais critérios a serem observados? Já dá para apostar em alguma temática?

Todas essas perguntas são respondidas pelo professor de Redação, Caio Aguiar, que é licenciado em Letras e mestrando em Linguística pela Uesb. Prepare o bloco de anotações e aperte o play para conferir o primeiro vídeo da série “Vestibular Uesb 2020 – X da Questão”.


Privatização dos Correios pode causar demissão de 40 mil trabalhadores


Defendida pela equipe econômica, a venda da estatal pode acarretar demissões em massa; dias atrás, Jair Bolsonaro declarou que não venderia a empresa para não prejudicar os servidores, mas há setores no governo que defendem a venda da empresa até 2021

A privatização dos Correios está sendo planejada para o final de 2021 e pode acarretar a demissão de 40 mil trabalhadores.

Executivos de empresas privadas dizem que fariam o mesmo serviço com praticamente a metade do quadro atual de 100 mil funcionários.

A equipe econômica do governo não pretende absorver os trabalhadores que forem descartados com a venda da estatal.  Isto poderia criar um precedente para as próximas privatizações.

Devido à complexidade da operação – que envolve também o passivo do fundo de pensão Postalis, a data prevista para a apresentação do formato de privatização ficou para o fim de 2021, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

O  presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) propõe a quebra do monopólio dos Correios, mas a execução não é simples. A avaliação é que alcançaria apenas o setor de cartas e há dúvidas sobre se as empresas se interessarão em atuar fora dos grandes centros urbanos.


Com 900 empregos, mineradora Atlantic Nickel retoma atividades na Bahia


Nos próximos dias, a empresa realizará o primeiro embarque de 10 mil toneladas de concentrado de níquel, via Porto de Ilhéus

Foto: Divulgação/Atlantic Nickel
Foto: Divulgação/Atlantic Nickel

 

A empresa Atlantic Nickel, do grupo Appian Brazil, celebrou a retomada das operações da mina Santa Rita, no município de Itagibá, com uma marca: 900 empregos, diretos e indiretos, gerados na região.

A solenidade, que contou com a presença do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, ocorreu nesta terça-feira (14). Nos próximos dias, a empresa realizará o primeiro embarque de 10 mil toneladas de concentrado de níquel, via Porto de Ilhéus, para a empresa Trafigura, uma das maiores tradings de metais do mundo.

“A Atlantic Nickel, antiga Mirabela, tem a oportunidade de transformar a região de Itagibá, com todo seu potencial de extração e exportação de minérios. E o Governo da Bahia é um parceiro do desenvolvimento, fortalecendo os investimentos em infraestrutura viária, para impulsionar o escoamento da produção mineral em todo estado”, destaca Leão.

Já o presidente da Atlantic Nickel espera avançar ainda mais na produtividade da mineradora. “Nossa meta ficará ainda mais desafiadora. Este ano vamos produzir 15 mil toneladas de produto. Vamos fazer, no mínimo, 11 embarques. Tudo com as melhores práticas operacionais, de segurança e socioambientais”, afirma Paulo Castellari, CEO da Appian Brazil e presidente da Atlantic Nickel.

Appian Capital Advisory é um Fundo de capital privado, com sede em Londres, criado para atuar exclusivamente nos setores de metais e mineração. Tem experiência na implantação de mais de 60 minas na América do Sul, América do Norte, Austrália e África e suas transações totalizam mais de US$ 200 bilhões.