Pacientes terão novos medicamentos para tratamento da psoríase

As novas opções de tratamentos são alternativas para casos mais graves da doença ou para quando o paciente não responde bem aos medicamentos já ofertados Pacientes com psoríase passam a contar com quatro novos medicamentos para o tratamento gratuito da doença no Sistema Único de Saúde (SUS). Essas tecnologias são alternativas para casos mais graves … Leia Mais


Ex-prefeito de Itambé tem contas rejeitadas

O Tribunal de Contas dos Municípios, em julgamento nesta terça-feira (17/09), rejeitou as contas da Prefeitura de Itambé, relativas ao exercício de 2016, da responsabilidade de Ivan Fernandes Couto Moreira. O ex-prefeito extrapolou o limite máximo de 54% para despesa total com pessoal, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, não cumpriu o art. … Leia Mais



Quais serão os filmes cobrados no Vestibular Uesb 2020?

Para todos os candidatos que estão se preparando para o Vestibular Uesb 2020, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e a Comissão Permanente do Vestibular (Copeve) acabam de divulgar a lista dos filmes que farão parte das provas do processo seletivo. Neste ano, foram selecionadas três obras, em parceria com o Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo. Confira: … Leia Mais


Consórcio do Nordeste lança edital para compras coletivas de saúde

O extrato do primeiro edital de compras coletivas do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste será publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial do Estado (DOE). O anúncio foi realizado por governadores da região após encontro em Natal, no Rio Grande do Norte, na tarde desta segunda (16). “Depois de toda a apresentação ao … Leia Mais


Empresários vão ao legislativo propor debate sobre projetos que tratam de material plástico


A tramitação de dez Projetos de Lei que tratam de proibição de canudos e sacolas plásticas nos restaurantes, bares, e diversos estabelecimentos comerciais do estado, levou dirigentes de sindicatos e entidades ligadas à indústria do setor a procurar o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, e o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Zé Raimundo, para reunião sobre o assunto, ocorrida na tarde desta segunda-feira, 16, no gabinete da Presidência da Alba.
Eles manifestaram a preocupação com os impactos financeiros sobre a indústria e alertam que isso consequentemente refletiria no aumento de desemprego. No entanto, disseram que reconhecem a necessidade de uma ampla legislação e uma política de controle ambiental, especialmente na reciclagem de produtos plásticos. A indústria de plásticos na Bahia está concentrada nos municípios de Camaçari, Lauro de Freitas, Salvador e Vitória da Conquista e de acordo com os empresários as 220 empresas do setor geram 11 mil empregos diretos, com um faturamento anual de R$ 3 bilhões.

O presidente da ALBA, Nelson Leal ficou de propor aos líderes partidários e presidentes das comissões a realização de debate sobre a questão que possa aprofundar e esclarecer a situação. Zé Raimundo observou que “Já existem boas experiências legislativas que articulam as exigências para combater o desperdício e os danos ambientais, nas diversas atividades produtivas”. (mais…)


O que o Brasil precisa


J.A. Puppio

Todos os brasileiros hoje estão preocupados com os destinos do Brasil. E todos indiscriminadamente concordam que nós não precisamos de reuniões que não levem a nada e nem de uma máquina pública do tamanho que temos no Brasil.

Temos uma das maiores arrecadações do Planeta, advinda da maior carga tributária que se tem notícia. No entanto, temos também um dos maiores índices de mortalidade infantil, a maior rede de esgoto a céu aberto e um analfabetismo de fazer vergonha.

Segundo a Unesco, o Brasil é o 8º País com mais adultos analfabetos do mundo. Isso tem nome: uma péssima distribuição de renda e um dos maiores índices de corrupção do mundo. O Brasil atingiu no ano passado a sua pontuação mais baixa e a pior colocação no Índice de Percepção da Corrupção (IPC), divulgado anualmente pela Transparência Internacional, desde que a metodologia passou a permitir a comparação anual, em 2012. Com 35 pontos – em uma escala de 0 a 100 –, o País é agora o 105.º colocado entre 180 nações avaliadas. Em 2017, estava com 37 pontos no 96.º lugar .

