Contaminação na Lagoa das Bateias por 30 anos motiva novo Protesto de Madame Jamorri

Personificada no Presidente do MCMP, André Cairo, Madame Jamorri protestou mais uma vez na Lagoa das Bateias de Vitória da Conquista, contaminada com esgotos e dejetos há anos, exalando odores fétidos, peixes morrendo, moradores incomodados, sendo inadmissível o Poder Executivo não priorizar, solucionando o sério problema! Na década de 60, esta Lagoa era insípida, inodora … Leia Mais






Comissão de saúde irá apurar denúncias de irregularidades em diversos setores da saúde municipal


A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, composta pelos vereadores Viviane Sampaio (PT) como presidente, Cícero Custódio (PSL) como relator e Adinilson Pereira (PSB) como membro, iniciaram a semana avaliando denúncias de irregularidades no sistema de saúde do município.

A primeira denúncia discutida foi apresentada pela presidente da comissão e era referente ao NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família. Ela explicou que os fisioterapeutas do núcleo encaminharam  à comissão um documento relatando que os mesmos foram retirados do projeto, bem como os farmacêuticos, com a autorização do conselho de saúde do município. “Esses profissionais são concursados e passaram por uma seleção interna para integrarem a equipe do NASF, tenho certeza que o conselho de saúde foi induzido ao erro. Esses profissionais são de extrema importância para o núcleo”, explicou a vereadora.

A comissão definiu que será solicitada uma reunião com o secretário de saúde para que ele possa explicar o motivo pelo qual os profissionais foram retirados do programa e posteriormente encaminhar a denúncia à procura da casa para que se faça uma avaliação e emita um parecer.

Outro ponte bastante discutido na reunião foi a cobrança de exames a pacientes internados em hospitais públicos. Segundo o vereador Adinilson, algumas pessoas têm o procurado para denunciar práticas de cobranças de exames em hospitais da cidade: “O paciente é operado no hospital, pelo SUS, tem alta, mas apresenta complicações. Volta ao hospital é internado mas é informado que precisa arcar com as taxas de exames. Em outro caso o paciente esta internado e precisa de uma endoscopia e o hospital, que é público, esta cobrando uma taxa de R$ 220 para realizar o procedimento”, contou o parlamentar.

A comissão decidiu então, agendar uma reunião com responsáveis pelo hospital, bem como com o secretário de saúde do município para apresentarem a situação. Além disso, foi sugerido que esses pacientes apresentem uma reclamação na ouvidoria da secretaria para que providências sejam tomadas.

Adinilson levantou ainda a questão dos postos de saúde de São Sebastião e José Gonçalves que se encontram em situações precárias. O vereador Cícero, lamentou que essa seja a situação de muitos postos de saúde do município e sugeriu que a comissão começasse, o quanto antes, uma visita a esses locais para que eles possam ver de perto a situação, principalmente nos bairros periféricos. “Precisamos ir nessas unidades o quanto antes. O povo tem reclamado e cobrado melhorias”, lamentou.

Ficou definido então, uma agenda de fiscalização onde a comissão irá nesses locais ver de perto a realidade das unidades de saúde. Os dias e locais de fiscalização não foram divulgados para que o trabalho da comissão não seja atrapalhado.


Professor Cori destaca Dia Internacional da Mulher e estimula denúncia de abusos através do Ligue 180


Imagem Professor Cori destaca Dia Internacional da Mulher e estimula denúncia de abusos através do Ligue 180

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), na manhã desta sexta-feira, 8, o vereador Professor Cori (PT) destacou o Dia Internacional da Mulher. O parlamentar salientou a luta das mulheres por uma sociedade mais igualitária e democrática. “Considero que a mulher simboliza a luta da humanidade na direção de construirmos uma sociedade democrática, com todo o seu esforço e seu sacrifício”, disse Cori.

O vereador ressaltou a importância de os homens respeitarem as mulheres e a contribuição delas para a evolução da sociedade. “Parabéns mulheres que ao nosso lado têm construído cada vez mais uma sociedade humanizada. Feliz o homem que respeita as mulheres”, apontou, acrescentando: “O nosso mandato continua na defesa dos direitos da mulher”, assegurou ele.

Ainda em seu pronunciamento, Professor Cori recomendou que as vítimas de qualquer violência ou abuso devem denunciar através do Ligue 180.

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Ligue 180 – é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde 2005.

O Ligue 180 tem por objetivo receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário.

A Central funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil e de mais 16 países (Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela). Desde março de 2014, o Ligue 180 atua como disque-denúncia, com capacidade de envio de denúncias para a Segurança Pública com cópia para o Ministério Público de cada estado. Para isso, conta com o apoio financeiro do Programa ‘Mulher, Viver sem Violência’.

