Caíque Santos está de volta ao rádio

O radialista Caíque Santos está de volta ao rádio conquistense. Nesta segunda-feira (15) ,7 da manhã, estreará o programa “BOM DIA CONQUISTA” na Melodia FM (87,9). “É um programa de jornalismo com 01 hora de duração, mas com conteúdo suficiente para deixar as pessoas bem informadas para começarem o dia”, afirma o jornalista. O programa terá … Leia Mais




Pereira aceitou e percebeu que doía menos

Depois de falar intempestivamente para todos os lados que, só aceitaria a Políclínica  sob o seu comando político e administrativo, o prefeito Herzem  Pereira resolveu aderir ao Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Vitória da Conquista. O anuncio aconteceu após uma breve conversa entre Pereira  e o Secretário da Saúde do Estado da … Leia Mais



A Viação Cidade Verde se confraterniza com funcionários e usuários do transporte coletivo de Vitória da Conquista


Desde o dia 6 de janeiro de 2014, quando uma empresa de transporte coletivo urbano, apresentou à cidade uma frota com 80 veículos zero quilômetro a população aprovou, pois tal fato, jamais foi visto na história de Vitória da Conquista. dessa forma, cumprindo rigorosamente o contrato assinado com o município, a Viação Cidade Verde, caiu na graça do povo Conquistense.


Seminário encerra projeto que relembrou a Greve dos Catadores de Café de 1980


O projeto A Greve dos Catadores de Café: “O despertar das Consciências Adormecidas”, teve seu encerramento realizado ontem (16), com um seminário. O projeto, que tem como temática os 37 anos da greve do café, ocorrida em 1980, foi realizado no auditório da Faculdade Maurício de Nassau.

A programação contou com mini plenárias com diversos temas, como “Trabalho, previdência e gênero: Só a luta e organização garantem os nossos direitos”, “Terra e Territórios: A luta não para!”, “Organização, Direitos Humanos e Juventude: O despertar das consciências adormecidas”, dentre outros. O evento contou ainda com participação de pessoas da comunidade e apresentações culturais. Os deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) participaram do evento e falaram sobre sua participação e apoio durante a greve, que envolveu 35 mil trabalhadores e trabalhadoras do café dos municípios de Vitória da Conquista e Barra do Choça. Participaram também o advogado e historiador Ruy Medeiros, Antônio Dias, professor aposentado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Eliana Rolemberg, diretora da Associação Brasileira de Associações Não Governamentais (Abong), padre Luís Mosconi, representando os padres italianos das Comunidades Eclesiais de Base que apoiaram a mobilização na época e padre Ângelo Zanré, da Cáritas Regional Nordeste II.

O projeto foi idealizado por Noeci Salgado, que foi uma das maiores lideranças da greve, junto com outros participantes, que acreditaram na importância de relembrar a mobilização da época. “Esse projeto nasceu há um ano atrás, por algumas pessoas preocupadas com a questão da formação política, preocupadas com a perda de direitos e todos os problemas que atingem tanto os trabalhadores da área rural como urbana, pensamos em resgatar algumas lutas aqui da região que foram bastante significativas”, explica Daniel Piccoli, um dos organizadores. (mais…)


Guilherme entregou Vitória da Conquista para Pereira, com o quinto PIB da Bahia- 5,7 bilhões


l

O  atual prefeito, Sr. Pereira costuma dizer que Vitória da Conquista é  uma cidade pobretona, dizendo que ouviu isso do ex-prefeito da cidade 1964 a 1967) Orlando da Silva Leite. Naquela época essa história poderia ser verdade, hoje, entretanto depois das administrações Pedral, Jadiel, Raul, Gildásio, Hélio Ribeiro, José Raimundo e Guilherme  Menezes a história é outra.  Com um PIB de quase 6 bilhões, uma poupança financeira de quase 2 bilhões, não se pode chamar esse município de pobretão. Trata-se da quinta cidade mais rica da Bahia, não possui petróleo ou indústria de grande porte, como acontece com as que estão à sua frente: Salvador, Feira de Santana, Camaçari, São Francisco do Conde. O Pereira sabe disso, mas sua intenção é outra, na verdade quer incutir na cabeça dos incautos, que seria ele o transformador, assim, ao deixar o governo em 2020 a cidade terá algum progresso e essa estrutura herdada, será também responsável por eventual sucesso, portanto se conseguir esconder esses dados, parecerá uma conquista sua. Mesmo hoje, com a internet, ainda existem tolos que assim interpretariam.

Vitória da Conquista é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população, conforme o IBGE, em 2017 é de 348 718 habitantes, o que a faz dela a terceira maior cidade do estado, atrás de Salvador e Feira de Santana, e a quarta do interior do Nordeste. Possui um dos PIBs que mais crescem no interior desta região. É a capital regional de uma área que abrange aproximadamente oitenta municípios na Bahia e dezesseis no norte de Minas Gerais. Tem uma altitude média de 923 metros nas escadarias da Igreja Matriz, atingindo os 1.120 metros nas partes mais altas. Possui uma área de 3.204,257 km².
Infraestrutura

Campus da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano
Vitória da Conquista possui uma estrutura compatível com sua população, que é a terceira maior da Bahia.