Apesar disso, o Brasil é um País gigante, com uma economia extremamente forte, que passa por uma das piores recessões da história, causada por sucessivos desgovernos e não precisa do número de senadores, deputados e assessores na quantidade existente atualmente. Precisa sim de homens honrados que justifiquem os votos que receberam nas urnas e não precisa de centenas de secretários que não chegam a nenhuma decisão favorável para a população. O Brasil precisa de políticos trabalhadores que sempre estejam com objetivos da melhoria da vida do povo.

Precisamos de hospitais, escolas, estradas bem cuidadas, além de empregos e de serviços que nos façam progredir, que tragam para nossos filhos um futuro melhor pois o que estamos conseguindo ver é que uma quadrilha que ficou no poder por mais que 15 anos e que ainda está conseguindo roubar o povo, tirando todo e qualquer futuro de nossos filhos.

Sabemos que uma andorinha sozinha não faz verão e que precisamos de políticos que apoiem o presidente na criação de alternativas e caminhos para o Brasil. O País não vai deslanchar se não houver vontade política. Se não tivermos políticos sérios não adianta democracia, porque vamos para o buraco democraticamente.

Precisamos de apoio para as reformas e de políticos que pensem no legado que vão deixar para os brasileiros e não na próxima eleição.

*J.A.Puppio é empresário e autor do livro “Impossível é o que não se tentou”


Petróleo sobe 12% após ataques de drone contra instalações sauditas


Petróleo sobe 12% após ataques de drone contra instalações sauditas

Foto: Agência Brasil

O preço do petróleo disparou nos mercados globais neste domingo (15) em reação aos ataques de drones a petrolíferas na Arábia Saudita no sábado (14), que podem levar a uma redução de metade da produção diária de petróleo saudita.

O barril do petróleo Brent chegou a um pico de US$ 70,98 no mercado futuro, um aumento de 18% em relação ao fechamento de sexta-feira (13), mas depois recuou, registrando alta de 12%. Os ataques provocaram incêndios em Abqaiq, maior instalação de processamento de petróleo no mundo, e em Khurais. Houve uma redução estimada de 5,7 milhões de barris por dia na produção, o equivalente a 6% do abastecimento mundial.

O presidente da estatal saudita Aramco, Amin Naser, declarou que estão sendo realizadas “obras” para restabelecer a produção de petróleo bruto do país. O ministro da Energia, o príncipe Abdulaziz bin Salman, afirmou que a redução será compensada com as reservas.

Uma disparada no preço do petróleo pode afetar a economia mundial, já abalada pela guerra comercial entre EUA e China e as sanções da Casa Branca contra o Irã. Em uma rede social, o presidente Donald Trump afirmou que autorizou o uso de petróleo da Reserva Estratégica dos EUA, em quantidade a ser determinada. Mais tarde, ele escreveu: “Acreditamos saber quem é o culpado [pelos ataques]”, acrescentando que os EUA “estão prontos para reagir, dependendo da confirmação.”

O presidente evitou mencionar o Irã, mas na véspera o secretário de Estado, Mike Pompeo, acusou diretamente o país persa. Segundo Pompeo, não há nenhuma prova de que “o ataque sem precedentes contra o fornecimento mundial de energia” tenha partido do Iêmen -apoiados pelo Irã e há cinco anos em confronto com uma coalizão militar saudita, rebeldes houthis iemenitas reivindicaram a ação.

(mais…)


Novas regras para a primeira carteira de habilitação já estão valendo


O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) chama a atenção das autoescolas e dos candidatos à primeira carteira de habilitação para as mudanças na legislação. Passou a valer, nesta segunda-feira (16), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) 778, que alterou o processo de formação de condutores.

A principal mudança foi a redução na carga horária das aulas práticas para habilitação categoria B (carros), de 25 horas para 20 horas, sendo que uma das aulas deve acontecer no período noturno. Antes, o candidato tinha que fazer 20% do curso prático à noite. O uso do simulador de direção agora é facultativo. No estado, uma portaria do Detran-BA antecipou em um mês a nova regra do simulador.