Ele é a porta principal de acesso aos serviços que integram a Rede Nacional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, sob o amparo da Lei Maria da Penha, e base de dados privilegiada para a formulação das políticas do governo federal nessa área.

No Brasil, ligue para a Central de Atendimento à Mulher: telefone 180.

 

 


Professor Cori critica reforma da previdência do Governo Bolsonaro


Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira, 27, o vereador Professor Cori (PT) iniciou sua fala saudando os funcionários do CAMI – Centro de Atendimento Médico Infantil, que estavam presentes no plenário.

Cori colocou a Câmara e os 21 vereadores à disposição dos funcionários da unidade e disse que todos estarão trabalhando pela volta do funcionamento, além da resolução dos problemas enfrentados pelo CAMI.

Seguindo o seu discurso, o Prof. Cori criticou a PEC-95, Emenda Constitucional do governo Temer que congelou investimentos à saúde. Além disso, o parlamentar registrou seu repúdio à PEC 06/2019 que propõe a reforma da previdência. Segundo o vereador, a reforma deveria atingir grandes empresas e bancos que devem milhões de reais ao INSS.

“Até onde eu li, não tem um artigo que venha punir os grandes devedores da previdência, agora ele caminha de forma voraz em direção ao trabalhador”, comentou Cori.
O parlamentar disse que a população deve se movimentar contra a proposta do governo Bolsonaro, principalmente a população rual, e criticou a redução do BPC – Benefício de Proteção Continuada, dizendo que as pessoas com deficiência e as que estarão em tratamento de hemodiálise ou com HIV ficaram prejudicadas com a redução do benefício.

Ao final, o vereador afirmou que a reforma da previdência deve combater os privilégios primeiramente.

 


“Viaduto tinha que ser autorizado pelo governo federal há três anos”, explica deputado Zé Raimundo Caixa de entrada


O novo aeroporto Glauber Rocha, tão esperado pela comunidade de Vitória da Conquista e região, será inaugurado em breve. As obras para construção do terminal de passageiros se encontram em fase final e o governador Rui Costa já garantiu nas redes sociais que deve vir ao município nas próximas semanas para a entrega do equipamento.

A obra conta com recursos do governo federal, liberados pela então presidente Dilma Rousseff, com contrapartida do governo do Estado, totalizando R$ 124 milhões. Em Vitória da Conquista, os deputados Zé Raimundo (estadual) e Waldenor Pereira (federal) acompanharam o andamento das obras de perto, sempre em contato com o governador Rui Costa. Na última semana, o governador anunciou, ainda em Brasília, a autorização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para a construção de uma rotatória na BR 116, que dará acesso ao aeroporto Glauber Rocha.

Numa entrevista concedida ontem (12) ao programa Conquista de Todos, da Band FM, o deputado Zé Raimundo ressaltou a luta histórica para a construção do novo aeroporto, que foi iniciada no governo Wagner e continuada na gestão Rui Costa e explicou uma polêmica provocada pelo secretário do atual governo municipal: “Lamentavelmente, algumas pessoas, inclusive tem um secretário municipal que está colocando nas redes sociais, a minha fotografia, a de Waldenor e a do governador Rui Costa dizendo que prometemos um viaduto e não uma rotatória. Parece que o secretário é contra o aeroporto. Olha, nós cumprimos. Nossa grande tarefa foi viabilizar o novo aeroporto. O aeroporto tá aí, vai ser inaugurado. Mas tem pessoas que ficam procurando chifre em cabeça de burro, fica procurando cabelo em casca de ovo”, disse.

O deputado explicou ainda que o projeto original concebido para o aeroporto Glauber Rocha era de um viaduto, que não saiu por falta de autorização do governo federal: “O viaduto é obrigação, como se trata da BR 116, do governo federal. O viaduto está na mão do governo federal há três anos. Antes da presidenta Dilma ser golpeada, os encaminhamentos estavam lá pra ser autorizado o viaduto. Então essa pessoa que está criticando o governador Rui Costa deveria criticar o governo federal, foi o governo federal que não viabilizou o viaduto, nem sequer autorizou e agora autorizou a rotatória”, explicou.

No Papo Correria exibido ontem nas redes sociais, o governador Rui Costa ressaltou que a rotatória é temporária e que a ANTT também autorizou a Via Bahia, concessionária da rodovia, a fazer o projeto do viaduto, que será o acesso definitivo ao Glauber Rocha.

“Nós prometemos um aeroporto pra Vitória da Conquista e estamos cumprindo. A rotatória e o viaduto são caminhos pra chegar ao aeroporto”, concluiu o deputado Zé Raimundo na entrevista.

