Arquidiocese de Vitória da Conquista ordena novos diáconos e padres

A noite desta segunda-feira, 18, foi de festa para a Arquidiocese de Vitória da Conquista. Nosso clero ganhou novos ordenados, após a Celebração Eucarística realizada na Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz e São Vicente de Paulo, na Patagônia. Alberto Júnior, Hermes Bonfim, José Souza e Miron Dias deixaram de pertencer ao grupo de leigos … Leia Mais


Blog do prefeito atestou a drenagem do Lomantão em 2015; é preciso deixar Mário Seixas descansar em paz

Licitação para reforma do estádio Lomanto Junior será finalizada em 31 de agosto Publicado por Mateus Novais | Colocado em Esportes | Data: 13 ago 2015 Tags:Estádio, Estádio Lomanto Júnior, Licitação, Reforma Cidade Esportes A licitação das obras tão aguardadas do estádio Lomanto Junior já tem data definida para acontecer: 31 de agosto. A informação é do secretário municipal de Cultura, Turismo, … Leia Mais


Tentando tirar proveito do gramado do Lomantão; Pereira como sempre mente

O prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Pereira não consegue esquecer os seus tempos de radialista de uma cidade pequena, onde o diferencial cultural estava em quem sabia usar uma máquina de datilografia e, em quem não sabia usá-la. A pacata Vitória da Conquista possuía poucos professores, pouquíssimos doutores e a grande maioria da … Leia Mais


SEINFRA apresenta o modelo estrutura para o acesso ao Aeroporto de Vitória da Conquista; não se trata de guilhotina

O aproveitamento do exercício da falsa política, sempre ocorre quando o lado adversário realiza qualquer obra no município, em todas as regiões do Mundo existem rotatórias, essas, com a sinalização eficaz, por certo não provocará acidentes; entretanto, não era desejo do Governo municipal ver esse equipamento entregue à população, pois só interessaria o atraso. O … Leia Mais


Aeroporto de Vitória da Conquista entra na última fase de obras físicas


A autorização para a realização da última etapa de obras físicas que faltava para a inauguração e operacionalização do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, foi assinada nesta quarta-feira (6), em Brasília, durante reunião do governador Rui Costa e do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Rodrigues Junior.

Com isso, a Via Bahia foi autorizada a realizar a obra da rotatória que interliga a BR-116 ao novo aeroporto de Conquista. Segundo o governador, que cumpre uma intensa agenda de trabalho desde a manhã de hoje na capital federal, esta era a última fase necessária para a inauguração do equipamento, uma vez que o Terminal de Passageiros já foi concluído e a Força Aérea Brasileira já havia autorizado o tráfego aéreo no local.

“Garantimos a conclusão de mais uma etapa para finalizarmos as obras do aeroporto, um anseio da população da região e tão necessário para o desenvolvimento regional”, comemorou Rui.

Foram investidos R$ 124 milhões na construção do Aeroporto Glauber Rocha, com expectativa de movimentação ampliada para 500 mil passageiros por ano até 2020. A previsão de inauguração do equipamento é para o próximo mês de março.

Fotos: Divulgação/Seinfra


Após 25 meses de governo, a população reprova Pereira


Em pesquisa realizada pelo Hojeindata entre os dias 26 a 28 de janeiro, em todo o município de Vitória da Conquista , compreendendo os bairros: Aparecida, Distrito Industrial do Imborés, Ibirapuera, Zabelê, Bateias, Brasil, Patagônia, São Pedro, Campinhos e Jatobá; Airton Sena, Espírito Santo, Boa Vista, Jurema, Felícia, Centro, Guarani, Cruzeiro, Primavera, Alto Maron, Candeias, Recreio, Lagoa das Flores e a localidade da Estiva Distritos:Cercadinho, Veredinha, Dantelândia, Cabeceira do Rio Jiboia, Igua´, São João da Vitória, Inhobim, Bate-Pé, Pradoso, Jose Gonçalves e São Sebastião, através de entrevistas individuais e domiciliares, foram apurados os resultados acima. O detalhe de dividir a opinião do eleitor, quando expressa a resposta como regular, o entrevistador argumenta, se o regular dito, seria uma aproximação para bom, ou para ruim. Isso ajuda o raciocínio mais frio dos números.
A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%


Governo Pereira também padece na Zona Leste


Em pesquisa realizada pelo Hojeindata entre os  dias 26 a 28 de janeiro, em toda Zona Leste de Vitória da Conquista, compreendendo os bairros: Airton Sena,  Espírito Santo, Boa Vista, Jurema, Felícia, Centro, Guarani, Cruzeiro, Primavera, Alto Maron, Candeias, Recreio, Lagoa das Flores e a localidade da  Estiva   através de entrevistas individuais e domiciliares, foram apurados os resultados abaixo. O detalhe de dividir a opinião do eleitor, quando  expressa  a resposta  como regular, o entrevistador argumenta, se o regular dito, seria uma aproximação para bom, ou para ruim. Isso ajuda o raciocínio mais frio dos números

 


O Governo Municipal vai mal também na Zona Rural


Em pesquisa realizada pelo Hojeindata entre os dias 26 a 28 de janeiro, em toda Zona Rural de Vitória da Conquista, compreendendo os Distritos: Cercadinho, Veredinha, Dantelândia, Cabeceira do Rio Jiboia, Igua´, São João da Vitória, Inhobim, Bate-Pé, Pradoso, Jose Gonçalves e São Sebastião através de entrevistas individuais e domiciliares, foram apurados os resultado acima. O detalhe de dividir a opinião do eleitor, quando expressa a resposta como regular, o entrevistador argumenta, se o regular dito, seria uma aproximação para bom, ou para ruim. Isso ajuda o raciocínio mais frio dos números.
São 25 meses da administração Hérzem Pereira e ao contrário do que ocorreu na eleição próxima passada, onde como candidato, em quase todas as pesquisa, vencia em todas as regiões, nesse momento tem o seu governo pessimamente avaliado pelo povo da Cidade e da Zona Rural. Veja os números acima.