Para os candidatos à habilitação categoria A (motos), foram mantidas as 20 horas de aulas práticas e houve redução no número de aulas noturnas, de quatro para uma.

No caso da Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), usada por quem pilota motos “cinquentinhas”, a carga horária do ensino prático diminuiu de dez para cinco horas. A autoescola poderá permitir o uso de um veículo apresentado pelo candidato, que tem a opção de não fazer as aulas teóricas e práticas, realizando somente as provas, no prazo de 12 meses. Se houver reprovação no exame, a parte teórica do curso torna-se obrigatória.

O diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel, comentou as mudanças na legislação. “A ideia foi ampliar o acesso da população à carteira de habilitação, sem deixar de priorizar a segurança no processo de formação do condutor”.


Professor Cori diz que governo municipal deve assumir papel e resolver problema do cemitério


Imagem Professor Cori diz que governo municipal deve assumir papel e resolver problema do cemitério

Na sessão ordinária desta sexta-feira, 13, o vereador Professor Cori (PT) destacou a visita das Comissões de Fiscalização dos Atos do Executivo e de Direitos Humanos ao Cemitério do Kadija, por meio de sua pessoa e dos vereadores Cícero Custódio (PSL), Nildma Ribeiro (PcdoB), Viviane Sampaio (PT) e Valdemir Dias (PT), além do coordenador de Serviços Básicos, José Marques.
Segundo o vereador, as denúncias veiculadas na imprensa local são verídicas, pois o que a comissão presenciou foi a superlotação do cemitério, que dentro de um ano não terá mais espaço para sepultamentos. “A prefeitura tem que  apresentar a solução e colocar em prática, é preciso agilizar a construção das gavetas verticais, ampliar o cemitério, promover campanhas com a comunidade para esclarecer o problema e pedir aos familiares que autorizem a exumação dos corpos de seus entes, com a transferência dos restos mortais para um ossário”, disse.
Ainda, conforme o Professor Cori, a prefeitura precisa também apresentar um projeto com uma área pública para a construção de um novo cemitério, porque o atual está estagnado. “É fato, nós conversamos com Zé Marques, ouvimos as denúncias na imprensa, pessoas sepultadas em arruamentos destinados ao acesso dos carros funerários, é preciso que o governo em vez de buscar culpados, que assuma seu papel na posição em que está e resolva o problema”, ressaltou, afirmando que o papel da Câmara é fiscalizar, do contrário, terá que fechar as portas.

Viviane afirma que prefeitura é quem penaliza população e não a Câmara


Imagem Viviane afirma que prefeitura é quem penaliza população e não a Câmara

Na sessão desta sexta-feira (13), a vereadora Viviane Sampaio (PT), Líder da Bancada de Oposição, rebateu críticas de alguns colegas que defendem a imediata aprovação de um novo empréstimo pretendido pela prefeitura junto à Caixa Econômica. Viviane e a sua bancada querem mais explicações da gestão municipal antes de qualquer aprovação. Segundo a parlamentar, “quem está penalizando Vitória da Conquista não é a Câmara de Vereadores e sim o Poder Executivo, na pessoa do prefeito Herzem Gusmão, que não está tendo a devida competência para administrar Vitória da Conquista”.
Ela ainda frisou que a saúde municipal vive uma descontinuidade das políticas. “Mesmo recebendo o repasse do governo federal de forma contínua, o governo municipal não vem conseguindo executar as questões mínimas da Secretaria Municipal de Saúde”, falou. Viviane relatou ação das comissões de Saúde, da qual é presidente, e de Fiscalização dos Atos do Executivo na Santa Casa. Os vereadores estiveram na unidade para “entender a real situação da Santa Casa”. Ela destacou que são três meses de atraso de repasses da prefeitura para o hospital, apesar de o governo federal estar em dia com a gestão municipal. “De quem é essa incompetência de não conseguir gerir, verdadeiramente, os recursos que são destinados ao nosso município?”, questionou. A Santa Casa informou que teve uma reunião com a prefeitura que prometeu ajustar os pagamentos.
A parlamentar afirmou que não é possível comparar a gestão Rui Costa na área de saúde com a de Herzem Gusmão na mesma área, pois este “nem sequer conseguiu terminar as obras do PAC 2, que foram deixadas pela gestão anterior, o empréstimo dos R$ 45 milhões do Finisa, que foi aqui prestado contas de mais ou menos R$ 12 milhões”. De acordo com Viviane, a Casa não é contra o empréstimo de R$ 60 milhões. “Nós queremos é prestação de contas” do que foi feito com o primeiro empréstimo. A vereadora ainda frisou que a gestão municipal deve comprovar se tem capacidade de contrair uma nova dívida e aplicar de forma eficiente o recurso na melhoria de vida da população.
Ela explicou que a Bancada de Oposição está fazendo estudos e debates para tomar a melhor decisão. Ela destacou que a Câmara tem discutido todos os problemas apresentados pela população, buscando diálogo e solução.