Att.,


Professor Cori pede abertura de CPI para investigar preços abusivos do gás de cozinha em Vitória da Conquista


Imagem Professor Cori pede abertura de CPI para investigar preços abusivos do gás de cozinha em Vitória da Conquista

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta sexta-feira, 8, o vereador Professor Cori (PT) pediu aos colegas apoio para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar possíveis irregularidades nos valores cobrados pelo gás de cozinha em Vitória da Conquista. A proposta foi feita em conjunto com o mandato do vereador Rodrigo Moreira (PP).

De acordo com o parlamentar, é notória a diferença do preço praticado em Conquista e nos municípios vizinhos. “É notório, e há muitas denúncias. Os caminhões para entregarem o produto lá passam por dentro de Vitória da Conquista”, disse, buscando uma possível justificativa para essa diferença nos preços.

O vereador afirmou que buscará elementos que influenciam o preço final para o consumidor, como preço pago à Petrobras e o custo de distribuição dos botijões de gás. “Estamos solicitando da ANP os dados para que a gente possa estar discutindo com as duas bancadas”, disse.

Professor Cori destacou que com a nova política de preços adotada pela Petrobras, o preço do gás de cozinha pode subir a cada três meses. “Imagine as pessoas carentes, que vivem com um salário mínimo, as que estão desempregadas”, disse o parlamentar, apontado que famílias de baixa renda sofrem ainda mais com os constantes reajustes nos preços do gás.

Ele apontou também que apesar de o preço estar, na teoria, variando de acordo com o preço do barril de petróleo, a mudança de valor só tem ocorrido quando a variação é para cima. “O preço do barril de petróleo varia pra cima, o preço do GLP aumenta, varia pra baixo e o preço continua pra cima”, reclamou o vereador, encerrando o seu pronunciamento.

 

 


Fernando Jacaré cobra solução para problema das filas por vagas nas creches municipais


Imagem Fernando Jacaré cobra solução para problema das filas por vagas nas creches municipais

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta sexta-feira, 8, o vereador Fernando Jacaré (PT) cobrou solução para o problema da falta de vagas em creches municipais, que tem provocado longas filas, com mulheres grávidas e idosos sendo expostos ao calor e à chuva durante vários dias. “Esse assunto é sério. Nós temos que resolver o problema. Na Morada Real está lá o povo na fila, assim como no Jardim Valéria”, disse ele.

Jacaré sugeriu que sejam distribuídas senhas para que a população não tenha que ficar vários dias na fila esperando por vaga na creche, que é um direito constitucional. “O problema é dar uma senha, como foi sugerido. A população não pode passar por essa humilhação. Não podemos aceitar isso”, disse Fernando.

Jacaré ressaltou que a população conquistense espera que a Câmara cuide de seus interesses. “A população quer de nós responsabilidade para com ela”, disse ele,  elencando temas que precisam permear as discussões na Câmara:

• Atenção da Via Bahia com a cidade;
• Policlínica Regional de Saúde;
• Novo aeroporto;
• Guarda Municipal;
• Melhores condições de trabalho para os servidores municipais;
• Preço do gás de cozinha;
• Preço dos combustíveis.

 

 


Quem reconhece é nobre; quem não reconhece tem espírito pobre


Tem quadra poliesportiva nova sendo entregue para a população? Tem, sim senhor! Sabe por quê? Porque Guilherme garantiu os recursos, começou as obras e deixou elas encaminhadas para o novo prefeito concluir. Em 2016, tinha 11 quadras em construção em Vitória da Conquista, 6 delas na zona rural. Duas delas foram entregues ainda pelo ex-prefeito Guilherme, a de José Gonçalves e do Panorama. Com investimentos que somam mais de R$ 6,3 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), todos os equipamentos estão associados a escolas municipais e serão, por elas, administrados. Quando decidiu construir estas quadras, o prefeitos buscou contemplar comunidades mais distantes do centro, como a Vila Serrana, a Vila América e o Jardim Valéria, e a zona rural, como o Capinal e um assentamento em Caldeirão, considerando também destinar as quadras para comunidades em situação de vulnerabilidade e para distritos que apresentavam maior demanda por esporte e lazer. Prefeito que conhece a cidade e a zona rural faz assim! Valeu, Guilherme!

quase que 95% por cento das obras inauguradas pelo atual prefeito de Vitória da Conquista, estavam em andamento na administração anterior, naturalmente graças ao empenho do ex-prefeito Guilherme Menezes, entendemos que o reconhecimento é valor de nobreza, a negativa disso disso é de uma pobreza infinita.