O comércio é forte e dinâmico, contando com grande número de empresas como no ramo atacadista com a presença de grandes grupos: Atacadão (Grupo Carrefour), Max Atacado (Walmart), Hiper Bompreço (Walmart), duas lojas do Hiper GBarbosa (Cencosud), GPA com o Assaí Atacadista. Possui um shopping center de tamanho médio, sendo atualmente, o maior do interior da Bahia em área construída – o Shopping Conquista Sul, na zona Sul da cidade; outro shopping de maior porte já está sendo construído na Avenida Olívia Flores, zona Leste e terá o nome de “Boulevard Shopping Vitória da Conquista”l; além de vários conjuntos comerciais, com lojas e salas de escritórios. O pujante comércio abrange todo o centro-sul da Bahia, além do norte de Minas Gerais, influenciando uma população aproximada de 2 milhões de pessoas, o que coloca a cidade entre os cem maiores centros urbanos do país.

A cidade também conta com um setor de saúde público e privado muito bem estruturado, que renderam a ela, prêmios a nível nacional e internacional, frequentemente seu modelo de saúde pública tem servido de exemplo até mesmo para outros países. (mais…)


Estelionato Eleitoral: Waldenor assim define o governo de Pereira


O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) chamou a gestão do prefeito Herzem Gurmão Pereira (PMDB) de “estelionato eleitoral”, ao comparar as promessas do Plano de Governo apresentado durante a campanha eleitoral e o que realmente está sendo realizado pela administração peemedebista à frente da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista.

“O prefeito Herzem Gusmão Pereira, ao completar um ano de gestão, está sendo considerado o maior estelionato eleitoral do Estado da Bahia”, criticou o parlamentar, durante pronunciamento na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (12).

Waldenor convidou a população da cidade a fazer o julgamento do Governo Municipal, a partir de pontos essenciais do plano de governo, lidos por ele no plenário.

Confira o pronunciamento do deputado!


Governo Pereira faz desocupação no Cidade Bonita


É preciso uma nova política habitacional. Uma política que impeça a financeirização da moradia e priorize a construção de casas para as famílias mais pobres em regiões bem localizadas e urbanizadas. Uma política que estimule o povo organizado a construir em autogestão, sem a interferência de empreiteiras corruptas. Uma política que controle o preço dos aluguéis e estabeleça programas sérios e duradouros de aluguel social. Uma política que destine os mais de 6 milhões de imóveis vazios para fins de moradia.

Sem dúvida, para construir essa nova política é necessário vontade para enfrentar poderosos interesses. Por isso, a mobilização popular e a pressão das ruas, das ocupações, associações de moradores e movimentos organizados os trabalhadores é fundamental. Quanto mais ocupações, protestos e lutas forem realizados mais força o povo pobre terá para conquistar o tão sonhado direito humano de morar dignamente.

Não há outra maneira de conseguir o direito a moradia se não for na pressão, bombas de gás, tiros de bala de borracha, muita dor, muito choro, porém se não for no sofrimento nada vai mudar, meu velho pai dizia: ” Governo não dá nada, governo cede”.

Na manhã dessa segunda-feira, 04, a Prefeitura Municipal, com apoio da Polícia Militar, iniciou uma operação de guerra na invasão do Nova Cidade,  mais precisamente na localidade denominada  Cidade Bonita, localizado no bairro Primavera. Dezenas de militares e prepostos da prefeitura surpreenderam os moradores da invasão. Às 6h30 o primeiro casebre começou a ser desocupado. (mais…)


Sessão Discute Racismo E Preconceito Contra População Negra e Religiões De Matriz Africana


consciencia_24_1153.jpge

Nome de Glauber Rocha para novo aeroporto conquistense é aprovado na CCJ


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou hoje (14) o projeto de Lei que dá ao novo aeroporto de Vitória da Conquista o nome do cineasta Glauber Rocha, para homenagear um dos filhos mais ilustres do município. Como membro da CCJ e autor do projeto de lei sobre o nome do novo aeroporto conquistense, o deputado Zé Raimundo (PT) comemorou a aprovação, por unanimidade, neste colegiado da Assembleia Legislativa, que significa a porta de entrada para a proposta virar lei, já que aprecia justamente a sua constitucionalidade, condição decisiva para a apreciação em plenário.

Zé Raimundo divide a autoria da proposta da denominação do aeroporto conquistense com o deputado Fabrício Falcão (PCdoB). Eles foram motivados a apresentá-la não só pelas suas preferências pessoais, como também pelo estímulo que receberam de pessoas dos vários segmentos sociais do município e teve especial incentivo do governador Rui Costa.

Com amplo conhecimento sobre denominação de logradouros públicos, por ser professor de história e buscar o significado das homenagens, Zé Raimundo se debruçou sobre a proposta para a denominação do aeroporto e produziu justificativa consistente que ressalta a importância da figura de Glauber Rocha para a memória, história e contribuição para cultura cinematográfica nacional. (mais…)