Fantasmas, rachadinhas, impunidade e o rio de tragédias


Jeremias Macário

” Quanto mais veemente for um prelado contra os gays, quanto mais forte for sua obsessão homofóbica, maior a probabilidade de este não estar sendo sincero e de a sua veemência esconder algo de nós”. Esta frase é do escritor Frédéric Martel, autor do livro “No Armário do Vaticano”, que deve ser lido por todos, especialmente pelos católicos e cristãos.
Não é esta a questão da qual pretendo tratar, mas serve para uma reflexão quando uma pessoa evoca, ou aborda veementemente um determinado tema, como moralidade, democracia, honestidade, ética, combate aos marajás e à corrupção, ou se posiciona tanto homofóbico, xenófobo e racista. Vivemos hoje numa sociedade tão dividida, entre o ódio e a intolerância, que não sabemos mais quem é quem.
FANTASMAS E RACHADINHAS
É um Brasil no divã, onde o psiquiatra dorme de tanto ouvir fatos, declarações e acontecimentos estarrecedores, que não mais estarrecem os brasileiros. Há pouco, o moço Carlos Bolsonaro disse que através da democracia o país não irá resolver seus problemas, insinuando uma intervenção ditatorial pelo governo. Tem muita coisa de podre neste reino.
Será que ele falou isso para esconder seus “fantasmas” que ele emprega em seu gabinete de vereador do Rio de Janeiro, ou melhor, Rio das Tragédias? Com uma ditadura, seus funcionários “fantasmas” não poderiam ser revelados pela mídia. Tudo seria encoberto, como foi durante o regime civil-militar de 1964.
O seu irmão Flávio adota, ou adotava outra prática chamada de “rachadinhas”, quando era deputado pelo Rio de Janeiro (novamente o Rio, que não é mais maravilha). O esquema é bem conhecido e usado no meio político, quando existe uma “combinação” do parlamentar com o seu empregado subordinado para que ele devolva uma parte do seu salário para sua polpuda conta.
Como todo tipo de corrupção, é mais um ato abominável, e mais grave ainda porque ambos são filhos do capitão-presidente, que tanto condenou as maracutaias do governo passado de esquerda, veementemente odiado por eles. Alvos de investigações, tudo estão fazendo para encobrir os malfeitos e confundir a “Justiça”, como a troca de chefias em órgãos estratégicos encarregados de apurações de fraudes e roubos.
IMPUNIDADE E RIO DE TRAGÉDIAS
Como aquela história na cabeça deles, de que ditadura e ideologia só existem de esquerda, o mesmo vale para o caso da corrupção que, se for de direita, o processo deve correr em sigilo. Mais ainda, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que até ontem vagava pelos corredores e camarins do PT, hoje baixa um ato que favorece os advogados do filho do capitão-presidente e de mais de 100 investigados, inclusive um colega seu de toga, É mais musculatura e forças à impunidade, que está ficando obesa na extrema-direita. Basta lembrar que a Operação Lava Jato já se encontra na cabeceira da morte. (mais…)