Pesquisa do Hojeindata mostra que Prefeitura na Zona Oeste, não melhora avaliação do governo de Herzem Pereira


Em pesquisa realizada pelo Hojeindata entre os  dias 26 a 28 de janeiro, em toda Zona Oeste de Vitória da Conquista, compreendendo os bairros: Aparecida, Distrito Industrial do Imborés, Ibirapuera, Zabelê,  Bateias, Brasil, Patagônia, São Pedro, Campinhos e Jatobá,  através de entrevistas individuais e domiciliares, foram apurados os resultados acima. O detalhe de dividir a opinião do eleitor, quando  expressa  a resposta  como regular, o entrevistador argumenta, se o regular dito, seria uma aproximação para bom, ou para ruim. Isso ajuda o raciocínio mais frio dos números.


Canto e poesia marcam despedida do dramaturgo Gildásio Leite


 


Com muita música e declamação de poemas, filhos, amigos e admiradores se despediram nesta tarde de sábado (19) do ator, dramaturgo e diretor de teatro e cinema, Gildásio Leite, que faleceu na madrugada da quinta (17), aos 73 anos, no Hospital Santa Izabel, em Salvador, em decorrência de um câncer de próstata.

Um dos principais fomentadores do teatro no interior da Bahia, Gildásio Leite teve o corpo velado primeiro no Cemitério do Campo Santo, bairro da Federação, em Salvador. Em Vitória da Conquista, cidade onde o artista nasceu em 27 de dezembro de 1945, o velório foi realizado no plenário da Câmara de Vereadores.

Pouco depois das 16 horas, ele foi sepultado no Cemitério da Saudade, no bairro do Sumaré. À despedida não faltaram declamações de poemas por amigos e artistas que foram dirigidos por Gildásio em peças de teatro. As canções prediletas do artista também foram entoadas a várias vozes.

Sobre Gildásio Leite

Formado na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia, ele atuou em dezenas de produções teatrais e cinematográficas desde os anos 1960 – integrando o elenco de diretores como João das Neves (Um Homem É um Homem, de Bretolt Brecht), José Possi Neto (A Casa de Bernarda Alba, de Federico Garcia Lorca) e João Augusto (A Morte de Quincas Berro D’Água, de Jorge Amado) no teatro; e Deolindo Checcucci e José Frazão (Akpalô, 1970/1971), José Umberto (Anjo Negro, 1972), Nelson Pereira dos Santos (Tenda dos Milagres, 1977), Walter Salles (Central do Brasil, 1998) e Tuna Espinheira (Cascalho, 2004) no cinema. Foi professor de interpretação no Centro Integrado Anísio Teixeira, no bairro da Caixa D’Água, e ministrou oficinas teatrais em outros locais de Salvador e em vários municípios do interior do estado.

(mais…)


Nota de Falecimento- Gildasio Leite (1945-2019)


O ator, dramaturgo e diretor de teatro e cinema Gildasio Leite faleceu na madrugada desta quinta-feira (17/01), aos 73 anos, no Hospital Santa Izabel, em Salvador, em decorrência de um câncer de próstata. O velório está sendo realizado no Cemitério do Campo Santo, no bairro da Federação, Sala 4, das 14h às 19 horas. Em Vitória da Conquista, cidade onde nasceu o artista, em 27 de dezembro de 1945, o velório será no plenário da Câmara de Vereadores, a partir das 8 horas da manhã de sexta-feira (18/01) e ao longo do sábado (19/01). O sepultamento está marcado para as 16 horas de sábado, no Cemitério Praça da Saudade, no bairro do Sumaré.
Gildasio Amorim Leite formou-se na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia e atuou em dezenas de produções teatrais e cinematográficas desde os anos 1960 – integrando o elenco de diretores como João das Neves (Um Homem É um Homem, de Bretolt Brecht), José Possi Neto (A Casa de Bernarda Alba, de Federico Garcia Lorca) e João Augusto (A Morte de Quincas Berro D’Água, de Jorge Amado) no teatro; e Deolindo Checcucci e José Frazão (Akpalô, 1970/1971), José Umberto (Anjo Negro, 1972), Nelson Pereira dos Santos (Tenda dos Milagres, 1977), Walter Salles (Central do Brasil, 1998) e Tuna Espinheira (Cascalho, 2004) no cinema. Foi professor de interpretação no Centro Integrado Anísio Teixeira, no bairro da Caixa D’Água, e ministrou oficinas teatrais em outros locais de Salvador e em vários municípios do interior do estado.
Dirigiu os curtas documentais Tiro na Nuca e Voz da Cidadania. Interrompeu a produção de Os Pobres do Campo, que seria seu terceiro filme como diretor, para dedicar-se ao tratamento de saúde. Sua última participação em cena foi no espetáculo teatral Tragédia do Tamanduá, de 2010, com texto e direção de Paulo Tiago, seu terceiro filho, falecido aos 33 anos.
Deixa três filhos – o cineasta João Gabriel, a diretora Gabriela Leite e a produtora Pauline Leite – além de duas netas.